The Poughkeepsie Tapes (2007)

The Poughkeepsie Tapes (2007) (2)

The Poughkeepsie Tapes
Original:The Poughkeepsie Tapes
Ano:2007•País:EUA
Direção:John Erick Dowdle
Roteiro:John Erick Dowdle, Drew Dowdle
Produção:Drew Dowdle
Elenco:Stacy Chbosky, Ben Messmer, Samantha Robson, Ivar Brogger, Lou George, Amy Lyndon, Michael Lawson, Ron Harper

Caro infernauta, vamos combinar o seguinte: antes de ler esta crítica, caso você nunca tenha ouvido falar desse filme, assista-o antes, e depois volte aqui e me conte sua reação ao assisti-lo. Se já o viu, siga em frente.

The Poughkeepsie Tapes é um filme independente, de 2007, que abriu portas para o diretor John Erick Dowdle comandar Quarentena (2008) e Demônio (2010). Narrado de forma documental, os produtores usaram a tática que vimos em A Bruxa de Blair e conseguiram até enganar parte do público nos festivais onde foi exibido, gerando um burburinho sobre a veracidade dos fatos narrados.

The Poughkeepsie Tapes (2007) (1)

Conta a história de um Serial Killer que gravava o que fazia com suas vítimas em fitas VHS – estas que foram encontradas (found footage) em uma casa abandonada. A forma como é concebido lembra alguns documentários exibidos pelo canal ID, com depoimentos de autoridades, parentes e até de uma das vítimas do psicopata, conhecido como “O Carniceiro do Rio”, devido a crueldade de seus crimes. O filme impressiona pela sua verossimilhança: durante o tal documentário são exibidos trechos das fitas encontradas, mostrando como o psicopata encontrava suas vítimas e o que fazia com elas. A má qualidade das imagens contribui para esse tom realístico que o filme proporciona.

Fiquei curioso para saber se o diretor se inspirou em algum caso real e resolvi pesquisar. Na verdade existiu um serial killer na região: Kendall François cometeu 8 assassinatos na década de 90 em Poughkeepsie e está condenado à prisão perpétua. Talvez essa seja a influência do diretor, embora os casos sejam diferentes.

The Poughkeepsie Tapes (2007) (3)

Existem alguns tropeços no filme em relação à verdade dos fatos, pois há a inserção de trilha sonora em alguns momentos onde o conteúdo das fitas é exibido, além de algumas atuações não serem convincentes. Talvez se espere que o conteúdo das fitas seja mais pesado, porém o diretor prefere poupar o espectador, para que ele acredite que seja um documentário, e se choque pelo que é sugerido, com depoimentos bem indigestos. Há até algumas cenas incômodas, como a da garota que passou oito anos presa, aguentando as torturas as quais foi submetida.

The Poughkeepsie Tapes (2007) (4)

Apesar de o gênero Found Footage já estar batido, aqui temos um bom exemplar, que aborda também o universo do Snuff Movie, prendendo a atenção do início ao fim. Nem o final pouco inspirado tira aquela sensação de medo gerada pela maldade humana aqui retratada.

(Visited 2.548 times, 19 visits today)
Ivo Costa

Ivo Costa

Estudante de Cinema, fez parte do Juri Popular do Cinefantasy em 2011. Além de crítico do Boca do Inferno, atua como diretor e roteirista de curtas-metragens.

23 comentários em “The Poughkeepsie Tapes (2007)

  • 19/11/2017 em 03:07
    Permalink

    Particularmente, achei esse filme muito entediante! Não vi nada demais! Em alguns momentos achei as interpretações sofríveis. Já vi Found Footage menos badalado e muito melhor.

    Resposta
  • 09/11/2017 em 15:19
    Permalink

    Fiquei curioso com este filme (não li a crítica, como sugerido no começo, mas fiquei sabendo deste filme esses dias e achei intrigante). Vou ver.

    Resposta
  • 14/01/2017 em 21:59
    Permalink

    Assisti esse filme na madrugada de hoje. Achei um filme muito bom. Passou logo depois de Cabo do Medo. Eu não queria a assirtir, mas não conseguia tirar os olhos da tela. Realmente achei que era uma historia real, o que mês fez pesquisar. São raros os filmes que eu pesquiso, mas este me surpreendeu. Este filme entra para o minha lista dos Nota 10.

    Resposta
  • 07/09/2016 em 00:28
    Permalink

    Fantástico! Achei o filme muito foda! Realmente a cena das duas máscaras e da moça que pega carona são o ápice. Ressalto também o rapto da criança no jardim…é de dar um treco no espectador de tão cruel. Filmaço. Recomendo.

    Resposta
    • 29/09/2016 em 14:05
      Permalink

      Oi, como você conseguiu assistir esse filme? procurei em tudo e não achei

      Resposta
        • 20/12/2016 em 23:50
          Permalink

          Nossa no canal FX? nunca vi ”grandes” títulos nesse canal, achei que só passava ”arroz com feijão” que tudo mundo conhece.

          Resposta
  • 22/08/2016 em 00:55
    Permalink

    O que eu acho inacreditável é como o perturbador AS FITAS DE POUGHKEEPSIE passou quase despercebido pelos fãs do gênero. Esse filme é uma das coisas mais bizarras que eu já vi. Um verdadeiro clássico do terror.

    Resposta
  • 21/08/2016 em 13:33
    Permalink

    O filme te prende sim, e depois de assistir da aquela vontade de procurar na Internet se foi baseado em fatos reais. O único problema, é que algumas atuações são terríveis, mas terríveis mesmo, fica parecendo até filme do canal sy-fy…

    Resposta
    • 10/01/2017 em 04:30
      Permalink

      Kkkkkkk acabei de ver o filme é to olhando na net?

      Resposta
  • 27/05/2016 em 18:03
    Permalink

    Curiosidade: a cena de máscara de duas cabeças inspirou a criação de um dos inimigos mais assustadores da franquia Silent Hill: O Twin Victim.

    Resposta
  • 27/05/2016 em 13:03
    Permalink

    O FILME É BOM MAS A HISTÓRIA VERDADEIRA DO ASSASSINO DE POUGHKEEPSIE É AINDA MAIS NOJENTA E ASSUSTADORA. O NOME REAL DO ASSASSINO É KENDALL FRANÇOIS E SÓ FOI PEGO PORQUE DEIXOU UMA DAS VÍTIMAS ESCAPAR. PROCUREM POIS TEM UM DOCUMENTÁRIO ONDE POLICIAIS AFIRMAM QUE TIVERAM QUE SAIR DA CASA VÁRIAS VEZES PARA VOMITAR E TINHAM QUE VOLTAR…

    Resposta
  • Pingback:Videoteca » The Poughkeepsie Tapes – 2007

  • 19/11/2014 em 21:45
    Permalink

    alguem poderia me mandar algum link para assistir o filme ? não achei em lugar algum… grato

    Resposta
  • 25/10/2014 em 16:26
    Permalink

    Assisti o filme e ele é simplesmente fantástico, digo, o filme é realmente foda, fiquei agoniado vendo esse filme do começo ao fim, a forma sínica e dissimulada que o assassino atrai suas vitimas, seu modo de tortura e ate mesmo o “depoimento” dos envolvidos na investigação tornam o filme inimaginavelmente cruel…. Recomendo o filme

    Resposta
  • 15/10/2014 em 19:05
    Permalink

    Esse filme é horrível!!! E digo que é horrível não por ele ser um filme ruim mas por ele ser muito cruel… Eu, particularmente, me surpreendo fácil e fiquei durante dois dias com as imagens desse filme na minha mente. Só não fiquei mais porque li na internet que esse filme não foi algo real. É um ótimo filme e te deixa suspeitando de todas as pessoas a sua volta. ÓTIMO FILME, RECOMENDO.

    Resposta
  • 12/06/2014 em 14:06
    Permalink

    A cena em que o assassino rasteja com a máscara de duas cabeças foi brilhante! Junto com a reação da moça que pega carona com ele. Essas duas cenas fizeram do filme como um todo muito mais interessante na minha opinião.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien