Críticas

Eu Ainda Sei O Que Vocês Fizeram No Verão Passado (1998)

Apesar dos pesares o filme rendeu bem, mas é ruim e não precisaria de mais uma aventura do pescador para atazanar a nossa vida!

Eu Ainda Sei (1998) (5)

Eu Ainda Sei O Que Vocês Fizeram No Verão Passado
Original:I Still Know What You Did Last Summer
Ano:1998•País:EUA
Direção:Danny Cannon
Roteiro:Trey Callaway
Produção:William S. Beasley, Stokely Chaffin, Erik Feig, Neal H. Moritz
Elenco:Jennifer Love Hewitt, Freddie Prinze Jr., Brandy Norwood, Mekhi Phifer, Muse Watson, Bill Cobbs, Matthew Settle, Jeffrey Combs, Jennifer Esposito, John Hawkes, Benjamin Brown, Red West, Michael P. Byrne, Jack Black

O primeiro filme foi um sucesso e já no ano seguinte resolveram engatar a continuação. Mas com a “re-morte” de Ben Willis no primeiro filme isto seria um pouco difícil, entretanto a cartilha dos slashers diz que se você não viu o corpo é porque certamente o assassino está vivo.

Seja como for, Kevin Williamson não estava envolvido e isso, por mais estranho que pareça, era um mau sinal. O elenco sobrevivente do primeiro filme estava de volta: Jennifer Love Hewitt e Freddie Prinze Jr. reprisaram seus papéis, mas não com o mesmo impacto nem a mesma qualidade já que o longa abusa de concessões poéticas demais (ou preguiça de escrever algo coerente) e clichês, fazendo da película um fardo para o público.

Eu Ainda Sei (1998) (1)

Na história, Julie continua atormentada pelos acontecimentos anteriores. Ela estuda em um colégio longe da cidade pesqueira e por isso seu relacionamento com Ray não está lá grandes coisas (como se déssemos a mínima). Infeliz, a sorte de Julie vai mudar (ou não) quando ela e sua colega de quarto Karla (a cantora de Rhythm and blues Brandy Norwood) ganham quatro viagens para uma ilha nas Bahamas na promoção de uma rádio.

As circunstâncias suspeitas da vitória das garotas (a pergunta da promoção era qual a capital do Brasil e elas responderam Rio de Janeiro) causam pânico no espectador brasileiro antes das mortes começarem.

Eu Ainda Sei (1998) (2)

Bem, o fato é que elas seguem viagem para o luxuoso hotel junto com os acompanhantes Will (Matthew Settle) e Tyrell (Mekhi Phifer, 8 Mile e Madrugada dos Mortos), mas é época das tempestades e o hotel está desértico. Não tarda muito o pescador voltará a perseguir suas vítimas com seu gancho…

A despeito da direção bem feita de Danny Cannon (do infame Judge Dredd), não dá pra não pensar que o roteirista Trey Callaway estava com preguiça de escrever, afinal armar todo um plano escalafobético deste só para matar Julie não entra na minha cabeça, assim como as ideias do retorno do assassino e o envolvimento de Ray na história toda. Além disto, o esquemão mais-do-mesmo deste filme deixa um gosto amargo na boca de quem esperava um algo mais.

Eu Ainda Sei (1998) (3)

Jennifer Love Hewitt ainda encabeça o elenco e faz um excelente trabalho, mas as participações e os papéis de Jeffrey Combs e Jack Black são totalmente desperdiçados e os outros personagens são tão fracos como os atores de slashers costumam ser. Apesar dos pesares o filme rendeu bem, mas é ruim e não precisaria de mais uma aventura do pescador para atazanar a nossa vida.

Curiosidades:

– Outros títulos para esta sequencia foram levantados: I Know What You Did Last Summer 2, I Know What You Did Last Summer… The Story Continues, I Know What You Did Last Summer: The Sequel, I Know What You Did Two Summers Ago e I Still Know;

– Nos primeiros materiais promocionais, incluindo o trailer dos cinemas, Stephen Gaghan era creditados como co-roteirista. Nos créditos finais, apenas Trey Callaway é creditado;

Eu Ainda Sei (1998) (4)

ATENÇÃO SPOILERS: Os destinos de Nancy (Jennifer Esposito) e Karla, na cena em que elas pegam o kit de primeiro socorros, inicialmente eram revertidos com Karla morrendo e Nancy sobrevivendo;

– O orçamento foi estimado em 24 milhões de dólares e gerou um total de pouco mais de 84 milhões.

Leia também:

5 Comentários

  1. Thi MarQs

    O que deixa esse filme ruim?
    1: Personagens que não fazem sentido algum pro filme, apenas pra morrer
    2: O Primeiro era mais sério, esse aqui não é
    3: Ilha? Ilha? Tinha tudo pra ser feito em outro lugar…

    Não é a melhor continuação, mas, pelo menos pra mim, conta. Depois que vi o Terceiro, deixei de lado, e nem faço questão de rever, de tão ruim que é.
    Pra mim, essa TRILOGIA, foi descartada, e só as 2 sequências me agradam…

  2. Alexandre Prata

    Acompanho o Boca há mais de 8 anos, é o MELHOR site até hoje, sempre atualizado, excelentes críticas enfim é foda!!! Concordo que o primeiro era apenas regular e este legitimamente ruim de doer mas Gabriel ” Jennifer Love Hewitt ainda encabeça o elenco e faz um excelente trabalho” que ela encabeça é fato mas excelente trabalho onde??? A atuação de Jennifer no filme é medíocre, os coadjuvantes estão bem menos piores que ela, aliás sempre achei essa “atriz” apática, talento nulo e carisma zero. Abraço a tds.

  3. Murilo

    A capital do Brasil ser Rio de Janeiro me chocou mas nao surpreendeu tanto. a maioria dos estrangeiros pensam assim, não é?

  4. Murilo

    (…) e por isso seu relacionamento com Ray não está lá grandes coisas (como se déssemos a mínima).
    KKKKKKKKKKK eu amava esse casal, pára ):

    • Alexandre Prata

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKK Acho que tds nós já tivemos uma fase “Sem Noção”, né Murilo? Eu na época(1997) vi o primeiro no cinema e adorei muito e rei várias vezes, adorava a Sarah Michelle kkkkkkkkkkkkk Porquê Deus? Esse sempre achei péssimo, pára ):

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *