Cinema

Laos vai inscrever o horror Dearest Sister para o Oscar

Longa de Mattie Do vai concorrer a uma vaga para o prêmio de Melhor Filme Estrangeiro

O Laos vai se inscrever para uma vaga no Oscar de 2018 pela primeira vez com Dearest Sister, longa de terror dirigido por Mattie Do. O filme vai concorrer a uma vaga no prêmio de Melhor Filme Estrangeiro.

Dearest Sister acompanha uma jovem pobre, Nok, que se muda para a cidade de Vientiane para cuidar de uma prima, uma mulher rica casada com um expatriado estoniano. A prima está perdendo a visão e, ao mesmo tempo, vendo fantasmas que comunicam uma série de números, que Nok acaba usando para ganhar na loteria.

Mattie Do é a primeira diretora de um longa-metragem do Laos e este é seu segundo filme. Ela já havia lançado Chanthaly, que tratava de uma mulher que tem visões de sua mãe morta. Dearest Sister foi feito após uma campanha de financiamento coletiva bem-sucedida, e estreou no Fantastic Fest, no Texas, em setembro do ano passado.

“O maior desafio de fazer um filme no Laos é ter que trabalhar sem recursos, quase nenhum orçamento e quase sem estrutura profissional para filmes”, disse Do. “Porém, o benefício de trabalhar em um ambiente novo como o Laos, sem uma estrutura pré-existente, é que tudo o que eu fizer será novo. Como não há muitas expectativas sobre como um filme do Laos deve ser, eu tenho a liberdade de criar algo completamente único, que não existia antes”.

Confira o trailer de Dearest Sister:

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *