Cinema

Começam as gravações do longa Recife Assombrado

Com direção de Adriano Portela, projeto leva à tela grande assombrações típicas recifenses

Começaram na semana passada as gravações do longa-metragem Recife Assombrado, dirigido por Adriano Portela com base em um roteiro de Ulisses Brandão e Bruno Antônio, com colaboração de André Balaio e Roberto Beltrão.

O longa conta a história de Hermano, que, diante do desaparecimento misterioso do irmão Vinícius, volta ao Recife depois de 20 anos. Neste processo, ele enfrenta problemas vinculados ao passado da família e descobre uma cidade que, ao anoitecer, fica assustadora. Em meio a busca pelo irmão, Hermano se depara com episódios esquisitos, nos quais surgem assombrações famosas na história recifense, como a Homem do Saco ou Papa-figo, a Velhinha da Caxangá, a Galega de Santo Amaro e lugares assombrados, como a Cruz do Patrão.

Primeiro longa de terror pernambucano, Portela explica que “Temos como referência os livros de Gilberto  Freyre , de Roberto Beltrão e de André Balaio. Mas precisávamos documentar esta história também no cinema. Fizemos uma pesquisa e percebemos que o público de Pernambuco tem interesse por suspense e, no entanto, temos pouca produção deste gênero por aqui”.

Com previsão de lançamento para 2019, Recife Assombrado está sendo gravado no Recife e em Bezerros, no Agreste do estado. O filme traz no elenco rostos já conhecidos da televisão: Daniel Rocha (Avenida Brasil), Pedro Malta (Coração de Estudante), Marcio Fecher (Supermax), Raísa Batista (S.O.S Mulheres ao Mar), Raiza Alcântara (Velho Chico) e Germano Haiut (O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias).

Leia também:

1 Comentário

  1. Francisco

    Boa sorte ao projeto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *