Um Único Motivo para Assistir Halloween Ressurreição

Halloween Ressurreição (2002) (2)

O filme Halloween (1978) merece destaque nas produções do gênero. A obra narra a história de Michael Myers que matou a própria irmã quando tinha apenas seis anos e por isso foi internado em um sanatório. Quinze anos depois, no Dia das Bruxas, ele foge para perseguir a outra irmã, Laurie Strode (Jamie Lee Curtis), dando início a não apenas uma, mas a várias noites de terror.

A série Halloween tem a característica de possuir sequências que vão “das quase tão boas quanto o original” chegando até filmes que são realmente ruins. Isso sem contar o remake. Dividindo a série nessa ordem, podemos colocar do lado das sequências boas os Hallowens 2 (1981), que começa no exato momento em que o primeiro filme terminou, o 4 (1988), que deu novo fôlego para a série e o 7 (1998), mais conhecido como Hallowen H20, realizado quando o original completou 20 anos.

Do lado das sequências ruins, podemos colocar o Halloween 3 (1983), que nada tem a ver com a ideia original da série, o 5 (1989) que foi realizado às pressas e contém inúmera falhas e o 6 ( 1995) que foi massacrado na mesa de edição pelos produtores.

Halloween Ressurreição (2002) (3)

O último filme da série original, Halloween: Ressurreição (2002), se enquadra nesta última categoria, a dos filmes ruins. Trata-se de uma produção fraca, com uma história que não convence ninguém, situações clichês, falhas no roteiro, e por aí vai… No entanto, existe um motivo que vale a pena fazer você querer conferir a produção: o prólogo que conta o desfecho da personagem Laurie Strode, interpretada pela sempre marcante Jamie Lee Curtis!

Jamie Lee esteve presente nos filmes Halloween e 2, em 78 e 81 respectivamente, como a irmã do assassino Michael Myers. Depois desses dois filmes, sua carreira seguiu novos rumos, uma vez que a atriz passou a se envolver em projetos de outros gêneros, como Um Peixe Chamado Wanda, Meu Primeiro Amor, True Lies, entre outros. Em 98, ela percebeu que o filme responsável pelo começo da sua carreira estava prestes a fazer 20 anos.

Jamie então idealizou a volta de sua personagem Laurie em um filme que mostrasse o que ocorreu com a irmã de Michael Myers 20 anos após os acontecimentos das duas primeiras partes. Foi produzido então Halloween H20: 20 Anos Depois, mostrando que Laurie simulou a própria morte após o capítulo 2 e mudou de nome e de cidade para fugir do irmão. O filme fez sucesso e tirou a série do buraco.

Halloween Ressurreição (2002) (5)

Seria uma questão de tempo para que um oitavo capítulo fosse produzido. E com ele, Jamie Lee também retornou para mostrar o desfecho da personagem que a acompanhou por 25 anos. Não se sabe ao certo se ela retornou por achar o roteiro interessante ou por motivos contratuais. Curiosamente, o envolvimento de Jamie em Halloween: Ressurreição acontece aparte da história principal, nos primeiros quinze minutos do filme.

Passaram-se quatro anos dos eventos mostrados em H20. Laurie descobriu que não havia decapitado Michael e sim um inocente. Ela, aparentemente pela culpa ou pelo medo de saber que o irmão ainda estivesse vive, enlouqueceu e foi internada em um sanatório. Primeira observação: a caracterização de Laurie está ótima. Jamie Lee fez uma mulher perturbada, com um olhar perdido, insegura e com o único propósito de esperar pelo irmão. Pessoas que acompanham a série vão se lembrar da inocente Laurie dos primeiros filmes e terão pena de como estão vendo-a agora, velha e louca.

É uma questão de tempo para que Michael encontre a irmã. Descobrimos que Laurie estava esperando por esse encontro e que preparou uma armadilha para o assassino no telhado do hospital. A cena na qual ela olha para o irmão e fala: “Olá Michael, eu sabia que você viria mais cedo ou mais tarde. Por que você demorou tanto?” traz toda a carga dramática da personagem.

Laurie Strode cuidando da Annabelle original!

Ao final, Laurie acaba sendo esfaqueada pelo irmão. A expressão no rosto dela é de dor e alívio. Como se o pesadelo estivesse próximo do fim. Ela despede-se dele com um beijo e cai do telhado em uma cena especialmente bem realizada. A queda é mostrada em câmara lente de um ângulo superior onde podemos ver Laurie desaparecendo nas sombras das árvores. Vale lembrar que após a queda, não vemos o corpo sem vida de Laurie, um atestado de óbito ou algum jornal publicando a morte da irmã de Michael.

Os fãs da série sempre nutriram a esperança de um retorno dela, no entanto, com o remake de Halloween, parece cada vez mais improvável uma volta de Jamie Lee à antiga franquia. Depois desse prólogo, a história principal começa com um bando de jovens que vai passar a noite na casa de Michael Myers participando de um programa tipo Big Brother e por ai vai. E incrível como durante o filme é possível se lembrar da cena na qual Laurie Strode cai do telhado. Acho que essa será a melhor lembrança da maioria das pessoas.

FILMOGRAFIA DE TERROR E SUSPENSE DE JAMIE LEE CURTIS

Nome: Jamie Lee Curtis
Nacionalidade: Americana
Data de nascimento : 22 de Novembro de 1958
Signo: Sagitário
Local de nascimento: Los Angeles ;CA
Ocupação: atriz
Marido: Christopher Guest (ator ; casou em Dezembro de 1984)
Pai: Tony Curtis (ator)
Mãe: Janet Leigh (atriz)
Irmã: Kelly Lee Curtis (atriz)
Filho: Thomas Haden-Guest
Filha: Annie Guest

2002: Halloween: Ressurreição (Halloween: Ressurrection)
1999: Vírus (Virus)
1998: Halloween H20 – Vinte Anos Depois (Halloween H20)
1994: Paixão Assassina (Mother’s Boys)
1981: Enigma Na Estrada (Road Games)
1981: Halloween 2 – O Pesadelo Continua! (Halloween 2)
1980: Morte Convida Para Dançar, A (Prom Night)
1980: Bruma Assassina, A (The Fog)
1980: Trem do Terror, O (Terror Train)
1978: Halloween – A Noite Do Terror (Halloween)

(Visited 573 times, 5 visits today)
Filipe Falcão

Filipe Falcão

Jornalista com Mestrando em Comunicação. Fã de Cinema, mas com gosto especial para filmes de Terror. Para ele, o gênero vai muito além de sangue e morte.

2 comentários em “Um Único Motivo para Assistir Halloween Ressurreição

  • 27/05/2017 em 13:06
    Permalink

    eu queria que eles tivessem colocado a cena da laurie caindo do telhado no final do filme ia ficar bem emocionante um final perfeito para a serie.

    Resposta
  • 02/03/2016 em 22:40
    Permalink

    Sem dúvida a única coisa que se salva neste filme péssimo. Descanse em paz, Laurie

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien