Críticas

Acredite em Lobisomens (2008)

Saiba que Acredite em Lobisomens é uma versão atual de A Hora do Espanto. E o clássico vale muito mais a pena, sem sombra de dúvidas!

Acredite em Lobisomens (2008)

Acredite em Lobisomens
Original:Never Cry Werewolf
Ano:2008•País:Canadá
Direção:Brenton Spencer
Roteiro:John Sheppard
Produção:Aaron Barnett
Elenco:Nina Dobrev, Kevin Sorbo, Peter Stebbings, Spencer Van Wyck, Melanie Leishman, Kim Bourne, Sean O'Neill, Nahanni Johnstone, Von Flores, Rothaford Gray, Billy Otis, Rebekah Boisvert

Todos os fãs do horror e até mesmo aqueles que não são, mas já assistiram à Sessão da Tarde uma vez na vida, conhecem o incrível A Hora do Espanto (1985), certo?

Pois bem, agora imagine uma versão de A Hora do Espanto em 2008, com lobisomem protagonista, efeitos parecidos com do original (isso em plenos anos 2000) e adolescentes com níveis de atuação questionáveis, tudo correspondendo à previsão de lançamento nos cinemas do sucesso teen absoluto Crepúsculo (2008), ou seja, temáticas e produções do estilo em alta. Imaginou? Horrível né? Pois bem, é isso que Acredite em Lobisomens nos traz.

A produção canadense do Syfy Channel de baixíssimo orçamento traz como protagonista Nina Dobrev, famosa hoje em dia e com uma legião de fãs babões por sua participação na série The Vampire Diaries. Além disso, uma participação de Kevin Sorbo, o Hércules dos anos 1980, que, pelo visto, nunca saíra do cinema lado b novamente.

Acredite em Lobisomens (2008) (2)

A sinopse já é conhecida de todos nós, pois sim, ela é a MESMA de A Hora de Espanto, com pouquíssimas peculiaridades. Loren (Nina Dobrev) nota atitudes estranhas vindas de seu novo vizinho Jared (Peter Stebbings). A partir disso, com um mix de interesse e repulsa, a garota começa a investigá-lo, e logo percebe que se trata de um lobisomem. E o pior, que ele possui uma espécie de obsessão por ela. Desesperada, tenta avisar família, amigos e a própria polícia, mas ninguém acredita nela (óbvio!), até que um ‘caçador’, Redd Tucker (Kevin Sorbo), apresentador de um programa de TV fracassado (percebam as nuances com a vida de Sorbo) acaba ajudando a garota, juntamente com um colega de escola, que só entra na jogada por ela ser gostosa.

O longa todo possui diversas atitudes jargões dos filmes de terror, além de músicas mal colocadas. Sabe quando você acha que tem o celular de alguém tocando, mas ai percebe que a música está no filme? Então, essa sensação!

Acredite em Lobisomens (2008) (3)

Entretanto, é incrível a agilidade de Loren, percebendo muito rápido a verdade sobre Jared. E o diretor opta por expor isso ao público de maneira bem comum: uma conversa entre a protagonista e sua amiga, onde ela explica detalhadamente todas as características de um lobisomem e o porquê de acreditar que seu vizinho se enquadra nesses padrões. Além disso, sua percepção sobre Jared é inabalável, em nenhum momento fica em dúvida sobre sua ‘conduta’ negativa.

Mas, Jared, dá motivos à clareza de percepção da mocinha, pois porta-se a todo momento como o vilão/machão/mauzão. E, também, cria um laço a La Drácula com Loren, mas sem o romantismo e jogos de conquista do clássico.

O baixo orçamento justifica a falta de investimento em efeitos especiais e excluindo a cena de uma espécie de cachorro demoníaco (bem parecido com de A Hora do Espanto) onde são usados efeitos horríveis (um cachorro demoníaco real seria mais bonitinho que aquilo), a produção opta pelo uso de maquiagem, uma boa jogada.

Acredite em Lobisomens (2008) (4)

No fim das contas, quem se deu bem com a produção foi Nina Dobrev, que a partir desta atuação e diversas outras em filmes b, conseguiu a seleção para The Vampire Diaries, engordando sua conta bancária.

Resumindo a história, se você não tiver nada para fazer, e quiser ver um filme (que inclusive esta disponível até no Youtube) para dar uma distraída, vai fundo. Mas, saiba que Acredite em Lobisomens é sim uma versão atual de A Hora do Espanto. E o clássico vale muito mais a pena, sem a menor sombra de dúvidas!

Leia também:

Luana Caroline Damião

Luana Caroline Damião

Graduada em museologia, fã de faroestes e Christopher Lee, deseja que o mundo acabe com um apocalipse zumbi, onde, certamente, será um dos mortos-vivos. Contato: [email protected]

5 Comentários

  1. Hierofante1970

    Assisti e o no fim para mim foi melhor que o próprio remake da Hora do Espanto, kkkkkk.

  2. Paulo Vitor

    Vale pela gata da Nina Dobrev.

  3. arsubanipal

    Qualquer coisa que tenha o Kevin Sorbo é abaixo da crítica.

  4. Guilherme

    Esse filme parece bem ruim, duvido que a Nina o faria hoje em dia.

  5. Cristina

    Vale pelo vizinho gato e Sorbo ridiculamente hilário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *