Arquivo X em Quadrinhos

Arquivo X estreou nos EUA no dia dez de setembro de 1993. A série, criada por Chris Carter, aos poucos caiu nas graças da audiência e o boca-a-boca gerou interesse da mídia que acabou alçando aquele obscuro seriado sobre conspirações governamentais e alienígenas ao status de cult, tornando Arquivo X um dos maiores sucessos televisivos de todos os tempos. E como tudo que faz sucesso na TV, a série logo ultrapassou os limites da telinha para se tornar também um enorme e lucrativo fenômeno transmídia dando origem a livros, games, spin-offs e quadrinhos, claro.

Topps Comics

A primeira série em quadrinhos de Arquivo X foi publicada pela Topps Comics entre janeiro de 1995 e setembro de 1998, mais precisamente entre a segunda e quinta temporada da série na TV. Ao todo foram quarenta e uma edições que traziam a dupla de agentes do FBI, Mulder e Scully, enfrentando casos inéditos. A série foi escrita por Stephan Petrucha (Nexus), John Rozum (Flash: O Tempo Voa), Kevin J. Anderson (Academia Jedi) e Dwight John Zimerman (Marvel Comics Presents) e ilustrada por Charlie Adlard (The Walking Dead).

Arquivo X quadrinhos (4)Em 1996, foi lançado The X-Files #0 que consistia em uma adaptação para os quadrinhos do episódio piloto da série de TV e serviu de laboratório para testar a recepção dos leitores para uma edição do tipo. A revista foi bem recebida e deu origem a uma série mensal que trazia os episódios da primeira temporada do seriado adaptados para os quadrinhos, mas acabou durando apenas nove edições. A Topps também publicou duas edições anuais, uma minissérie em quatro partes intitulada Ground Zero (1997) e a graphic novel Afterflight (1997).

Aos poucos a editora desistiu de publicar Arquivo X devido aos problemas envolvendo os responsáveis pela série de TV. Segundo o editor Tony Isabella, era impossível agradar Chris Carter e sua equipe, tendo chegado ao ponto de redigirem cartas falsas para publicar nas revistas para que Carter não resolvesse mudar algo após ler alguma crítica feita por qualquer leitor.

Em outubro de 1997 a Mythos trouxe as histórias em quadrinhos da Topps para o Brasil na revista Arquivo X que durou apenas quatro edições que traziam duas histórias da revista original americana. Após publicar as seis primeiras histórias nas três primeiras revistas, a editora pulou para a trigésima edição na quarta revista, que acabou sendo cancelada em abril de 1998.

WildStorm

Entre setembro de 2008 e junho de 2009, a editora WildStorm publicou uma série de quadrinhos baseados no seriado da TV. Desta vez, com maior aval de Chris Carter e sua equipe, a série seria “uma oportunidade de expandir” com “um time de criadores incríveis” em “uma vitrine de talentos”. O escritor da série foi Frak Spotnitz, que já havia sido roteirista do seriado e dos dois filmes de Arquivo X para o cinema e o ilustrador foi e Brian Denham (Warrior Nun Areala).

A série durou sete edições e se passava entre a segunda e a quinta temporada de Arquivo X, o que permitiu que Spotnitz explorasse a melhor fase do seriado e utilizasse um time maior e mais interessante de coadjuvantes como o Canceroso, os Cavaleiros Solitários e o Garganta Profunda, entre outros.

Arquivo X quadrinhos (5)

Em 2010 Arquivo X encontrou os vampiros de 30 Dias de Noite na minissérie em seis edições The X-Files/30 Days of Night. A minissérie foi escrita por Steve Niles, criador de 30 Dias de Noite, e Adam Jones (Red Sonja) e publicada entre julho e dezembro de 2010 em uma parceria entre a WildStorm e a IDW Publishing.

IDW Publishing

Arquivo X quadrinhos (6)Após o crossover com os vampiros de 30 Dias de Noite da IDW em 2010, os quadrinhos de Arquivo X sofreram um hiato de três anos, até que em junho de 2013 a IDW lançou The X-Files: Season 10, uma série em 25 edições que servia como continuação do seriado, escrita por Joe Harris (Nuclear) e Chris Carter e ilustrada por Michael Walsh (Vingadores Secretos) e Matthew Dow Smith (Ícones dos X-Men: Noturno).

A trama parte de onde o seriado termina, mostrando os agentes fora do FBI tendo que se reunir para enfrentar uma ameaça em comum, atualizando as conspirações alienígenas para um clima de paranoia pós-terror e pós-wikileaks. A HQ foi bem recebida pelos fãs que estavam órfãos do seriado bem antes do anuncio do revival da série para 2016.

Durante o run da “décima temporada”, a IDW ainda publicou uma minissérie em cinco edições chamada The X-Files: Year Zero de Karl Kesel (Superboy), Vic Mahlhotra (Roche Limit) e Greg Scott (Wild Cats – Círculo Vicioso), que contava as origens do departamento secreto do FBI, e The X-Files: Conspiracy, uma bizarra minissérie em seis edições que coloca os Cavaleiros Solitários interagindo com outros títulos da IDW como Transformers, O Corvo, Tartarugas Ninja e os Caça-Fantasmas para impedir que uma epidemia causada por um perigoso vírus alienígena aconteça. A IDW também publicou uma série regular baseada no seriado Millennium, também criado por Chris Carter, que teve um crossover com Arquivo X na série de TV e nos quadrinhos.

Com o sucesso da temporada anterior, em agosto de 2015 a IDW lançou The X-Files: Season 11. A série se encontra atualmente em sua quinta edição e conta com o mesmo time criativo de The X-Files: Season 10 e tem previsão para conclusão em fevereiro deste ano, logo após a estreia da minissérie que trará de volta os agentes Mulder e Scully para as telinhas.

Arquivo X quadrinhos (1)

No fechar de 2015, a editora New Order anunciou que irá publicar no Brasil, Arquivo X, Clássicos Volume 1, uma coletânea de 9 histórias em um encadernado de capa dura com 226 páginas, provavelmente trazendo as HQs publicadas em The X-Files Classics Vol.1, que republica as nove primeiras edições da Topps.

Se Arquivo X voltará a ser o sucesso que foi durante o final dos anos noventa e início da década passada, se teremos novos livros, games e quadrinhos envolvendo a dupla de agentes do FBI, se teremos finalmente todas as edições da Topps publicadas no Brasil, cabe a nós apenas especular.

Arquivo X quadrinhos (2)

Talvez nunca saibamos a verdade, pois é isto que eles querem!

Leia também:

Rodrigo Ramos

Rodrigo Ramos

Designer por formação e apaixonado por HQs e Cinema de Horror desde pequeno. Ao contrário do que parece ele é um sujeito normal… a não ser quando é Lua Cheia. Contato: rodrigoramos@bocadoinferno.com.br

2 comentários em “Arquivo X em Quadrinhos

  • 26/01/2016 em 09:29
    Permalink

    Boa dica, não sabia que os autores originais só se envolveram depois. O Chris Carter estava se comportando como Gene Roddenberry no começo do seriado Jornada nas Estrelas.

    Resposta
  • 23/01/2016 em 21:35
    Permalink

    Foda é que eu to com uma porrada de HQs pra ler ainda. Mas, vou anotar essa dica, afinal, Arquivo X em quadrinhos deve valer a pena!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien