Plan 9 from Outer Space (1959)

Plan 9 (1959) (11)

Plan 9 From Outer Space
Original:Plan 9 From Outer Space
Ano:1959•País:EUA
Direção:Edward D. Wood Jr.
Roteiro:Edward D. Wood Jr.
Produção:Edward D. Wood Jr.
Elenco:Gregory Walcott, Tom Keene, Mona McKinnon, Duke Moore, Carl Anthony, Paul Marco, Tor Johnson, Dudley Manlove, Lyle Talbot, David De Mering, Lynn Lemon, Vampira, Bela Lugosi, Criswell

Nessa altura do campeonato, qualquer fã do horror clássico e dos “B movies” em geral conhece esta famosa pérola que foi agraciada com o título de pior filme de todos os tempos (muito injustamente, por sinal: na própria década de 1950 é fácil encontrar películas ainda mais mal feitas).

Segundo a lenda, este filme foi financiado pela igreja Batista numa jogada rápida e certeira do esperto Ed Wood, que não desanimava de jeito nenhum frente a fatores insignificantes como falta de dinheiro para produzir um bom filme.

Plan 9 (1959) (15)

A história não podia ser mais original: ladrões de túmulos intergalácticos (o título inicial sugerido por Wood e rejeitado pela tal igreja Batista) planejam conquistar a Terra utilizando seres humanos – só que mortos: aí é que entra a lendária e rápida participação de Bela Lugosi nesta película, que retorna como um Drácula à serviço de alienígenas hostis, ao lado de Vampira (Maila Nurmi), sua fiel amante de além-túmulo. E o que vemos são discos-voadores feitos de calotas de carro e pendurados por fios aterrando em pântanos, cemitérios, assustando pilotos de avião, ressuscitando mortos, fazendo manobras ousadas próximo à nave central que fica pairando tranquilamente no espaço em órbita da Terra e outras coisitas mais.

Isso sem falar nas originais aparições de Bela Lugosi, que rodou praticamente duas ou três cenas, sendo que uma dessas é repetida a exaustão durante o decorrer do filme. Algo no mínimo hilário.

Plan 9 (1959) (13)

No Ed Wood de Tim Burton, vemos todo o processo de produção tanto desse Plan Nine… quanto de Glen or Glenda? e Bride of the Monster, e a relação do diretor com seus principais amigos e colaboradores na época; e como estes se viravam no rodízio interminável a cada nova produção.

Plan Nine from Outer Space é um dos filmes mais divertidos da década de 50.

Leia também:

E R Corrêa

E R Corrêa

“No edifício do pensamento não encontrei nenhuma categoria na qual pousar a cabeça. Em contrapartida, que belo travesseiro é o Caos!” (Cioran)

Um comentário em “Plan 9 from Outer Space (1959)

  • 22/05/2016 em 09:30
    Permalink

    “Na própria década de 1950 é fácil encontrar películas ainda mais mal feitas…” Eu concordo em parte. Acrescento que até hoje em dia há filmes muito piores e com pseudodiretores e atores sem a menor “alma”. Ed Wood era, ao menos, bem intencionado.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien