O Mistério da Ilha dos Monstros (1981)

O Mistério na Ilha dos Monstros (1981) (1)

O Mistério na Ilha dos Monstros
Original:Misterio en la isla de los monstruos
Ano:1981•País:Espanha, EUA
Direção:Juan Piquer Simón
Roteiro:Ron Gantman, Joaquín Grau, Juan Piquer Simón, Jules Verne
Produção:Juan Piquer Simón
Elenco:Terence Stamp, Peter Cushing, Ian Sera, David Hatton, Gasphar Ipua, Blanca Estrada, Ana Obregón, Frank Braña, Paul Naschy, Gérard Tichy, Manuel Pereiro

Num leilão milionário, riquíssimo aristocrata britânico arremata nada menos que uma ilha isolada (por uma bagatela de apenas cinco milhões de dólares) – sem saber que ela era repleta de ouro – e encarrega seu jovem sobrinho de explorá-la, já que este, sedento por aventuras, queria provar ao tio e à noiva que era um homem capaz. O jovem só não sabia, entretanto, que a ilha era repleta de perigos diversos e extraordinários, tais como monstros-de-algas-marinhas, dinossauros, plantas carnívoras, criaturas anfíbias, indígenas canibais, vulcões em atividade, etc., além de outros, mais imediatos, como um inescrupuloso vilão louco para resgatar todo o ouro da ilha.

Baseado em aventura infanto-juvenil de Jules Verne, Mistério na Ilha dos Monstros é, na mais ampla acepção da palavra, uma “farsa”, uma aventura modesta e banal co-produzida por Espanha e Estados Unidos, do tipo “sessão da tarde com a família”, sem nada além de monstros diversos e personagens caricaturais metidos numa encrenca atrás da outra – e se safando de todas elas com a naturalidade ingênua desse tipo de aventura, repleta de humor. O tipo de filme que você assiste quando é criança e o esquece completamente, para somente vir a recordá-lo quando o revê muitos anos mais tarde, na melancolia de uma era muito menos divertida e prometedora.

O Mistério na Ilha dos Monstros (1981) (2)

Dirigida por Juan Piquer Simon e estrelada Ian Serra e David Hatton – e também conhecido como Monster Island – merece uma conferida pelo fato de apresentar uma participação especial do imortal astro do horror Peter Cushing, aristocrático e galante como sempre, como o milionário britânico responsável pela compra da ilha, e o grande Terence Stamp como vilão.

O Mistério na Ilha dos Monstros (1981) (3)

Para os menos pacientes, a fita também pode funcionar como uma divertida aventura trash, na mesma linha de A Ilha Misteriosa (The Mysterious Island, 1961) e Guerreiros da Atlântida (Warlords of Atlantis, 1978). O filme não é reprisado na TV aberta há pelo menos um milhão de anos, e não foi lançado em vídeo no Brasil – portanto, uma raridade. (Cushing faleceu em agosto de 1994 e é celebrado como um dos principais atores macabros em todos os tempos, sendo que a simples menção de seu nome é mais que suficiente para despertar o interesse de qualquer fã de cinema fantástico).

(Visited 137 times, 1 visits today)
E R Corrêa

E R Corrêa

"No edifício do pensamento não encontrei nenhuma categoria na qual pousar a cabeça. Em contrapartida, que belo travesseiro é o Caos!" (Cioran)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien