Críticas

Atividade Paranormal: Marcados pelo Mal (2014)

Apesar da repetição na fórmula, é possível se envolver com a constante atmosfera sinistra que envolve as histórias e aproveitar os sustos!

Atividade Paranormal (2014) (3)

Atividade Paranormal: Marcados pelo Mal
Original:Paranormal Activity: The Marked Ones
Ano:2014•País:EUA
Direção:Christopher Landon
Roteiro:Christopher Landon
Produção:Jason Blum, Oren Peli
Elenco:Andrew Jacobs, Jorge Diaz, Gabrielle Walsh, Renee Victor, Noemi Gonzalez, David Saucedo, Gloria Sandoval, Richard Cabral, Carlos Pratts, Molly Ephraim

A bem sucedida franquia Atividade Paranormal, iniciada em 2007 e criada por Oren Peli, tem até o momento quatro episódios e dois spinoffs (filmes baseados na série), além do anúncio de uma quinta continuação até o final do ano. Marcados Pelo Mal é um spinoff dirigido e escrito por Christopher Landon, que entrou em cartaz nos cinemas brasileiros em 10 de janeiro de 2014.

Na história, filmada com câmera na mão (característica da série), temos o adolescente Jesse (Andrew Jacobs) registrando suas aventuras em vídeo durante as férias escolares, juntamente com o amigo Hector (Jorge Diaz). Porém, depois que uma vizinha estranha é assassinada por seu colega de escola Oscar (Carlos Pratts), uma sucessão de eventos misteriosos começa a ocorrer, mudando drasticamente o comportamento de Jesse, que parece marcado pelo mal, tornando-se vítima de crescente possessão demoníaca.

Atividade Paranormal (2014) (2)

Atividade Paranormal é uma série que tem seus apreciadores (como eu, que assistiu a todos os filmes no cinema), e também os detratores. Os filmes são todos meio parecidos entre si e para a garantia da diversão uma dica é tentar se envolver com a constante atmosfera sinistra que envolve as histórias, mesmo com uma sensação de repetição. Esse spinoff tem alguns elementos de humor com a dupla de protagonistas, e um ou outro bom susto, e reserva para a última meia hora a melhor parte em termos de suspense e horror, apesar de alguns exageros com tiroteios barulhentos e fora do contexto. Atenção para a cena final, que apresenta uma importante conexão com o primeiro filme da saga.

Leia também:

5 Comentários

  1. Eu não tinha de deixar de falar dessa ” bosta ” de filme , pior que eu ainda paguei pra ver no cinema , eu já assisti muita porcaria mais esse ” lixo ” acho que superou todos , perca de dinheiro e de tempo , com esse tempo perdido poderia ter assistido qualquer outro filme da minha coleção de 400 filmes que eu ganharia mais !!!!!

  2. João Pedro

    Achei péssimo!!!Sustos previsíveis, cenas ridículas, o demônio se comunicando por um “Genius”, sério???

  3. Bruno Pessoa

    Nossa veii!!1 3,5??? foi muito bonzinho, esse filme é um merda completa. Aleguém tem que falar para o produtor que ninguém tá se assustando com essa franquia.

    • vanessa vasconcelos

      realmente,e o nome dessa porra deveria ser marcados pelo tédio.

  4. Hulkmarciano

    Não tem jeito, toda vez que lançam mais um filme dessa série eu vou assistir. Mesmo sabendo que a formula é sempre a mesma, ou seja, alguns momentos tensos de suspense e um final que parece revelar uma estória linear que passa em paralelo em todos os filmes da série.

    Para mim já virou um misto sinistro de masoquismo, ao assistir a repetição dessa fórmula encontrada em toda a série, com a esperaça que um dia esses pequenos fragmentos de uma estória linear que aparecem sempre nos finais dos filmes seja finalmente finalizada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *