Críticas

The Poughkeepsie Tapes (2007)

A má qualidade das imagens é um fator essencial para o tom realístico que o filme proporciona!

The Poughkeepsie Tapes (2007) (2)

The Poughkeepsie Tapes
Original:The Poughkeepsie Tapes
Ano:2007•País:EUA
Direção:John Erick Dowdle
Roteiro:John Erick Dowdle, Drew Dowdle
Produção:Drew Dowdle
Elenco:Stacy Chbosky, Ben Messmer, Samantha Robson, Ivar Brogger, Lou George, Amy Lyndon, Michael Lawson, Ron Harper

Caro infernauta, vamos combinar o seguinte: antes de ler esta crítica, caso você nunca tenha ouvido falar desse filme, assista-o antes, e depois volte aqui e me conte sua reação ao assisti-lo. Se já o viu, siga em frente.

The Poughkeepsie Tapes é um filme independente, de 2007, que abriu portas para o diretor John Erick Dowdle comandar Quarentena (2008) e Demônio (2010). Narrado de forma documental, os produtores usaram a tática que vimos em A Bruxa de Blair e conseguiram até enganar parte do público nos festivais onde foi exibido, gerando um burburinho sobre a veracidade dos fatos narrados.

The Poughkeepsie Tapes (2007) (1)

Conta a história de um Serial Killer que gravava o que fazia com suas vítimas em fitas VHS – estas que foram encontradas (found footage) em uma casa abandonada. A forma como é concebido lembra alguns documentários exibidos pelo canal ID, com depoimentos de autoridades, parentes e até de uma das vítimas do psicopata, conhecido como “O Carniceiro do Rio”, devido a crueldade de seus crimes. O filme impressiona pela sua verossimilhança: durante o tal documentário são exibidos trechos das fitas encontradas, mostrando como o psicopata encontrava suas vítimas e o que fazia com elas. A má qualidade das imagens contribui para esse tom realístico que o filme proporciona.

Fiquei curioso para saber se o diretor se inspirou em algum caso real e resolvi pesquisar. Na verdade existiu um serial killer na região: Kendall François cometeu 8 assassinatos na década de 90 em Poughkeepsie e está condenado à prisão perpétua. Talvez essa seja a influência do diretor, embora os casos sejam diferentes.

The Poughkeepsie Tapes (2007) (3)

Existem alguns tropeços no filme em relação à verdade dos fatos, pois há a inserção de trilha sonora em alguns momentos onde o conteúdo das fitas é exibido, além de algumas atuações não serem convincentes. Talvez se espere que o conteúdo das fitas seja mais pesado, porém o diretor prefere poupar o espectador, para que ele acredite que seja um documentário, e se choque pelo que é sugerido, com depoimentos bem indigestos. Há até algumas cenas incômodas, como a da garota que passou oito anos presa, aguentando as torturas as quais foi submetida.

The Poughkeepsie Tapes (2007) (4)

Apesar de o gênero Found Footage já estar batido, aqui temos um bom exemplar, que aborda também o universo do Snuff Movie, prendendo a atenção do início ao fim. Nem o final pouco inspirado tira aquela sensação de medo gerada pela maldade humana aqui retratada.

Leia também:

19 Comentários

  1. Leonardo

    Assisti esse filme na madrugada de hoje. Achei um filme muito bom. Passou logo depois de Cabo do Medo. Eu não queria a assirtir, mas não conseguia tirar os olhos da tela. Realmente achei que era uma historia real, o que mês fez pesquisar. São raros os filmes que eu pesquiso, mas este me surpreendeu. Este filme entra para o minha lista dos Nota 10.

  2. Tulio Beat

    Fantástico! Achei o filme muito foda! Realmente a cena das duas máscaras e da moça que pega carona são o ápice. Ressalto também o rapto da criança no jardim…é de dar um treco no espectador de tão cruel. Filmaço. Recomendo.

    • Agnes

      Oi, como você conseguiu assistir esse filme? procurei em tudo e não achei

      • Simone

        No aplicativo da Fox está disponível

      • Passa no canal FX, constantemente.

        Abs

        • Vitor Marcelo

          eu assisti no FX também!!

        • fall

          Nossa no canal FX? nunca vi ”grandes” títulos nesse canal, achei que só passava ”arroz com feijão” que tudo mundo conhece.

  3. Ricardo

    O que eu acho inacreditável é como o perturbador AS FITAS DE POUGHKEEPSIE passou quase despercebido pelos fãs do gênero. Esse filme é uma das coisas mais bizarras que eu já vi. Um verdadeiro clássico do terror.

  4. Alessandra Bastos

    O filme te prende sim, e depois de assistir da aquela vontade de procurar na Internet se foi baseado em fatos reais. O único problema, é que algumas atuações são terríveis, mas terríveis mesmo, fica parecendo até filme do canal sy-fy…

    • Daniel gomes

      Kkkkkkk acabei de ver o filme é to olhando na net?

  5. Tiago Ricardo Charão

    Curiosidade: a cena de máscara de duas cabeças inspirou a criação de um dos inimigos mais assustadores da franquia Silent Hill: O Twin Victim.

  6. CARLOS VASCONCELLOS

    O FILME É BOM MAS A HISTÓRIA VERDADEIRA DO ASSASSINO DE POUGHKEEPSIE É AINDA MAIS NOJENTA E ASSUSTADORA. O NOME REAL DO ASSASSINO É KENDALL FRANÇOIS E SÓ FOI PEGO PORQUE DEIXOU UMA DAS VÍTIMAS ESCAPAR. PROCUREM POIS TEM UM DOCUMENTÁRIO ONDE POLICIAIS AFIRMAM QUE TIVERAM QUE SAIR DA CASA VÁRIAS VEZES PARA VOMITAR E TINHAM QUE VOLTAR…

  7. Nicolas

    alguem poderia me mandar algum link para assistir o filme ? não achei em lugar algum… grato

  8. Henrique

    Assisti o filme e ele é simplesmente fantástico, digo, o filme é realmente foda, fiquei agoniado vendo esse filme do começo ao fim, a forma sínica e dissimulada que o assassino atrai suas vitimas, seu modo de tortura e ate mesmo o “depoimento” dos envolvidos na investigação tornam o filme inimaginavelmente cruel…. Recomendo o filme

  9. Elizabeth Carvalho

    Esse filme é horrível!!! E digo que é horrível não por ele ser um filme ruim mas por ele ser muito cruel… Eu, particularmente, me surpreendo fácil e fiquei durante dois dias com as imagens desse filme na minha mente. Só não fiquei mais porque li na internet que esse filme não foi algo real. É um ótimo filme e te deixa suspeitando de todas as pessoas a sua volta. ÓTIMO FILME, RECOMENDO.

  10. vanessa vascocelos

    me interessei.

  11. Eu gosto desse filme e também faz parte da minha coleção !

  12. Amanda

    A cena em que o assassino rasteja com a máscara de duas cabeças foi brilhante! Junto com a reação da moça que pega carona com ele. Essas duas cenas fizeram do filme como um todo muito mais interessante na minha opinião.

Trackbacks / Pings

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *