Artigos, Listas, Quadrinhos

As 13 Melhores HQs de Horror e Ficção Científica de 2015

Uma lista com o que de melhor foi lançado no mercado brasileiro – muitas vezes independente – de quadrinhos em 2015!

O mercado nacional de quadrinhos nunca esteve tão aquecido. Editoras anunciam novos títulos a cada mês e cada vez mais autores independentes se arriscam no Catarse, plataforma de financiamento coletivo de projetos, com títulos novos, criativos e sem as amarras das grandes editoras.

Esse crescimento, que já se mostrava presente em 2014, continuou em 2015, trazendo mais e mais novidades para os leitores de quadrinhos. Só durante o FIQ (Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte), evento que acontece a cada dois anos na capital mineira, o site Universo HQ listou mais de 180 lançamentos. E teve coisa que ficou de fora!

Infelizmente não há tempo – e dinheiro – para se garantir a leitura de todos os lançamentos do ano, e por isso, a tarefa foi árdua, mas o Boca do Inferno organizou uma lista com os 13 melhores quadrinhos de horror e ficção científica de 2015. Boa leitura!

O Despertar (2)13. O Despertar (Panini Comics, fev/2015 e mai/2015)

Esta minissérie em duas partes escrita por Scott Snyder (Batman) e ilustrada por Sean Murphy (Punk Rock Jesus) mostra o que acontece quando um som misterioso é detectado nas profundezas do oceano e rapidamente o mundo começa a mudar. Monstros desconhecidos surgem das águas escuras e suas origens remetem a antigos segredos ignorados pela humanidade. Em meio a esse terror, duas mulheres de diferentes culturas embarcam em uma jornada que responderá a alguns dos maiores questionamentos da humanidade. Uma excelente HQ que mistura horror e ficção científica com uma arte primorosa. Recomendado aos fãs de Mad Max, Tubarão, Waterworld e monstros submarinos.

 

12. O Império dos Mortos – Ato Um (Panini Comics, dez/2015)

Bem vindo a Nova York! Passaram-se cinco anos desde o aparecimento dos primeiros zumbis, mas a Grande Maçã parece ter absorvido bem o golpe. Enquanto o prefeito Chandrake mantém as ruas seguras graças a uma feroz política militarista, os cidadãos se divertem assistindo aos confrontos entre desmortos que se realizam no Central Park. É uma pena, porém, que os mortos-vivos não são os únicos monstros que infestam a metrópole. George Romero se reúne com o artista Alex Maleev (Demolidor, Cavaleiro da Lua) para entregar aquilo que faz de melhor: uma história de zumbis com fundo político e social. Recomendado para os fãs do bom velhinho (que não é o Papai Noel).

 

Melhores Quadrinhos (2015) (11)11. Mayara & Annabelle – Vol.02 (Fictícia, dez/2015)

Nada como uma situação de vida ou morte para aproximar as pessoas: no primeiro dia de trabalho juntas, Mayara e Annabelle sabiam que a apertada sala da Secretaria de Controle de Atividades Fora do Comum do Ceará, em Fortaleza, não seria capaz de suportar o desprezo imediato e mútuo que sentiram. Mas a ameaça de Alma Sebosa, um famoso pistoleiro-demônio de antigamente, obrigou-as a estabelecer uma parceria. E elas funcionaram tão bem como dupla que, vejam só, acabaram indo morar juntas. Esta bem-humorada e divertida HQ de Pablo Casado (Sabor Brasilis) e Talles Rodrigues (Pânico no José Walter) sobre uma dupla de funcionárias públicas que trabalham enfrentando ameaças sobrenaturais é recomendada pra quem curte seriados como Buffy e Supernatural. Diversão garantida!

Melhores Quadrinhos (2015) (10)10. Catacumba #02 – Loiras Macabras (Kikomics, out/2015)

Esta HQ, escrita e ilustrada por Kiko Garcia, no formato de antologia com um ar nostálgico que lembra as boas e velhas HQs de horror dos anos 60 e 70 como Kalafrio, Spektro e outras pérolas do sobrenatural em quadrinhos. Com um tema por edição, este segundo volume nos traz as clássicas lendas das “Loiras Macabras” em histórias apresentadas pelo anfitrião da revista, o Ivo Mortov. Para fãs do quadrinho nacional de terror de ontem e de hoje, além dos clássicos Contos da Cripta.

 

 

09. iZombie Vol.1 – Morri Pro Mundo (Panini Comics, fev/2015)

Gwen Dylan tem um trabalho sem futuro e um melhor amigo praticamente ausente. O cara com quem ela sai é meio que um cachorro, a cena social da cidade suga sua vida e parece que, sempre que ela encontra um cara decente, o trabalho acaba ficando no meio do caminho. Mas Gwen não é mais a mesma garota. Ela é um zumbi. Ela precisa comer ao menos um cérebro por mês pra não virar um monstro trôpego saído diretamente de filme de terror B – só que a última refeição de que desfrutou veio com uma porção extra: um caso de assassinato pra ser resolvido. Escrita por Chris Robertson (Cinderella) e ilustrada por Mike Allred (Madman) iZombie adota uma abordagem moderna dos nossos queridos zumbis ao mesmo tempo que lança um novo olhar sobre vampiros, lobisomens, múmias e outras criaturas.  Um dos melhores títulos recentes da Vertigo. Foi adaptada recentemente para as telinhas pelo canal CW, mas sem a mesma pegada fantástica. Entre a HQ e a série de TV, prefira a HQ.

Melhores Quadrinhos (2015) (8)08. Gargantua (Quad Comics, dez/2015)

Uma dívida de sangue leva Essex a embarcar a bordo do SS Pollard em busca de Gargantuas, monstruosas baleias geneticamente modificadas. No navio, Essex será forçado a enfrentar os riscos que uma vida sem sonhos pode lhe trazer. De Daniel Rosini, Gargantua é a primeira HQ lançada pelo selo Quad Comics – da ótima antologia QUAD – que se revelou uma excelente releitura do clássico Moby Dick com muita ficção científica e uma identidade bastante particular. A HQ foi contemplada pelo ProAC em 2014.

 

 

Melhores Quadrinhos (2015) (7)07. O Perfuraneve (Editora Aleph, mar/2015)

Aproveitando a estreia no Brasil de O Expresso de Amanhã, a Editora Aleph lançou a graphic novel que deu origem ao filme. Considerada uma das melhores HQ’s de ficção científica dos últimos anos, a trama de O Perfuraneve se passa na terrível e eterna Era do Gelo, onde a sobrevivência humana parece impossível. Porém, cruzando as infinitas terras devastadas, o último bastião da humanidade segue, imparável, sobre os trilhos: o Perfuraneve. Esse trem fantástico, de tecnologia revolucionária, é capaz de cruzar a Terra eternamente em moto-contínuo, abrigando os últimos representantes da espécie humana. O que seria a salvação do homem, no entanto, torna-se com o tempo uma cruel reprodução dos bons e velhos mecanismos que levaram o planeta à destruição.  Por Jacques Lob, Benjamin Legrand e Jean-Marc Rochette.

06. QUAD #03 (Quad Comics, dez/2015)

QUAD é uma revista de histórias em quadrinhos de ficção científica produzida por quatro autores: Aluísio Cervelle Santos, Eduardo Ferigato, Diego Sanches e Eduardo Schaal. Quatro artistas, quatro histórias, dentro do mesmo universo de ficção que chega à sua terceira edição, mostrando-se novamente, um dos melhores trabalhos de ficção científica dentro dos quadrinhos nacionais recentes. Vale a pena acompanhar os trabalhos deste talentoso quarteto de artistas e expansão do rico universo de QUAD. Se você curte sci-fi como Mad Max, O Vingador do Futuro e Hardware, embarque nesta viagem sem volta ao universo de QUAD.

 

Melhores Quadrinhos (2015) (5)05. Criminosos do Sexo – Vol.1 (Devir, nov/2015)

Suzie era uma garota como qualquer outra e tudo na sua vida parecia ser um tédio só, até o dia em que, ao ter seu primeiro orgasmo, o tempo parou… literalmente! Então, durante uma festa, ela e Jon se apaixonam e, ao fazerem sexo, vem outra revelação inesperada: ele também tem o mesmo poder bizarro! Conforme seu relacionamento prossegue e suas historias sexuais vão sendo exploradas, os dois decidem fazer o que qualquer casal que consegue parar o tempo depois de praticar sexo faria: roubar bancos! Escrita pelo premiado Matt Fraction e belamente ilustrada por Chip Zdarsky, Criminosos do Sexo foi indicada a dois Eisner Awards em 2014, levando o prêmio de melhor série nova. A HQ está sendo adaptada para a TV pela Universal.

Melhores Quadrinhos (2015) (4)04. Lovecraft – O Cão de Caça e Outras Histórias (JBC, dez/2015)

H.P. Lovecraft: O Cão de Caça e outras histórias (H.P. Lovecraft: The Hound and Other Stories), de Gou Tanabe, foi originalmente publicado na revista Comic Walker, da Enterbrain, entre 2009 e 2014, esse one-shot traz uma releitura de três histórias de um dos maiores mestres do horror de todos os tempos. Indicado para os fãs de Lovecraft e mangás de terror.

 

 

 

Melhores Quadrinhos (2015) (3)03. Drácula: A Obra Completa (Mythos Editora, dez/2015)

Lançada durante a CCXP, Drácula é a adaptação para os quadrinhos do clássico de Bram Stoker, escrita por Leah Moore e John Reppion, repetindo a parceria de Alice No País das Maravilhas, e ilustrada por Colton Worley. A HQ ainda traz o conto O Hóspede de Drácula e das capas do talentoso John Cassaday. A revista foi publicada  nos EUA pela editora Dynamite, que vem se tornado uma das editoras mais prolíficas e interessantes do mercado de quadrinhos americano. Drácula dispensa apresentações e é recomendada para aqueles que se cansaram de vampiros que brilham ao sol e procuram uma volta às raízes do mito.

 

Melhores Quadrinhos (2015) (2)02. O Rei Amarelo em Quadrinhos (Editora Draco, nov/2015)

A redescoberta da obra de Robert W. Chambers, autor dos contos sobre a peça de teatro maldita O Rei Amarelo, inspirou essa coletânea com oito histórias em quadrinhos cheias do mais doentio horror em preto, branco e amarelo. São 164 páginas macabras inspiradas pela leitura do livro amaldiçoado, visões amareladas que forçaram os artistas a realizar histórias originais que destruíssem tudo à sua volta, até eles mesmos. O Rei Amarelo em Quadrinhos é o projeto mais interessante da nossa lista. Com um diversificado e incrível time de artistas, a coletânea organizada por Raphael Fernandes merece ser lida e relida até perdermos a sanidade. A obra de Robert W. Chambers inspirou, além das HQs desta coletânea, autores como HP Lovecraft, Alan Moore, Neil Gaiman e, mais recentemente, a primeira temporada de True Detective. Precisa mais?

Melhores Quadrinhos (2015) (1)01. Lavagem (Editora MINO, abr/2015)

Lavagem gira em torno de um casal isolado que vive em um mangue: ela é uma alma analfabeta e temente a Deus, mas que deseja o pecado quando cruza o estuário de balsa para seu encontro com o divino; ele, descrente em virtude do embrutecimento oferecido pela vida, convive mais com os porcos do que entre as pessoas. Um dia, quando os brados de “aleluias” do pastor na televisão dá lugar ao zumbido incessante da estática, bate à porta do casal “um homem de Deus”, que transpôs a inacessível maré alta para trazer muito mais do que a “palavra” de cor entre seus dentes ou pinçada aleatoriamente da Bíblia Sagrada. Shiko traz para os quadrinhos seu curta-metragem de 2011, dando à HQ uma nova identidade com sua arte impecável. Horror psicológico, gráfico, existencial e barra-pesada. O acabamento gráfico da MINO realça todas as qualidades narrativas desta belíssima HQ.

Com muitos projetos sendo lançados próximos à CCXP, alguns quadrinhos inevitavelmente acabam ficando fora de uma lista tão complexa. Porém, é com imenso prazer que constatamos que o ano de 2015 não só foi um ano de inúmeros lançamentos dentro dos gêneros do horror e ficção científica, como foi um ano com muitos lançamentos de qualidade impecável, principalmente entre os independentes, que deixaram as grandes editoras para traz nos quesitos qualidade e originalidade. No ritmo que o mercado vem crescendo, mal podemos esperar para ver o que 2016 nos trará.

Leia também:

Rodrigo Ramos

Rodrigo Ramos

Designer por formação e apaixonado por HQs e Cinema de Horror desde pequeno. Ao contrário do que parece ele é um sujeito normal... a não ser quando é Lua Cheia. Contato: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *