Artigos, Listas

25 Filmes de Terror para Ver em 2017

Terror nos cinemas, na Neflix e em DVD! 2017 tem sustos para todos os tipos de medo!

10. Get Out (Estreia lá fora: 24 de fevereiro (EUA) / Estreia no Brasil: não definida)
Direção: Jordan Peele
Roteiro: Jordan Peele
Elenco: Allison Williams, Keith Stanfield, Bradley Whitford
Sinopse: Agora que Chris e sua namorada, Rose, chegaram à fase de conhecer os pais no namoro, ela o convida para um fim de semana no interior com Missy e Dean. A princípio, Chris acha que o comportamento excessivamente agradável dos dois como tentativas nervosas de lidar com o relacionamento inter-racial da filha, mas, conforme o fim de semana avança, uma série de descobertas cada vez mais perturbadoras o levam a uma verdade que ele jamais poderia ter imaginado.

Comentários: Get Out aparenta trazer um horror bem perturbador, somado a uma bela crítica contra o racismo. O trailer é bem interessante, trazendo algumas pistas sobre a sinistra família da namorada, com seus rituais e apostas. Gostei do que vi, mas imagino que só virá por aqui via streamming ou DVD. Espero estar errado.

9. A Cura (A Cure for Wellness) (Estreia lá fora: 17 de fevereiro (EUA) / Estreia no Brasil: 16 de fevereiro)
Direção: Gore Verbinski (franquia Piratas no Caribe, O Chamado)
Roteiro: Justin Haythe (O Cavaleiro Solitário)
Elenco: Dane DeHaan, Mia Goth, Jason Isaacs, Celia Imrie, Susanne Wuest e Carl Lumbly
Sinopse: O longa contará a história de um ambicioso executivo que é enviado aos Alpes Suíços para resgatar seu chefe de um “spa” de bem-estar conhecido como “Centro de Cura”, mas logo descobrirá que ele está preso e que o local tem um propósito muito mais sinistro do que apenas servir para as necessidades de seus pacientes.

Comentários: Há grandes chances que esta seja uma das primeiras grandes estreias de 2017. O trailer é fantástico, lembrando A Ilha do Medo, com um local sinistro e com propósitos bizarros servindo para “tratar” pessoas doentes. Ainda que os presentes busquem uma fuga do local, não iria duvidar se ao final o protagonista sinta realmente que foi ajudado. Pretendo ver!

8. The Belko Experiment (Estreia lá fora: 17 de março (EUA) / Estreia no Brasil: não definida)
Direção: Greg McLean (Wolf Creek)
Roteiro: James Gunn
Elenco: Josh Brener, Adria Arjona, Michael Rooker
Sinopse: No que parece ser um dia comum na Belko Industries, os funcionários ficam horrorizados ao descobrirem que se tornaram cobaias de um experimento da companhia que os levará a matar seus colegas de trabalho ou serem mortos. O experimento é posto em prática por uma misteriosa voz que controla o alto-falante e instrui os funcionários a massacrarem uns aos outros da forma que for necessária.

Comentários: Quem não gostaria de trabalhar numa empresa onde até o fim do dia você tem que matar seus colegas? Brincadeiras à parte, este experimento de Greg McLean parece um thriller divertido, com cenas violentas, muitas mortes e, o principal, claustrofobia! Gostei bastante do trailer, principalmente por reconhecer no elenco rostos comuns da tela, armados para obedecer as regras impostas pela empresa. Merece um bom lançamento por aqui, mas já fico imaginado o título que darão: Empresa da Morte ou Trabalho Mortal.

7. Olhos Famintos 3 (Jeepers Creepers 3) (estreia lá fora: ainda não definida / Estreia no Brasil: se tivermos sorte, sai em DVD)
Direção: Victor Salva (dos dois filmes anteriores)
Roteiro: Victor Salva
Elenco: Jonathan Breck e Brandon Smith
Sinopse: Com possibilidade de alteração, a sinopse é: uma mãe de sucesso, Patricia Trish Jenner (Cinta Laura Kiehl), se une a um grupo que acabara de testemunhar as ações de um monstro alado, com a esperança de encerrar sua carreira de assassinatos.

A cada 23 primaveras, durante 23 dias, ele precisa comer!

Comentários: Faz 13 anos, desde o segundo filme. Salva passou todo esse tempo respondendo perguntas sobre uma possível continuação, com indícios de que seria no período do Velho Oeste. Pode sair uma produção divertida para os saudosos da criatura, como foram os outros filmes, principalmente pela manutenção da equipe original. Pelo andar da carruagem, o longa pode nem sair esse ano, e continuar na geladeira para um lançamento em 2018. Poucas notícias animadoras sobre a terceira parte mostram que o filme está amaldiçoado a não sair do papel! Vamos torcer que eu esteja errado!

6. Fragmentado (Split) (Estreia lá fora: 20 de janeiro (EUA) / Estreia no Brasil: 23 de março)
Direção: M. Night Shyamalan (A Visita)
Roteiro: M. Night Shyamalan
Elenco: Anya Taylor-Joy, James McAvoy, Haley Lu Richardson
Sinopse: Depois que três garotas são sequestradas por um homem com 24 personalidades distintas, elas precisam contar com algumas delas para arrumar um meio de escapar das demais e do local onde estão presas.

Comentários: Shyamalan é um nome reconhecido do gênero, mesmo que seus filmes dividam opiniões. Depois de algumas obras rejeitadas, o público realmente curtiu A Visita, seu último trabalho, e acredita que seu nome possa novamente estar ganhando força. Fragmentado teve passagens por alguns festivais ano passado, e a avaliação foi extremamente positiva, assim como a atuação multifacetada de James McAvoy. O trailer é bem legal, e fiz questão de analisá-lo! Só não entendo por que o Brasil será a última estreia do filme…

5. Suspiria (Estreia lá fora: não definida / Estreia no Brasil: não definida)
Direção: Luca Guadagnino (A Piscina)
Roteiro: David Kajganich, Dario Argento (personagens)
Elenco: Chloë Grace Moretz, Dakota Johnson, Mia Goth
Sinopse: Uma jovem bailarina viaja para Berlim em 1977, somente para se descobrir envolvida em uma série de acontecimentos estranhos e sobrenaturais na academia onde pretende estudar, desconfiando que o local possa ser um coven.

Suspiria (1977)

Comentários: A irretocável obra-prima de Dario Argento está mesmo ganhando o corpo de uma refilmagem, com mais toques americanos do que italianos. Não espero absolutamente nada disso, nem mesmo com a presença de Chloë Moretz e Jessica Harper, do original. Talvez, essa falta de expectativa possa surpreender, mas será que as cores terão a mesma atenção nesse novo tratamento?

4. It: A Coisa (Estreia lá fora: 8 de setembro (EUA) / Estreia no Brasil: 7 de setembro)
Direção: Andrés Muschietti (Mamá, Mama)
Roteiro: Gary Dauberman, Chase Palmer, Stephen King (romance)
Elenco: Bill Skarsgård, Finn Wolfhard, Jaeden Lieberher
Sinopse: Numa pequena cidade do Maine, 7 crianças conhecidas como parte do Clube dos Perdedores devem enfrentar seus problemas pessoais, o bullying e um monstro que assume a forma de um palhaço chamado Pennywise.

Comentários: Convenhamos, essa produção começou errada ao explorar a imagem do novo Pennywise. Talvez até consiga resgatar o espírito da minissérie, aproveitando o sucesso das crianças de Stranger Things e a volta da coulrofobia, mas dificilmente farão desse novo palhaço algo que se aproxime do clássico interpretado por Tim Curry. E como virá em formato filme, terão que cortar muitos detalhes que a minissérie soube explorar como as características de cada uma das crianças e seus temores. Vamos ver!

3. Grave / Raw (Estreia lá fora: 10 de março / Estreia no Brasil: não definida)
Direção: Julia Ducournau
Roteiro: Julia Ducournau
Elenco: Garance Marillier, Ella Rumpf, Rabah Nait Oufella
Sinopse: Quando uma jovem vegetariana aceita participar de um ritual de iniciação na faculdade de veterinária, um espontâneo desejo por carne começa a crescer nela.

Comentários: Provavelmente será A Bruxa de 2017. Este longa passou pelos festivais do Rio e de SP já com uma bagagem polêmica por ter feito pessoas passarem mal durante as sessões em Cannes. O filme conta com o trabalho do mestre dos efeitos especiais francês Olivier Afonso, responsável por A Invasora, e promete uma expressão clara da definição de Horror nas telas. Pela trajetória de “sucesso” e pelos elogios recebidos, é provável que chegue por aqui com bastante restrição na censura. E pode apostar: Grave estará em muitas listas brasileiras dos melhores do ano! Confira no vídeo abaixo o momento em que a garota tem o contato com a carne crua de coelho.

2. A Torre Negra (Estreia lá fora: 28 de julho (EUA) / Estreia no Brasil: 27 de julho)
Direção: Nikolaj Arcel (O Amante da Rainha)
Roteiro: Nikolaj Arcel, Akiva Goldsman, Stephen King (personagens)
Elenco: Katheryn Winnick, Matthew McConaughey, Idris Elba
Sinopse: Acompanha o pistoleiro Roland Deschain enquanto ele vaga por uma paisagem à la Velho Oeste à procura da Torre Negra, esperando que alcançá-la possa preservar seu mundo moribundo.

Adaptação de A Torre Negra, de Stephen King, estreia em 2017

Comentários: Estava demorando para essa adaptação sair. Foram publicados 7 livros, da década de 70 até 2004, e é uma série extremamente cultuada no mundo inteiro. Embora fã convicto de Stephen King, tendo acompanhado boa parte de sua literatura e versões para a TV e cinema, não cheguei a ler nenhum dos livros dessa série, nem mesmo a versão graphic novel. Mesmo assim, pelas imagens já divulgadas e pelo elenco que compõe o filme, tenho grandes expectativas para que saia algo bom daí. O autor está acompanhando de perto, o que é um bom sinal!

1. Alien: Covenant (estreia lá fora: 19 de maio (EUA) / Estreia no Brasil: 18 de maio)
Direção: Ridley Scott
Roteiro: Michael Green, John Logan
Elenco: Michael Fassbender, Katherine Waterston, James Franco
Sinopse: A caminho de um planeta remoto no local mais longínquo da galáxia, a tripulação da nave colonial Covenant descobre aquilo que eles achavam ser um paraíso inexplorado. Na verdade, trata-se de um mundo sombrio e perigoso que tem como seu único hospedeiro o androide David, sobrevivente da amaldiçoada expedição Prometheus.

Comentários: Aquele que seria a volta de Ridley Scott ao subgênero que criou, Prometheus, não foi como muitos esperavam. Embora tenha muito das raízes da ficção científica, o público queria ver Aliens em cena. Assim, a continuação, como o próprio título já antecipa, trará o que todos queriam: Aliens, perseguição, exploração de planeta, peitos explodindo e muita gosma ácida. Pode não ser tão bom quanto os primeiros filmes da criatura, mas deve divertir bastante. Provavelmente estará entre os melhores do ano, ou será apenas digerível! Veremos na estreia! Confira uma análise do trailer!

O primeiro filme da lista é o que me traz mais esperanças. Ninguém merece morrer em uma continuação direta para o vídeo, ou uma refilmagem oportunista. É claro que o cardápio não está completo, faltando a continuação de Blade Runner, Maniac Cop, Kong: A Ilha da Caveira, Cult of Chucky, Leatherface, Mata Negra (de Rodrigo Aragão), Histórias Estranhas 2 (antologia brasileira com vários diretores conhecidos do cenário nacional), Contos da Morte 2 (antologia também brasileira) e muitas outras produções do cinema independente! Mas, já é possível perceber que 2017 será primoroso para o gênero!

Brinquedo Assassino 3 (1991)

Todavia, a minha empolgação pela expectativa de estar em um filme do Ridley Scott perde força quando observo os detalhes a minha volta: nenhuma nave futurista, apenas um quarto pequeno ocupado por um número grande de ocupantes. Sem cenário do velho oeste, nenhum palhaço sobrenatural, nem zumbi ou Lin Shaye! Annabelle não teria a força para destruir uma porta, nem muito menos a doce Samara Morgan. Não imagino que uma garota canibal esteja com tanta fome assim, nem isto aparenta ser uma armação de Tobin Bell.

Quando a última tábua se solta, o guarda-roupa é derrubado como se fosse de papelão (provavelmente era), permitindo o avanço do(s) inimigo(s). Uma luz forte surge na entrada, quando pude notar que se trata de uma equipe de policiais armados. Antes que eu pudesse sorrir pela chegada da cavalaria, tiros são disparados na direção de meus companheiros, aqueles que nem pude saber o nome ou grau de parentesco comigo. A ruiva avança contra os soldados, mas e golpeada com força, antes de ser fuzilada pelo grupo.

Antes que eu possa dizer qualquer coisa, uma bala atravessa meu peito e eu sou derrubado pela força do disparo. Sangue escorre pelo meu corpo, enquanto um dos policias olha aponta a arma para minha cabeça.

– Será que deu tempo de ele citar as produções malditas e iniciar o Inferno na Terra? – diz aquele que observa minha visão que volta a ficar embaçada.

– Provavelmente! – diz outro cutucando com o pé o corpo do homem de meia-idade. – Que Deus nos ajude a enfrentar o Mal que essas criaturas liberaram dos filmes de terror de 2017! 

Antes que meus sentidos estejam totalmente escurecidos, escuto gritos do lado exterior da casa. O pesadelo, enfim, começou!

Leia também:

Páginas: 1 2

Marcelo Milici

Marcelo Milici

Fundou o Boca do Inferno em 2001. Formado em Letras, fez sua monografia sobre o Horror Gótico na Literatura. Já foi juri de festivais e eventos do gênero! Contato: [email protected]

10 Comentários

  1. fabio barbosa

    eu já acho um crime todos os filmes do resident evil fora talvez os 2 primeiros e não acredito q nenhum se encaixe nem que pouco no gênero terror. algumas refilmagens me pegaram bem desprevenido, como suspiria e re-animator, lá se vão mais 2 bons filmes q vão perder a reputação por uns trocados

  2. Tiago Ricardo Charão

    Espero que o enredo do novo Saw – Jogos Mortais, surpreenda e seja tão bem construído quanto foi o primeiro. Desta vez eles tiveram tempo para idealizar um filme mais completo e estruturado.

  3. marcio Valentim

    Essa lista não me empolgou mais tem alguns interessantes

  4. Lisi

    Ano de remakes e sequências.Poucos filmes originais. Espero ser surpreendida, porque realmente não parece lá tão promissor.

  5. Fugindo dessa lista , hoje na sexta-feira 13 está sendo lançado nos Estados Unidos o slasher ” PITCHFORK ” do diretor Glenn Douglas Packard .
    Eu não sei se é bom , pois vou ver a noite , mas eu gostei do trailer e já na sua abertura é mostrado os vários prêmios de festivais relacionados a ele .
    Vai aí a minha dica do primeiro slasher de 2017 !
    Obs : Já está disponível online .

  6. Excelente matéria Marcelão…
    E “encapsulada” em um conto divertidíssimo. Parabéns…

    Só discordo que o ano será primoroso…acho que será fraquíssimo.

    E com relação a Torre negra, invejo seu otimismo…não consigo, simplesmente não consigo esperar grande coisa de uma adaptação do mestre King. E o fato dele estar acompanhando de perto só piora esse sentimento…Lembra a minisérie de O Iluminado que ele fez para melhorar a versão do Kubrick? hehe

  7. O que eu não entendi?
    Estão faltando 10 filmes na lista…não achei o link para a parte 2.

    • Silvana Perez Silvana Perez

      O link para a página 2 está bem lá pra baixo, logo acima das tags 🙂

  8. Hierofante1970

    Patient Zero, Death House, Get Out e a Antologia XX me agradaram demais, mas Resident Evil: O Capítulo Final por favor só o primeiro foi interessante. Amityville: O Despertar não gostei nem do primeiro filme imagine esse afff. Saw: Legacy o primeiro filme foi excelente só que depois virou carne de vaca e esse com certeza será mais do mesmo. Olhos Famintos 3 está mais fácil acertar na Mega-Sena jogando os números 01-02-03-04-05-06 do que esse filme sair em 2017 e torço muito que seja um ótimo filme, pois adorei os anteriores. Alien: Covenant com certeza não será pior que Prometheus e como sou fã da série irei ao cinema com a expectativa lá nas nuvens e por favor sr. Ridley Scott não nos desaponte novamente. Os demais vamos torcer para que sejam bons.

    • Lucas Alexandre Ferreira

      Eu curti muito Prometheus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *