L.A. Zombie (2010)

LA Zombie (2010)

L.A. Zombie
Original:L.A. Zombie
Ano:2010•País:EUA, Alemanha
Direção:Bruce LaBruce
Roteiro:Bruce LaBruce
Produção:Jürgen Brüning, Robert Felt, Jörn Hartmann, Bruce La Bruce, Arno Rok, Damian Todaro, Matthias Von Fistenberg
Elenco:François Sagat, Rocco Giovanni, Wolf Hudson, Eddie Diaz, Andrew James, Matthew Rush, Santino Rice

Se você se acha fodão e que nenhum filme vai chocar você é porque ainda não assistiu L.A. Zombie. O filme foi escrito e dirigido por Bruce LaBruce e apresenta o ator pornográfico François Sagat como um sem-teto que pensa que é um alienígena zumbi enviado a terra. Ele perambula pelas ruas de Los Angeles procurando por cadáveres, tentando depois voltar à vida participando de relações homossexuais. O filme estreou no Locarno International Film Festival na Suíça em 2010.

Em 30 de janeiro de 2010, o filme teve uma prévia na Peres Project Exhibit em Berlin, Alemanha, como parte do show “L.A. Zombie: The Movie That Would Not Dei“. Uma coleção de retratos de Bruce LaBruce do filme também foram mostrados na exposição, principalmente fotos mostrando Sagat como um zumbi. O Locarno Film Festival apresentou L.A. Zombie como competidor durante sua realização em agosto daquele ano. Estava escalado para estrear no Melborn Film Festival na Austrália durante o mês de agosto de 2010. Entrementes, o filme foi barrado devido à sua classificação indicativa. Na lei australiana, filmes que têm sua classificação negada são proibidos de serem importados, vendidos, distribuídos ou serem exibidos em eventos públicos. Em contrapartida dessa proibição, o Melbourne Underground Film Festival, que ocorre no mesmo período do Melbourne International Film Festival, seguindo sua fama de exibir filmes controversos, realizou um sessão com L.A. Zombie em 29 de agosto. Embora a policia não tenha impedido a exibição do filme, ela mais tarde vasculhou a casa do diretor Richard Wolstencroft na manha de 11 de novembro de 2010. Wolstencroft admitiu que havia exibido o filme, mas que a cópia original tinha sido destruída.

L.A. Zombie estreou no Reino Unido no Raindance Film Festival em Londres no dia 1 de outubro de 2010 e de acordo com as estatísticas foi reportado que “pelo menos um terço da plateia saiu estupefata“.

Eu particularmente achei a experiência mais medonha da minha vida assistir um filme “estilo cult” com marombados se comendo, mas assim como Otto, or Up with Dead People, L. A. Zombie tem seus momentos de extrema violência gore, se bem que inferiores ao resultado adquirido em Otto onde os “zumbichas” resolvem seus problemas sexuais produzindo novos orifícios em suas vítimas. Mas fazer o quê, né? Gosto é gosto e gore é gore

(Visited 136 times, 1 visits today)
Iam Godoy

Iam Godoy

Editor-chefe do site Gore Boulevard e um dos membros fundadores do grupo Ravens House Brasil. Assina também as colunas Sangue Tôsko e Sangria.

3 comentários em “L.A. Zombie (2010)

  • 19/08/2016 em 02:12
    Permalink

    os caras vem problematizar em crítica de filme de terror!!!!!!!!!! meu deus, vão à merda!

    Resposta
  • 30/01/2015 em 13:27
    Permalink

    Zumbichas ? pra que usar esse termo preconceituoso? E foi a experiencia mais medonha da sua vida apenas por apresentar cenas de sexo homossexual? Na próxima crítica ao menos disfarce o preconceito, pois gays também curtem terror e acessam o site.

    Resposta
    • 22/04/2015 em 18:56
      Permalink

      Concordo com o Arthur. Eu já vi outras expressoes tanto machistas como preconceituosas, mas sempre em pequena escala. Agora esse termo foi realmente a gota. Acesso ao site desde o seu surgimento, e acredito que uma resenha com mais respeito possa vir a tona.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien