Críticas

Do Sussurro ao Grito (1987)

É um filme fraco e confuso, um roteiro mal desenvolvido, mas tem um aspecto positivo: cada segmento se conclui de maneira brutal e trágica!

Do Sussurro ao Grito (1987)

Do Sussurro ao Grito
Original:The Offspring
Ano:1987•País:EUA
Direção:Jeff Burr
Roteiro:C. Courtney Joyner, Mike Malone, Darin Scott, Jeff Burr
Produção:William Burr, Darin Scott
Elenco:Vincent Price, Clu Gulager, Terry Kiser, Harry Caesar, Rosalind Cash, Cameron Mitchell, Susan Tyrrell, Martine Beswick, Miriam Byrd-Nethery, Terence Knox

Eis um filme que merece uma conferida por um único e absoluto motivo: a presença de Vincent Price no elenco. É verdade que ele faz uma ponta, aparecendo relativamente pouco e servindo apenas como um daqueles elos de ligação entre uma história e outra, já que esse filme é um daqueles divididos em episódios. No mais, é uma tranqueira total. São quatro histórias de horror fraquíssimas e confusas que se arrastam pateticamente até culminar num final assustadoramente previsível, com um elenco desconhecido e completamente inexpressivo.

Julian White (Price) é um famoso historiador de uma cidadezinha do interior chamada Oldfield, notória pela sua má fama através das gerações, rica em episódios trágicos e sangrentos desde a sua fundação, há muito tempo. Uma nova tragédia está para acontecer quando a repórter Beth Chandler (Susan Tyrrell) visita White na busca de maiores informações a respeito do porquê dessa má fama, já que a própria sobrinha do historiador (interpretada por Martine Beswick), depois de uma vida inteira de dissimulações, revela-se na verdade uma assassina cruel e sanguinária e acaba sendo condenada a morte por injeção letal. White, longe de discordar dessa teoria, reforça-a ainda mais contando quatro histórias macabras envolvendo a cidadezinha. “Sua história“, diz ele, “é escrita com sangue em páginas de pele humana“.

Do Sussurro ao Grito (1987) (1)

A primeira diz respeito a sujeito esquisito e meio nerd, que trabalha numa empresa de transportes e divide um casarão com sua irmã neurótica, com mania de doenças. Ele acaba se apaixonando por uma de suas colegas de trabalho mas não é correspondido e a estrangula até a morte. Em seguida, num acesso de fúria, e começando a pegar gosto pela coisa, esfaqueia sua própria irmã durante o banho. A partir daí, ele começa a ser atormentado por sonhos e visões estranhas, até chegar ao momento em que é atacado por um monstrengo esquisito que aparece sem mais nem menos e encerra o episódio. Nem suspense, nem boas sequências, nem integridade, nem nada.

A segunda história é melhorzinha, sobre um bandido que é baleado por outros bandidos e se refugia na mata, até morrer e ser resgatado por um velho feiticeiro negro que domina estranhos poderes de ressuscitar os mortos e prolongar a vida. Depois de ser ressuscitado e descobrir que o velho é cheio de segredos, o bandido ameaça matá-lo se ele não lhe revelar o segredo da longevidade. Não obtendo resultado, atira o pobre coitado ao fundo do rio. O feiticeiro retorna para se vingar e, antes de mutilar completamente o bandido indefeso, segreda-lhe que já utilizou seus poderes mágicos para ressuscitá-lo. Agora é tarde para desculpas, e tudo o que resta do bandido é uma carcaça ensanguentada que se consumirá em dores pelos próximos setenta anos, indefesa.

Do Sussurro ao Grito (1987) (2)

O terceiro conto trabalha em torno do velho clichê circense e suas atrações grotescas, vítimas de destinos invariavelmente impiedosos. É sobre um sujeito comedor de cacos de vidro e lâminas de barbear, que se apaixona por uma das frequentadoras do circo e é correspondido, só que impedido de consumar sua paixão por causa da possessiva e ciumenta dona do parque de diversões, uma espécie de feiticeira que é a responsável pelos poderes exóticos não só do comedor de vidros, mas também dos outros freaks. De qualquer forma, com ameaças ou não, o casal acaba fugindo e se escondendo da megera, mas ela os descobre e consuma sua cortante e sangrenta vingança, além de arrebanhar a moça e transformá-la numa nova freak para sua coleção.

Do Sussurro ao Grito (1987) (5)

O quarto e último episódio é sobre a antiga e sangrenta batalha que se travou na época da fundação da cidade de Oldfield, quando um pequeno grupo de soldados, ignorantes quanto ao fim da guerra, continua no campo matando os supostos inimigos. O pesadelo começa quando estes soldados caem nas mãos de um vilarejo isolado dominado por revoltadas crianças vítimas da guerra. As crianças odeiam os adultos e, por isso, antes de matá-los das mais cruéis e dolorosas formas (tais como linchamentos mutilatórios, extrações oculares e cremação ao fogo brando), irão tortura-los sem dó nem piedade.

Do Sussurro ao Grito (1987) (4)

Para encerrar, a repórter Beth Chandler, que a princípio parecia tão impressionada com as histórias contadas pelo senhor White, mostra porque está ali e dá continuidade ao legado mortífero da cidade e seus habitantes malvados, fechando a cadeia de eventos “horripilantes“.

Do Sussurro ao Grito (From a Whisper to a Scream, também conhecido como The Offspring) foi lançado em 1987, com direção de Jeff Burr, e, além dos nomes já citados, traz ainda no elenco Clu Gulager, Terry Kiser, Harry Caesar, Cameron Mitchell, Rosalind Cash, entre outros. É um filme fraco e confuso, um roteiro truncado e mal desenvolvido cheio de clichês, mas tem um aspecto positivo, embora mal trabalhado: todas as histórias concluem de maneira brutal e trágica, com os maus se dando bem e os bons se dando mal, sem qualquer vestígio de arrependimento ou boas intenções, e há até uma sangria bem rendosa ao longo dos episódios, para os hematófagos de plantão. Pode até não convencer, mas deixa claro que com essa tal de Oldfield não se brinca. É um dos muitos filmes de terror divididos em episódios do período, mas não chega nem aos pés daqueles produzidos nos anos de 1970 pela famosa produtora inglesa Amicus, tais como A Casa que Pingava Sangue (1971), Contos do Além (1972), Asilo Sinistro (1972), Vozes do Além (1974), entre vários outros. Nem mesmo o Price, sozinho, pôde fazer muita coisa. Ele, aliás, chegou a declarar em entrevistas que não gostava de filmes sangrentos desse tipo, vazios de conteúdo emocional e apelativos. Talvez seja por isso que topou em rodar somente aquelas cenas em que aparece na biblioteca contando as histórias de terror e tomando cálices de vinho. O filme foi lançado em vídeo VHS no Brasil pela Argo Vídeo. Somente para nós, fanáticos absolutos por Price.

Do Sussurro ao Grito (1987) (6)

Leia também:

1 Comentário

  1. Augusto

    Discordo da crítica. Pra mim esse filme entra fácil nos top 5 das melhores produções baseada em contos. Um dos meus preferidos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *