As Torturas do Dr. Diabolo (1967)

As Torturas do Dr Diabolo (1967)

As Torturas do Dr.Diabolo
Original:Torture Garden
Ano:1967•País:UK
Direção:Freddie Francis
Roteiro:Robert Bloch
Produção:Max Rosenberg, Milton Subotsky
Elenco:Jack Palance, Burgess Meredith, Beverly Adams, Peter Cushing, John Standing, Bernard Kay, Barbara Ewing, Michael Bryant

Produção inglesa do também cultuado estúdio Amicus, de Max Rosenberg e Milton Subotsky, rival da Hammer, com direção de Freddie Francis, de diversos filmes de horror dos nos 60 e 70 como O Monstro de Frankenstein (1964), A Maldição da Caveira (1965) e A Essência da Maldade (1973). Trata-se de uma antologia de contos de horror com roteiro de Robert Bloch, autor do clássico Psicose, e no elenco temos nomes consagrados como Jack Palance, Peter Cushing e Burgess Meredith. Com esses créditos indicando a qualidade dos realizadores, já dá para imaginar a diversão garantida.

Em As Torturas do Dr. Diabolo, um título nacional sonoro, uma atração de circo com foco no horror é apresentada pelo Dr. Diabolo (Meredith), que convida os espectadores a conhecer situações trágicas em seus destinos futuros, ao olharem fixamente para a imagem da deusa dos destinos Átropos (da mitologia grega). São apresentadas então quatro histórias de horror. A primeira chama-se Enoch e mostra um homem ganancioso, Colin Williams (Michael Bryant), visitando o tio doente interessado na herança de sua misteriosa riqueza, e não imagina o terrível segredo que envolve sua casa, habitada anteriormente por uma bruxa.

As Torturas do Dr Diabolo (1967) (2)

Em seguida temos Terror Over Hollywood, onde uma atriz ambiciosa, Carla Hayes (Beverly Adams), não mede esforços para conseguir um papel de destaque no cinema, envolvendo-se com um produtor, Eddie Storm (John Phillips), e um veterano e famoso ator, Bruce Benton (Robert Hutton), que também escondem um misterioso segredo sobre suas longevidades.

O terceiro episódio, Mr. Steinway, apresenta um famoso pianista, Leo Winston (John Standing), que se apaixona pela bela Dorothy Endicott (Barbara Ewing), mas não consegue manter o romance por causa de um piano amaldiçoado. A última história, The Man Who Collected Poe, tem Jack Palance no papel de Ronald Wyatt, um obcecado colecionador de livros e objetos do cultuado escritor americano de horror Edgar Allan Poe. Ele visita outro colecionador, Lancelot Canning (Peter Cushing), que entre livros e manuscritos raríssimos, também esconde um terrível segredo sobre o próprio escritor Poe.

As Torturas do Dr Diabolo (1967) (3)

Todos os episódios são muito bons, carregados de elementos de horror e até FC (no segundo episódio), e que ficam guardados por muito tempo em nossas memórias. Como o sinistro gato preto Balthazar, da primeira história, ou o piano assassino tocando a marcha fúnebre, do terceiro conto, ou ainda a dupla Palance e Cushing obcecada pela literatura sombria de Edgar Allan Poe, com graves consequências.

As Torturas do Dr Diabolo (1967) (4)

Curiosamente, As Torturas do Dr. Diabolo é o sucessor direto de outro filme de antologia de contos também produzido pela Amicus e dirigido por Freddie Francis, As Profecias do Dr. Terror (Dr. Terror´s House of Horrors, 1965), com Christopher Lee e Peter Cushing.

(Visited 43 times, 1 visits today)
Juvenatrix

Juvenatrix

Uma criatura da noite tão antiga quanto seu próprio poder sombrio. As palavras são suas servas e sua paixão pelo Horror é a sua motivação nesse Inferno Digital.

Um comentário em “As Torturas do Dr. Diabolo (1967)

  • 14/07/2015 em 19:28
    Permalink

    Que delícia relembrar esse filme, o difícil é encontrá-lo para rever, quem souber onde (legendado, por favor), me avise…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien