Turistas (2006)

Turistas (2006)
Polêmica desnecessária sobre um filme ruim
Turistas
Original:Turistas
Ano:2006•País:EUA
Direção:John Stockwell
Roteiro:Michael Ross
Produção:Marc Butan, Scott Steindorff, John Stockwell, Bo Zenga
Elenco:Josh Duhamel, Melissa George, Olivia Wilde, Desmond Askew, Beau Garrett, Max Brown, Agles Steib, Miguel Lunardi, Jorge Só

O polêmico filme americano Turistas (Turistas, 2006) chegou aos cinemas brasileiros em 16/02/07, com uma história de horror ambientada no Brasil. Um grupo de jovens turistas estrangeiros está em passeio pelas praias do Nordeste. São três americanos, sendo um casal de irmãos, Alex (Josh Duhamel) e Bea (Olivia Wilde), e a amiga Amy (Beau Garrett), além da australiana Pru (Melissa George), que costuma viajar sozinha, e de dois amigos ingleses, Finn (Desmond Askew) e Liam (Max Brown), que queriam ir para Florianópolis e conseguiram a façanha de inverter o caminho indo para Belém. Completam o grupo um casal sueco viajando de moto, Svend (Gustav Roth) e Annika (Olga Diegues).

Eles se conhecem na viagem e após um acidente de ônibus, se encontram numa praia paradisíaca onde se divertem bastante nadando, bebendo, jogando futebol e dançando ao som de samba e funk (é verdade que esses estilos de música são bem populares no Brasil, mas poucos sabem que nosso país é um dos melhores do mundo em bandas de metal extremo).

Porém, depois de ingerirem drogas em bebidas numa festa noturna sem saberem, os jovens acordam de ressaca no dia seguinte pela manhã e descobrem que foram roubados. A partir daí seus problemas têm início, pois agora estão perdidos no meio do mato numa terra estranha, apenas com a pouca roupa do corpo, sem dinheiro e documentos. E o pior ainda estaria por vir, não imaginando que eles teriam que enfrentar as ações ilegais de um cirurgião psicótico e seus capangas armados, cujo interesse é a remoção dos órgãos internos dos jovens incautos, transformando as férias dos turistas num pesadelo sangrento e infernal.

Turistas (2006) (2)

O filme, dirigido por John Stockwell e escrito por Michael Arlen Ross, tornou-se exageradamente polêmico por denegrir a imagem do Brasil como um país turístico sem segurança para os visitantes estrangeiros, que ao virem gastar seu dinheiro por aqui à procura de diversão e conhecer lugares bonitos, seriam tratados com hostilidade e obrigados a doar seus órgãos internos como rins, fígado e outros. Sinceramente, acho um desperdício de energia discutir esse assunto, pois nós brasileiros conhecemos nosso país sem precisar de nenhum filme estrangeiro para influenciar na formação de nossa opinião, e quem é de fora e quer saber sobre o Brasil, basta pesquisar em fontes seguras e confiáveis, e não será um filme tranqueira de horror barato que fará qualquer diferença.

Então, independente do local onde é ambientada a história (poderia ser em qualquer lugar do mundo), o que interessa e vale a pena gastar energia é numa análise crítica como apenas mais um filme de horror. E nesse caso, Turistas é ruim, cheio de clichês e falhas grotescas no roteiro, sem contar que tem um desfecho ridículo e totalmente convencional, apenas mostrando a falta de ousadia de seus realizadores em concluir a história pelo menos de uma forma mais coerente e verossímil. Entre os furos que podem ser revelados (muitos outros devem ser descobertos pelo espectador, pois são spoilers), temos a ausência total de qualquer tipo de ação policial (certamente para o roteirista a existência da polícia dificultaria o seu trabalho), além do fato do brasileiro Kiko (Agles Steib), que conheceu os turistas e criou uma suposta relação de amizade pela convivência, ter sofrido um acidente na queda de uma cachoeira com um ferimento na cabeça, e em determinado momento ele passa a agir como se nada tivesse acontecido. Aliás, após serem roubados, os gringos são aparentemente ajudados por Kiko que os leva até uma casa isolada numa jornada tortuosa pela floresta, e no caminho eles simplesmente conseguem fazer uma descontraída parada para nadar e se divertir em belas cachoeiras e cavernas submersas, desconsiderando completamente a perturbadora situação desfavorável em que se encontravam após serem roubados num local selvagem para eles.

Turistas (2006) (4)

Contudo, a despeito principalmente dos terríveis absurdos encontrados na história, o filme tem ao seu favor uma tensa perseguição aquática com um sufocante clima de claustrofobia envolvendo grutas submersas, a caracterização do vilão brasileiro, uma espécie de cientista louco, na figura do cirurgião Zamora (interpretado por Miguel Lunardi, que faz o papel de Gabriel, um doente aidético na novela global Páginas da Vida), e que faz um discurso debochado enquanto retira as vísceras de uma turista estrangeira, além de apresentar uma fotografia belíssima evidenciando as maravilhas que a natureza reservou para o Brasil, com praias e cachoeiras de uma beleza especial.

Juvenatrix

Juvenatrix

Uma criatura da noite tão antiga quanto seu próprio poder sombrio. As palavras são suas servas e sua paixão pelo Horror é a sua motivação nesse Inferno Digital.

4 comentários em “Turistas (2006)

  • 25/08/2013 em 18:10
    Permalink

    Lixo desnecessário. Como tiveram coragem de lançar uma tragédia dessas que não da medo nem na minha vozinha.

    Resposta
  • 28/06/2013 em 15:53
    Permalink

    Também acho que seria interessante o dia que os Norte Americanos resolvessem fazer esse tipo de filme se passar no país deles, porém é muita hipocrisia da tua parte criticar este filme, pois tenho certeza que quando assiste esse tipo de filmes e ele se passa em outros países (normalmente eslavos) tu adora.
    Nós brasileiros temos mania de achar ruim sempre que alguém fala algo ruim do Brasil. Mas apesar de não sermos uma tribo de canibais, aqui tem sim muita violência e terrível falta de segurança para todos.

    Resposta
  • 05/05/2013 em 11:51
    Permalink

    é ruim,mas é engraçado,morri de rir com as trapalhadas de kiko,personagem daquele Agles Steib,enfim eu até acho esse filme legal apesar de tudo.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien