Cinema

Documentário narra a trágica história do ator que interpreta Jason

Uma história inspiradora por trás de um assassino sanguinário

Kane Hodder, o ator e dublê norte-americano conhecido mundialmente por recorrentemente interpretar Jason Voorhees em quatro filmes da rentável franquia Sexta-feira 13, além de solidificar seu status de assassino icônico tornando-se Victor Crowley na trilogia Terror no Pântano e inúmeros outros papéis durante sua carreira, literalmente foi para o Inferno e retornou quando, nos anos 80, trabalhando como dublê, sofreu queimaduras de terceiro grau em 50% de seu corpo.

Este acontecimento impactou e mudou a vida de Kane quase o fazendo desistir de sua carreira. Em To Hell and Back: The Kane Hodder Story, acompanhamos relatos do ator sobre como ele conseguiu enfrentar essa experiência tão traumática que o faz carregar várias cicatrizes em sua pele e em sua mente até hoje.

Para promover o documentário foi inclusive lançada uma campanha no Indiegogo para atrair a atenção dos fãs, envolvendo uma variedade de eventos que resultaram na doação de fundos para o Bothin Burn Center, um centro de tratamento para pacientes vítimas de queimaduras localizado em Bothin, na Califórnia, além de ter como objetivo mudar a percepção pública do termo “vítimas de queimaduras” para “sobreviventes de queimaduras”.

Dirigido por Derek Dennis Herbert e lançado pela Masterfully Macabre, o documentário biográfico To Hell and Back: The Kane Hodder Story também acompanha depoimentos de atores e atrizes já consagrados como ícones do horror e amigos de Kane, como Robert Englund (Freddy Krueger), Bruce Campbell (Ash Williams), Cassandra Peterson (Elvira), Bill Moseley (O Massacre da Serra Elétrica), Sid Haig (A Casa dos 1000 Corpos), Danielle Harris (Halloween – O Início), entre outros, que, em meio a histórias e conexões, contam como ele se tornou um ícone do cinema conquistando até mesmo a simpatia do público mirim.

Visitas a locais que servem de pano de fundo à sua história ajudam a capturar a essência dos eventos narrados por Kane, como as memórias de sua infância cheia de tormentos e bullyings em Sparks, Nevada; sua adolescência em uma pequena ilha militar próxima ao Havaí; seu sofrimento físico e mental ao caminhar pelas alas dos pacientes que sofreram queimaduras no hospital de sua cidade, até sua ascensão na interpretação do ícone Jason nas telonas e mais recentemente nos videogames, entre vários outros relatos pessoais que abordam com franqueza períodos delicados e momentos emocionantes, fazendo To Hell and Back: The Kane Hodder Story ser um documentário mandatório aos fãs do gênero.

Para mais informações, visite o site oficial do filme.

Leia também:

1 Comentário

  1. Daniel Tibéri

    É Lamentavelmente tem Pessoas Dedicadas que mesmo fazendo personagens terror, a gente simpatiza com elas, e infelizmente essas pessoas são Injustiçadas, lamentavelmente fico Triste pois tem tanto atriz e ator ruim demais que Hollywood nos empurra a todo pano, na minha Opinião Kane Hooder e Linda Blair são os Atores mais Injustiçados do Cinema,que mereciam uma chance melhor mas que foram deixados de lado e nunca vou entender o por que disso!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *