Críticas

O Amigo Oculto (2005)

Não chega a ser tão ruim e dispensável quanto o trabalho similar anterior de Robert De Niro, mas é um fato que não significa grande coisa.

O Amigo Oculto (2005)

Você pode ver agora?

O Amigo Oculto
Original:Hide and Seek
Ano:2005•País:EUA, Alemanha
Direção:John Polson
Roteiro:Shane Salerno
Produção:Barry Josephson
Elenco:Robert De Niro, Dakota Fanning, Famke Janssen, Elisabeth Shue, Amy Irving, Dylan Baker, Melissa Leo, Robert John Burke, Molly Grant Kallins, David Chandler, Jake Dylan Baumer, Josh Flitter, Alicia Harding, James McCaffrey, Rose Pasquale, Brendan Sexton III

O último final de semana de fevereiro de 2005 certamente foi muito especial para quem aprecia Horror e Metal. Começou na sexta-Feira dia 25 com um show arrasador da lendária banda americana de Thrash Metal Anthrax, no Credicard Hall, em Santo Amaro (São Paulo), com abertura das bandas paulistas Threat e Scars (sem contar que alguns dias antes, em 20/02, tivemos um outro show memorável com as bandas Sodom (Alemanha) e Nuclear Assault (EUA), no Direct TV Music Hall (Moema, São Paulo)). No mesmo dia 25, finalmente entrou em cartaz nos cinemas brasileiros o tão aguardado remake de O Massacre da Serra Elétrica (The Texas Chainsaw Massacre, 2003), dirigido pelo alemão Marcus Nispel (e que tive a oportunidade de assistir no sábado dia 21). Teve também o lançamento em DVD do clássico moderno Despertar dos Mortos (Dawn of the Dead, 78), segundo filme da trilogia dos mortos de George Romero, e que finalmente foi lançado pelo selo Dark Side com distribuição nas bancas num preço popular, encartado na revista Cine Monstro número 1, que foi relançada. E para fechar o fim de semana, também estreando por aqui no dia 25/02 (assisti no domingo dia 27), um filme de horror psicológico com Robert De Niro, O Amigo Oculto (Hide and Seek), que apesar do roteiro fraco e previsível, não deixa de ser mais um evento a ser conferido pelos fãs do cinema fantástico. Isso sem contar, para aqueles que apreciam também futebol, que o São Paulo venceu o rival Corinthians por 1 x 0 pelo Campeonato Paulista, com direito até a um pênalti defendido por Rogério Ceni no final do jogo. Como sou sãopaulino e apreciador de metal e horror, o final de semana foi extremamente significativo.

O Amigo Oculto recebeu um título brasileiro que até tem relações com os eventos do roteiro, mas que ficaria melhor se fosse escolhido algo como Esconde-Esconde, uma tradução mais coerente com o original Hide and Seek, que significa aquela conhecida brincadeira infantil, e que tem uma grande importância na história.

Um psicólogo, o Dr. David Callaway (Robert De Niro), tenta retomar o rumo de sua vida juntamente com a filha pequena Emily (Dakota Fanning), após a morte traumática da esposa Alison (Amy Irving) em circunstâncias misteriosas. Com a filha perturbada pela perda da mãe, o Dr. Callaway decide se mudar para uma cidade pequena no campo, indo morar numa casa enorme situada no meio de uma floresta. Eles deixam para trás a psicóloga Dra. Katherine (Famke Janssen), que além de ser amiga pessoal da família, tem uma laço especial de afetividade com a garota.

O Amigo Oculto (2005) (2)

Lá chegando, eles são primeiramente recepcionados pelo Xerife Hafferty (Dylan Baker) e o agente imobiliário Sr. Haskins (David Chandler), que foi o responsável pela aquisição da casa. Depois, conhecem um casal de vizinhos, Laura (Melissa Meo) e Steven (Robert John Burke, o Robocop no terceiro filme da série), que estão enfrentando uma crise por causa da morte de uma filha pequena. E na cidade, o Dr. Calloway faz amizade com uma bela mulher divorciada, Elizabeth (Elisabeth Shue), que tem uma sobrinha, Amy (Molly Grant Kallins), na mesma idade de Emily, onde eles tentam uma aproximação entre as crianças.

Porém, fatos misteriosos começam a ocorrer envolvendo o psicólogo e sua filha depois que ela revela a existência de um suposto amigo imaginário chamado Charlie, o qual seria o responsável por uma série de eventos sinistros e conturbados gerando uma incômoda instabilidade na relação entre pai e filha, além de colocar em perigo mortal todos que se aproximam deles.

Apesar da presença de um grande elenco formado por nomes conhecidos do cinema como o veterano Robert De Niro, além de Amy Irving, Famke Janssen e Elisabeth Shue, sem contar a talentosa garota Dakota Fanning (de Encurralada e Chamas da Vingança), que novamente demonstra que terá uma carreira com um futuro promissor, O Amigo Oculto é apenas mais um thriller convencional e extremamente previsível. O filme não chega a ser tão ruim e dispensável quanto o trabalho similar anterior de Robert De Niro, o suspense O Enviado (Godsend), mas é um fato que não significa grande coisa. Aliás, é realmente curioso o notável declínio da carreira desse grande ator, que tem participado de uma longa série de filmes apenas medianos e nada memoráveis nos últimos anos.

O roteiro abusa dos clichês e situações forçadas, sendo que um espectador um pouco mais atento acaba percebendo por volta da metade da projeção a verdade por trás do tal amigo oculto Charlie e muito provavelmente ainda irá se decepcionar com a revelação pouco criativa numa tentativa insatisfatória de surpresa. Porém, apesar de tudo, para aqueles apreciadores não muito exigentes de uma trama de horror psicológico, o filme ainda poderá proporcionar alguns momentos de diversão, principalmente nas cenas sinistras com a garota Emily (graças ao talento de Dakota Fanning), sempre envolvidas num clima de mistério.

Leia também:

2 Comentários

  1. vanessa vasconcelos

    bonzinho.

Trackbacks / Pings

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *