Críticas

Sexta-Feira 13 – Parte 3 (1982)

Não é tão desastroso quanto parece, quando o filme engrena para a matança desenfreada, um dos propósitos da franquia!

Sexta-Feira 13 - Parte 3 (1982)

Sexta-Feira 13 - Parte 3
Original:Friday the 13th Part III
Ano:1982•País:EUA
Direção:Steve Miner
Roteiro:Martin Kitrosser, Carol Watson
Produção:Frank Mancuso Jr.
Elenco:Dana Kimmell, Tracie Savage, Richard Brooker, Paul Kratka, Jeffrey Rogers, Catherine Parks, Larry Zerner, David Katims, Rachel Howard

Jason Voorhees figurou ao lado de Freddy Krueger no cinema de horror dos anos 80. Eu me lembro que ficava ansioso por cada filme da série sobre o grandalhão com a máscara de hóquei, uma espécie de anti-herói – afinal, eu, como muitos, nunca torcia por nenhuma de suas vítimas, e, sim, para que ele matasse cada uma, imaginando como seria cada morte. É bizarro, mas isso não me tornou um psicopata ou qualquer coisa do tipo. Revendo o terceiro filme da franquia para realizar essa análise, com uma visão mais racional do que emocional, percebi infelizmente o quanto o filme tropeça em sua pretensão.

O diretor Steve Miner, que dirigiu a segunda parte e produziu a primeira, pegou embalo no sucesso dos dois primeiros filmes e deu continuidade à história de Jason. O filme parte logo de onde acabou o segundo, mostrando, inclusive, a cena final, onde a personagem Ginny (Amy Steel) veste a roupa da mãe de Jason, no macabro santuário por ele criado (com a cabeça da mãe exposta), e tenta enganá-lo, até lhe enfiar o facão no ombro. O diretor ignora ainda uma cena final, onde Jason ainda ataca o casal sobrevivente, mas se justifica falando que era um delírio de Ginny, deixando de lado o fato do Jason ter aparecido cabeludo no anterior.

Jason sobrevive, e continua sua matança ao redor de Crystal Lake, começando por um casal que acompanhava pela TV as notícias sobre a chacina. A vingança do mascarado já havia se concretizado, afinal, já matara a moça que decepou a cabeça de sua mãe. Mas, aqui, Jason, já não se importa mais com isso e se torna uma máquina de matar, eliminando quem cruzar o seu caminho.

Sexta-Feira 13 - Parte 3 (1982) (2)

Um grupo de jovens decide ir a casa de campo de uma das amigas, que fica, obviamente, nos arredores do lago cristal. O filme demora a engrenar, fica muito tempo mostrando a relação do grupo de amigos, todos com os velhos estereótipos: um casal que só pensa em sexo, um de maconheiros, a dona da casa traumatizada por um encontro anterior com Jason e seu namorado; o gordinho feioso, que faz brincadeiras sem graças pra chamar atenção, além da garota que seria a sua companhia, mas o ignora. Ainda sobra espaço pra uma gangue de motoqueiros, que entra na trama apenas para morrer nas mãos de Jason. A justificativa para tantas irregularidades nessa sequencia é a mesma de tantas outras envolvendo filmes feitos às pressas pra faturar mais, entre outros argumentos.

Sexta-Feira 13 – Parte 3 deixa de lado o suspense e descamba para a violência. Lá pros seus 50 minutos de projeção, Jason aparece novamente e começa a atacar, iniciando pela gangue de motoqueiros – as mortes começam brandas, em off – depois com os jovens que estavam na casa. Entre as boas cenas, pode-se apontar a morte do rapaz que adorava andar plantando bananeira, tendo seu fim num encontro com Jason no corredor. Há também a cena que o assassino aparece pela primeira vez com a famosa máscara de hóquei e acerta o olho da vítima com um arpão. Sobre a máscara, há de se destacar que virou sua marca registrada durante os filmes que viriam a seguir. Aqui, Jason passa a usá-la após matar Shame. E como não poderia faltar na série, no final sobra uma sobrevivente para enfrentar o assassino imortal, esfaqueando-o, enforcardo-o até finalmente dar-lhe uma machadada na cabeça, deixando uma marca que seria vista em outras produções. Hoje não é mais surpresa, mas os realizadores insistiram em deixar o público com uma dúvida: será que Jason realmente morreu, ou será que ele voltaria pra continuar sua matança? O resultado no final para a produtora foi satisfatório, pois a franquia ainda rendeu outros filmes, e até um remake.

Sexta-Feira 13 - Parte 3 (1982) (3)

Não é tão desastroso quanto parece, quando o filme engrena para a matança desenfreada. É claro que queremos mais do que apenas sangue por sangue, mas remete aos anos 80, quando eu comentava com os amigos de escola como Jason havia matado cada vítima, além de na época discutir quem era o melhor Jason ou seu co-irmão Freddy?

Curiosidades

– A maioria da equipe envolvida no filme era do Canadá, daí o motivo da máscara de Hóquei, já que é o esporte favorito dos canadenses.

– A estrela desse filme, Dana Kimmel, conversou com o diretor sobre o excesso de violência do filme. Provavelmente esse foi o motivo de terem ignorado o final que estava no roteiro (Jason arranca a cabeça da última sobrevivente).

Sexta-Feira 13 - Parte 3 (1982) (4)

Amy Steel, do segundo filme, foi convidada a atuar nessa continuação, mas seus agentes sentiram que se ela fizesse o filme, perderia várias outras oportunidades que iriam surgir. Hoje, ela diz que se arrepende de ter dito não e que dinheiro nenhum no mundo a faria perder essa oportunidade.

Contagem de Corpos

Assassino: Jason Voorhees
1 (11) : Harold – cortador de carne no peito
2 (12) : Edna – agulhada na parte de trás da cabeça
3 (13) : Fox – espetada com um garfo de feno
4 (14) : Loco – garfo de feno no estômago
5 (15) : Shelly – garganta rasgada (offscreen)
6 (16) : Vera – arpão no olho
7 (17) : Andy – facada no meio das pernas, enquanto andava de ponta cabeça
8 (18) : Debbie (grávida) – facada que atravessa o peito por trás
9 (19) : Chuck – eletrocutado na caixa de fusível
10 (20) : Chili – empalado por garfo de lareira…
11 (21) : Rick – cabeça esmagada até o olho saltar…
12 (22) : Ali – esfaqueado várias vezes, depois reaparece e leva facada..

Leia também:

15 Comentários

  1. Sandro Voorhees

    Eu acho este o filme mais emblemático de toda a série… fora q tbm acho o melhor visual do Jason… mais “humano” e ameaçador….pra mim é o visual clássico, o DEFINITIVO…

  2. DOUGLAS NONATO LIMA

    BOA TARDE COLEGAS….,ESSE AÍ É SEM DÚVIDA UM DOS MELHORES.,AO LADO DO 1,2,4 E 6,TODOS SÃO BONS…,COM EXCEÇÃO DO JASON X,MAS OS 4 PRIMEIROS SÃO OS MELHORES E DEPOIS O 6 QUE NADA AMAIS É A CONTINUAÇÃO DIRETA DO 4,E SEM FALAR O 9 QUE AQUELE COMEÇO DA EMBOSCADA DO FBI É SENSACIONAL!
    EU TENHO A FRANQUIA,MAS COM AUDIO EM INGLÊS,KKKKKKKK
    CRESCI VENDO ESSE FILME,ATÉ HOJE MINHA MÃE DIZ QUE FOI VER OS 4 PRIMEIROS NO CINEMA,DA MAIOR INVEJA,KKKKK,EU VI O PRIMEIRO NO CINEMARK CLÁSSICOS,FOI SENSACIONAL!

  3. Acho que é o meu capítulo preferido, junto com o Capítulo Final e o subestimado parte 5. Como já foi dito por um colega, a perseguição final é talvez a melhor de toda a franquia.

  4. Saí correndo do cinema, a hahahaha !!! Tinha 13 anos,eram filmes assustadores na época e se bobear até hoje !

  5. Eu achei esse um dos piores filmes da série, pelo menos em termos de história.
    Mas, se você quiser ver só pra se distrair, até vale a pena.

  6. pj

    Gostei muito desse filme. A perseguição final é das melhores.

    • “A perseguição final é das melhores.”, assino em baixo.

  7. Henrique

    Eu sempre gostei da parte 3, nunca entendi porque os fãs e os críticos tem uma certa birra com este capítulo. As mortes são legais, tem clima… tem os exageros dos anos 80, mas isso faz parte do charme do filme. Fez parte da minha infância, mas eu só curto mesmo os três primeiros da série e a parte 6.

  8. Cristiano

    Eu sempre gostei deste filme, pois, eu tenho a coleção toda, este filme faz parte da minha infância, eu era uma criança quando assisti Sexta-feira 13 parte 3.

  9. Willian Bitencourt

    Um dos melhores sem dúvidas.

  10. vanessa vasconcelos

    muito bom esse filme.

  11. luiz paulo

    antigamente eu não gostava dessa parte, hj em dia acho ela muito boa,principalmente pelo clima no final,enquanto as partes 1,2 e 4 choviam,nesse é apenas um forte vendaval que dá todo um clima a mais para o filme!!

  12. mas eu tenho saudade quando a tv aberta fazia uma otima chamada pra exibir sexta feira 13 a hora do pesadelo. mas o jason sempre me deu mas medo gosto mas deledo que do freddy. hoje em dia a tv aberta e um lixo.

    • Gabriel

      Concordo. Hoje não se passam tantos filmes de horror na TV aberta…

  13. classico abisoluto na minha humilte opiniao sexta feira 13 so presta ate a parte 3. a outras continuaçao nao gosto deveria ter acabado na parte 3 mas eu entendo produtores nao podiam perde dinheiro. nao sou dessa epoca dos dos filmes do jason doas anos 80. mas eu gosto muito do icone jason as outras continuaçoes eu encaro como um bom passatempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *