Artigos, Listas

Os 12 Macacos Mais Assustadores do Cinema

Pegue seu cacho de bananas, suba em sua árvore favorita e aprecie a leitura enquanto ainda dominamos o mundo!

Primatofobia é o nome da patologia que se refere ao medo incontrolável de macacos ou primatas em geral. De onde vem este medo? Seria da semelhança entre nossos primos mais próximos com nós, humanos, que ultrapassa os limites do vale da estranheza? Seria o olhar muito humano daquelas criaturas muito mais fortes que nós?

Toy Story 3

Seja lá o que for, macacos sempre venderam gibis e filmes ao longo da história da cultura pop, culminando com o clássico O Planeta dos Macacos, baseado na obra de Pierre Boulle, mostrando que a qualquer momento, se eles quiserem, podemos reverter milhares de anos de evolução à condição de animais primitivos.

Para mostrar nosso respeito a nossos primos mais poderosos, o Boca do Inferno separou uma lista dos doze macacos mais assustadores do cinema. Pegue seu cacho de bananas, suba em sua árvore favorita e aprecie a leitura enquanto ainda dominamos o mundo.

12. O Macaco na Arca
(Creepshow: Show de Horrores, Dir.: George A. Romero, 1982)
Um professor se depara com um primata monstruoso trancado em uma caixa embaixo das escadas da universidade onde trabalha. Após o mostro matar um zelador e um aluno da universidade, o professor resolve leva-lo para casa para mostra-lo a sua irritante esposa. Um dos melhores seguimentos desta inesquecível antologia concebida por Stephen King e George A. Romero!

Creepshow (1982)

11. O Macaco-Rato de Sumatra
(Fome Animal, Dir.: Peter Jackson, 1992)
A bizarra e agressiva criatura responsável por uma epidemia de zumbis não pode ficar de fora desta lista! Ao ir ao zoológico escondida para espionar o encontro amoroso de seu filho Lionel, Vera é mordida pelo macaco-rato de Sumatra, tornando-a o paciente-zero da epidemia insana de zumbis que se segue neste brilhante filme de Peter Jackson, antes do orçamento bilionário dos filmes mais recentes do diretor.

Fome Animal (1992)

10. Congo
(Congo, Dir.: Frank Marshal, 1995)
Baseado no livro de Michael Crichton, que também escreveu Jurassic Park, Congo conta a história de uma expedição que vai até a África para descobrir o que aconteceu com uma equipe de cientistas que buscava diamantes para um projeto de um potente transmissor. A equipe acaba se deparando com um vale habitado por perigosos primatas desconhecidos. Tim Curry estrela esta adaptação do romance de Crichton que, entre outros absurdos, ainda inclui um macaco falante! Apesar da ótima maquiagem e efeitos dos macacos, prefira o livro original.

Congo (1995)

09. Babuínos famintos
(Pânico no Kilimanjaro, Dir.: Raju Patel, 1986)
Baseado em uma história real que aconteceu no Quênia em 1984, este obscuro filme mostra o um bando de mais de 90 mil babuínos famintos atacando pessoas após uma terrível seca. Atacando, matando e se alimentando de outros animais, pessoas e o que estiver em seu caminho. Com algumas imagens que lembram mais um documentário da National Geographic, Pânico no Kilimanjaro (In The Shadow Of Kilimanjaro) é tão estranho, que vale à vista.

Pânico no Kilimanjaro (1986)

08. Link
(Link – O Animal Assassino, Dir.: Richard Franklin, 1986)
Protagonizado por Elisabeth Shue, este filme de horror britânico conta a história de uma dupla de cientistas que estuda um orangotango superinteligente chamado Link em uma mansão isolada. Aos poucos Link vai se tornando mais e mais agressivo, culminando no clássico confronto entre homem e animal. Em defesa do animal, uma jovem Elisabeth Shue nua mexe com a cabeça de qualquer um!

Link (1986)

07. Koba
(Planeta dos Macacos: O Confronto, Dir.: Matt Reeves, 2014)
Interpretado por motion capture por Toby Kebbel, Koba é o fiel amigo de Cesar que aos poucos se afasta da filosofia do bondoso chimpanzé que acredita que humanos e macacos possam viver em paz. Koba é responsável pelos fatos que levam ao confronto presente no título desta continuação do reboot da série Planeta dos Macacos. Com um comportamento bastante agressivo, Koba é ainda mais assustador graças a suas cicatrizes.

Planeta dos Macacos (2014)

06. O Gorila
(O Fantasma da Rua Morgue, Dir.: Roy Del Ruth, 1954)
Durante uma série de assassinatos de mulheres, todas as evidências apontam para o Prof. Paul Dupin, mas enquanto as investigações avançam, fica claro que o responsável pelas mortes é algo mais do que humano. Muito mais forte e perigoso. Mais uma adaptação do clássico conto de Edgar Allan Poe, este filme de Roy Del Ruth é muito mais fiel ao material original do que seu antecessor com Bela Lugosi.

05. Thade
(O Planeta dos Macacos, Dir.: Tim Burton, 2001)
Thade é um sádico chimpanzé militar que neste primeiro remake do filme original pretende dominar a civilização dos macacos. Tim Roth interpreta de maneira brilhante este assustador macaco, tendo inclusive reescrito algumas falas para deixá-lo mais assustador ainda. Com uma maquiagem impecável, a presença de Thade em tela é memorável. Um dos pontos altos deste esquecível remake.

O Planeta dos Macacos (2001)

04. Shakma
(Shakma, Dir.: Hugh Parks, Tom Logan, 1990)
Após ser usado como cobaia para testes com o vírus da raiva, o pequeno babuíno Shakma deve ser sacrificado, mas acaba escapando e aterrorizando um grupo de alunos e professores que ficam no prédio da universidade até mais tarde para uma partida de RPG live action. Um grande clássico do Cine Trash que ficou gravado pra sempre na memória daqueles que se apavoravam toda a vez em que Shakma avançava ensandecido pelos corredores em direção a uma porta que sempre demorava a fechar.

Shakma (1990)

03. Ella
(Comando Assassino, Dir.: George A. Romero, 1988)
Após ficar tetraplégico, Allan encontra Ella, uma simpática macaquinha treinada para ajudar pessoas com deficiência nas tarefas do dia-a-dia. Aos poucos Ella começa a reagir às frustrações e sentimentos negativos de um Allan atormentado, aterrorizando todos ao seu redor. Um dos mais subestimados filmes de Romero, Comando Assassino é memorável pela atuação incrivelmente assustadora de Boo, no papel de Ella. É impressionante como uma simpatia criatura pode se tornar tão perigosa!

Comando Assassino (1988)

02. Macacos Voadores
(O Mágico de Oz, Dir.: Victor Fleming, 1939)
Apesar de uma belíssima fantasia, O Mágico de Oz possui diversos momentos assustadores. Pior do que a cena do tufão e a ameaça da bruxa má, o exército de macacos voadores surgindo naquela assustadora floresta e levando nossos heróis para o covil da vilã é a cena mais assustadora do filme. Chimpanzés com asas de corvo e roupas de circo. Pode ser mais bizarro que isso?

O Mágico de Oz (1939)

01. King Kong
(King Kong, Dir.: Merian C. Cooper e Ernest B. Schoedsack, 1933)
A primeira posição da nossa lista fica com o maior (literalmente) macaco de todos. A oitava maravilha do mundo! King Kong!!! Apesar de seus dois remakes e uma série de spin-offs, a primeira versão de King Kong ainda é insuperável. Eleito pela Entertainment Weekly como o 47º maior filme de todos os tempos, King Kong mostra uma equipe de cinema que acaba esbarrando com um gorila gigante em uma ilha remota e o leva para Nova York para exibi-lo como uma atração circense. Quando tudo dá errado – obviamente – o gigantesco primata sequestra a mocinha e foge em direção ao topo do Empire State. Inesquecível!

Kong Kong (1933)

Faltou algum macaco na nossa lista? Deixe aqui nos comentários a sua própria lista e suas sugestões de macacos assustadores!

Leia também:

13 Comentários

  1. Douglas

    Por favor alguém sabe onde eu poderia encontrar o filme
    Pânico em Kilimanjaro? Os meus pais querem muito rever esse filme, dizem que é um dos melhores já feitos. Todos queremos ver.

  2. Vivian

    Shakma – A Fúria Assassina
    Meu trashão preferido da tv. Saudade de quando esses filmes passavam direto em canal aberto.

  3. Augusto Fernandes Sales

    Esse da macaquinha Ella também teve o título em português como “Instinto Fatal”, tanto na época em que passava na Globo quanto quando estava disponível na Netflix há alguns meses.

    • Valeu pela atualização, Augusto!

      Não conhecia este outro nome…

  4. Faltou a Inga do Filme Phenomena de 1985 ela não é má ais pelo que ela faz no final poderiam ter considerado ela como ícone não? 😛

    • Eu cheguei a listá-la pro texto, mas resolvi fechar em 12 macacos, ao contrário das costumeiras 13 posições das minhas outras listas, pra fazer um trocadilho com o nome do filme com o Bruce Willis… 😀

  5. roland

    a muito tempo que procuro esse filme Pânico no Kilimanjaro mas não lembrava ,do nome so de algumas cenas,dei uma procurada,básica na net,mas não e tao simples de achar,vou procurar melhor,tem um outro filme,que uma vez cheguei de madrugada em casa tava passando de madrugada na band,se alguém puder me dizer o nome,agradeceria,a açao se passava num castelo antigo com corredores de pedra,com padres lutando e tentando exorcizar varias pessoas possuídas,monstros ou demônios não lembro bem.acho que ja era o final do filme ,com aqueles efeitos super nojentos,tipico dos filmes italianos,

    • Vixe! Não consigo lembrar de nada que se pareça com esse filme que perguntou, Roland!

      Alguém mais aí pode ajudar? 🙂

    • Douglas

      Por favor, encontrastes o filme Pânico em Kilimanjaro? Também estou procurando. Muito obrigado!

  6. Douglas

    faltou ai os do “Planalto dos Macacos” paródia dos Trapalhões para o clássico Sci Fi, pensa em umas máscaras de macaco horríveis de mal feitas, as PIORES que conseguir imaginar, acaba dando medo de tão tosco e surreal que é ver aqueles homens adultos vestindo aquelas fantasias

    • Os macacos de Planalto dos Macacos estão no nível do Dr. Gori e seu assistente Karas da série do Spectreman!

  7. Ricardo

    Shakma arrasa. Corre, bate cabelo e quebra tudo. É a Drag dos macacos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *