Críticas

Terror no Triângulo das Bermudas (2014)

Se não fosse a história patética, poderia até divertir com as características bagaceiras como os monstros em CGI e a nave alienígena!

Terror no Triângulo das Bermudas (2014) (1)

Terror no Triângulo das Bermudas
Original:Bermuda Tentacles
Ano:2014•País:EUA
Direção:Nick Lyon
Roteiro:Geoff Meed
Produção:David Michael Latt
Elenco:Trevor Donovan, Linda Hamilton, John Savage, Jamie Kennedy, Richard Whiten, Ricco Ross, Jeff Rector, Robert Blanche, Angelique Cinelu

Com distribuição da dupla dinâmica dos filmes bagaceiros do cinema fantástico tranqueira do século XXI, “SyFy” (na televisão a cabo) e “The Asylum” (em DVD e Blu-Ray), Terror no Triângulo das Bermudas não desaponta seus distribuidores, pois é mais uma porcaria colossal. A história é extremamente banal, explorando o exaustivo clichê sobre os mistérios do famoso “Triângulo das Bermudas”, e os efeitos especiais em CGI incomodam de tão exagerados e artificiais. O elenco é repleto de atores inexpressivos, exceto pelas presenças curiosas do experiente John Savage como o Presidente americano DeSteno, e pela agora veterana Linda Hamilton (a Sarah Connor de O Exterminador do Futuro, 1984). Ela que está em final de carreira e sem opções para ter que aceitar o papel de uma militar austera, a Almirante Linda Hansen, que fica o tempo todo falando grosso, dando ordens e fazendo pose de durona . A direção é de Nick Lyon, de outras porcarias como A Invasão Zumbi (2012).

Terror no Triângulo das Bermudas (2014) (3)

O avião “Força Aérea Um”, que transporta o presidente dos Estados Unidos (Savage), enfrenta uma forte tempestade e antes de explodir no ar, uma cápsula com o presidente é ejetada, caindo no mar na região do Triângulo das Bermudas, indo parar no fundo do oceano. Paralelamente, uma frota de navios da Marinha, sob o comando rígido da Almirante (Hamilton), é atacada por monstros com tentáculos imensos (daí o título original) de origem alienígena. Enquanto enfrentam a ameaça dos monstros, uma equipe de resgate liderada pelo Chefe Trip Oliver (Trevor Donovan) parte num pequeno submarino experimental para tentar localizar a cápsula com o presidente. Além de outros soldados, a equipe ainda conta com a consultoria de apoio técnico da engenheira Tenente Plummer (Mya Harrison) e o piloto do submarino, o Tenente Comandante Barclay (Richard Whiten).

No fundo do mar, eles encontram uma caverna gigantesca com um cemitério de aviões e navios que estavam desaparecidos, numa especulação sobre o mistério do Triângulo das Bermudas. Eles teriam sido capturados para fornecerem energia com seus combustíveis para um posto avançado alienígena oculto nessa caverna subaquática. Os sempre heróis americanos precisam superar dois desafios, encontrar e salvar a vida do presidente, e vencer uma batalha contra uma ameaça de invasão alienígena.

Grrrrrrr......

Grrrrrrr……

Terror no Triângulo das Bermudas é um filme muito ruim, exagerado na computação gráfica e extremamente previsível. Mas, o pior de tudo mesmo é o roteiro com ideias já vistas centenas de vezes antes, com os mesmos clichês irritantes. Se não fosse a história patética, poderíamos até tentar com certo esforço nos divertir com as características bagaceiras como os monstros em CGI, as mortes sangrentas, a gigantesca nave alienígena, e com a atriz veterana Linda Hamilton nitidamente deslocada num papel de militar sisuda. Porém, é difícil aguentar os discursos americanos sobre heroísmo, exaltação do ego e atos de bravura com sacrifícios para o bem da humanidade. Aliás, se não fossem por eles, nosso planeta indefeso estaria condenado à destruição.

Leia também:

1 Comentário

  1. Na moral isso ta muito mal contado .eu tenho uma teoria minha e nao peguei da internet .pra mim eu vi que so aparecem destroços nas costas dos paises uma ou duas decadas depois do desaparecimento mas talvez issoseja causado por alguns movimentos da agua que tem redemoinhos e puxam os destroços ate escaparem e irem para a costa .quando isso acontece parece que tem o movimento das placas tectonicas que ocorrem terremotos muito perto mas nao ha nenhum tsuname apesar de as ondas virem aos 15 metros capazes de afundar embarcaçoes e aeronaves mesmo no alto , sao puxados para baixo com os redemoinhos e cientistas acham que embaixo de la tem a cidade perdida de atlantida mas ninguem falou para ninguem que existia ,pessoas falaram simplesmente que exiistiu mas nao tem uma comprovaçao real.essa e minha teoria espero que concordem 🙂 !!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *