A Hora do Espanto 2 (1988)

A Hora do Espanto 2 (1988)

A Hora do Espanto 2
Original:Fright Night 2
Ano:1988•País:EUA
Direção:Tommy Lee Wallace
Roteiro:Tim Metcalfe, Miguel Tejada-Flores , Tommy Lee Wallace
Produção:Mort Engelberg, Herb Jaffe, Miguel Tejada-Flores
Elenco:William Ragsdale, Roddy McDowall, Traci Lind, Julie Carmen, Jon Gries, Brian Thompson, Merritt Butrick, Ernie Sabella, Matt Landers

Ah, os anos 80. Para quem hoje tem cerca de 30 ou 40 anos, como não pensar com carinho nas produções de terror deste período conhecido pelos seus excessos de neon, ombreiras e cores. Quem era criança ou adolescente não teve do que reclamar dos filmes do gênero deste período. A Hora do Pesadelo, Sexta-feira 13, Hellraiser, entre tantos outros títulos que eram lançamentos nas locadoras de VHS da época. Uma particularidade é que tais filmes costumavam ter “partes dois” quase tão boas quanto os originais. E se os filmes de Freddy e Jason viraram franquias cujos demais episódios ainda são produzidos atualmente, é inevitável pensar em uma série de outras películas que surgiram e permaneceram nos anos 80.

Um destes clássicos da época responde como o ótimo A Hora do Espanto, de 1985. Dirigido por Tom Holland, de Brinquedo Assassino, o filme possui uma eficiente trama que acompanha o jovem Charley (William Ragsdale), que descobre que o seu novo vizinho Jerry (Chris Sarandon) é um vampiro. Desacreditado pela polícia, família, namorada e amigos, o jovem recorre ao canastrão apresentador de programas de terror e ator aposentado Peter Vincent (Roddy McDowall, em uma das suas melhores atuações). O filme fez sucesso por trazer sangue novo aproveitando os slashers da época para a temática vampiresca em uma trama feita sob encomenda para o público jovem. Além disso, A Hora do Espanto apresentou Evil Ed (Stephen Geoffreys) – um amigo de Charley que vira vampiro. Trata-se de um dos personagens mais amados e odiados do gênero.

Eis que três anos depois, surge a inevitável sequência de A Hora do Espanto. Por estar envolvido na direção de Brinquedo Assassino, Tom Holland não estava disponível para comandar esta parte dois, deixando a missão para Tommy Lee Wallace, que já havia dirigido Halloween 3, em 1982, e voltaria ao gênero com a mini-série IT – Uma Obra Prima do Medo, em 1990. A boa notícia é que assim como nas “partes dois” de A Hora do Pesadelo, Hellraiser, Sexta-feira 13 e Halloween, A Hora do Espanto 2 é considerada uma sequência quase tão boa quanto o original justamente por manter os elementos que funcionaram no primeiro filme além de expandir novas temáticas funcionais dentro da trama.

Três anos depois dos eventos vistos em A Hora do Espanto e de muita conversa com o psicólogo, Charley está convencido de que vampiros não existem. Já Peter Vincent segue apresentando o seu programa de televisão que exibe filmes de terror e sempre desconfiado que algum bebedor de sangue possa estar próximo. A vida segue normal até que uma estranha mulher surge. Trata-se de Regine (Julie Carman). Não demora muito para descobrirmos que trata-se da irmã de Jerry, o vampirão destruído no primeiro filme. E claro que ela está na cidade para se vingar de Charley e de Peter Vincent.

O filme então segue na investigação de Peter Vincent, que acaba agindo como protagonista uma vez que Charley é seduzido por Regine. Aliás, assim como no primeiro, a sensualidade é a arma mais eficaz para os vampiros. E neste caso, Julie Carman está muito bem como a sedutora bebedora de sangue.

A Hora do Espanto 2 (1988) (2)

Mas de todo o elenco, o destaque nesta sequência vai novamente para Roddy McDowall com o seu Peter Vincent. O personagem é de um ator decadente de filmes de terror que acha que é o grande nome do gênero, embora não passe de um canastrão falido. As falas, os trejeitos e a leveza fazem com que o filme cresça toda vez que Peter está em cena, seja apenas falando de como ele é brilhante ou caçando vampiros.

Visto hoje por uma plateia de adolescentes, A Hora do Espanto 2 é claramente datado, com seus figurinos, fotografia e efeitos da década de 1980. No entanto, a trama não perdeu em nada do seu fôlego e mesmo hoje, 25 anos depois do seu lançamento original, ainda se mantém como boa sequência entre os filmes de vampiros.

Seguindo a moda dos remakes que assolou (e ainda assola) o gênero, A Hora do Espanto ganhou sua refilmagem em 2011 e A Hora do Espanto 2 também teve sua nova versão em 2013. O filme, que foi lançado direto no mercado de DVD e Blu-ray, tenta trazer uma versão atualizada do que foi visto na parte 2 original, mas carece do mesmo mal que assola a maioria das releituras fílmicas. Aqui, os efeitos, sonoplastia, movimentos de câmera e fotografia parecem ter um peso maior do que a trama ou os próprios personagens. Visualmente, o remake de A Hora do Espanto 2 é até interessante, mas o roteiro é bastante fraco e se limita a mostrar Charley e cia fugindo dos vampiros. Aliás, para economizar gastos, a produção de A Hora do Espanto 2 – 2013 contratou um time de atores desconhecidos para substituir o elenco original do remake.

A Hora do Espanto 2 (1988) (1)

Sendo assim, é melhor optar pelos originais. A única questão negativa quanto ao Hora do Espanto 2 é que tudo levava a crer que teríamos uma parte 3. Após o sucesso do filme em 1988, Roddy McDowall e o diretor do original Tom Holland foram convidados para conversarem com o produtor Jose Menendez sobre a possibilidade de realizarem um terceiro capítulo da saga vampiresca, mas o encontro nunca aconteceu uma vez que Menendez foi assassinado pelos próprios filhos.

De qualquer forma, A Hora do Espanto 2 se mantém como uma interessante produção do gênero. Mesmo com algumas limitações técnicas quando comparadas com as atuais produções, o filme ainda é visto com destaque pela crítica e com carinho pelos fãs. Para quem não conhece, fica a dica.

(Visited 211 times, 1 visits today)
Filipe Falcão

Filipe Falcão

Jornalista com Mestrando em Comunicação. Fã de Cinema, mas com gosto especial para filmes de Terror. Para ele, o gênero vai muito além de sangue e morte.

11 comentários em “A Hora do Espanto 2 (1988)

  • 01/03/2018 em 11:07
    Permalink

    O primeiro A Hora do Espanto pra mim é ainda um dos melhores filmes, e essa continuação não deixou por menos. Charlie por um fio agora era salvo pela namorada e Peter Vincent primeiro com medo e depois criando coragem pra enfrentar a vampirona lá que tomou seu lugar na tv.

    Filmes assim nunca cansam, será que tem alguma coisa a ver com os anos 80?rsrs

    Ps.: os remakes pra mim são horríveis, vejam os originais.

    Resposta
  • 20/09/2016 em 17:34
    Permalink

    Uma pergunta: tem uma cena que abre os 58 minutos de projeção da namorada de Charlie lendo livro. Ela lê deslizando a mão de cima para baixo, folheando para a próxima página em questão de segundos. Como se faz isso? é da pessoa ou uma técnica que se aprende?

    Resposta
    • Silvana Perez
      20/09/2016 em 17:40
      Permalink

      Talvez seja Leitura Dinâmica. Lembro que tempos atrás se falava muito em cursos, mas não conheço ninguém que tenha feito e que possa dizer que funciona…

      Resposta
  • 20/04/2014 em 19:30
    Permalink

    Vi esse filme pela primeira vez quando era mais novo e a sequencia do vampiro de patins me deixou morrendo de medo.
    Anos depois, ao revê-lo, confesso que o admirei mais ainda, não apenas por ser a sequencia de um excelente filme, mas também por conseguir superar o primeiro em muitos aspectos.
    O primeiro deles foi sem dúvida, a escolha de Julie Carmem como a sensual vampira Regine; o segundo foi o retorno de Roddy McDowell como Peter Vincent, o Grande Matador de Vampiros… enfim, são tantas qualidades que é melhor não dizer todas.
    Mas o que importa é que “A HORA DO ESPANTO 2” funciona muito bem e agrada aos fãs de filmes de terror.
    Melhor esquecer os Remakes horríveis. Uma pena que não fizeram uma Parte 3.

    Resposta
  • 16/12/2013 em 23:08
    Permalink

    Pra vc ver como os anos 80 eram de uma imaginação fértil!!!
    Conseguir trazer mais novidades ao q já era legal e divertido não foi fácil, mas “A hora do espanto 2”, conseguiu!
    Realmente, o filme tem essa cara de datado, mas não é isso q o deixa ainda mais interessante? Marcou uma época!!!
    E os animatronics tbm poderiam ter tido mais cuidado, quase dá pra ver os fios rsrsrsrsrsrs mas a gente adorava os morcegões fake voando pra cima e pra baixo!
    Regine sexy pra caramba, os ajudantes diferentões (quem poderia imaginar um vampiro drag queen assustador, um lobisomem atrapalhado e um zumbi comedor de insetos!), Charlie quase virando vamp e Peter Vincent assumindo a liderança?
    Realmente, uma farra!
    Uma continuação digna e muito legal!
    Nota de rodapé:
    Se vc assistir “Um drink no inferno 3 – a filha do carrasco”, vai ver uma Sônia Braga (até q legalzinha) copiando as caras e bocas da Regine… dá uma olhadinha e e diga se não estou certa…

    Resposta
    • 17/12/2013 em 11:05
      Permalink

      Olá Morgana, obrigado pelo comentário e sim, eu acho que a Sônia Braga ficou bem parecida com a Regine.

      Resposta
  • 15/12/2013 em 01:37
    Permalink

    me lembro como se fosse ontem no fim da decada de oitenta a fila enorme no extinto cine regina no centro de são paulo . fiquei duas sessões para conseguir entrar para ver este filme na primeira fila de cadeiras. cada pulo da cadeira kkkk. tempos bons que não voltam mais. é com muito orgulho que tenho na collection esta preciosidade

    Resposta
  • 14/12/2013 em 21:03
    Permalink

    assistir uma vez no yotube gostei muito nao supera o original mas e melhor do que essas porcarias de hoje em dia exemplo crespuculo.

    Resposta
  • 14/12/2013 em 16:34
    Permalink

    Ai falou de filme bom a Hora do Espanto 2. esse filme já assistir uma 200 vezes e lendo sobre ele me deu vontade de assistir a 201 vez kkk.

    Resposta
  • 12/12/2013 em 18:04
    Permalink

    P MIM o peter vincent se inspirou quase roubou os trejeitos do Dr Smith n saudosa série Perdidos n Espaço !

    Resposta
  • 12/12/2013 em 00:02
    Permalink

    por incrível que pareça não vi esse filme ainda,mas procurarei pra ver.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien