Críticas, Quadrinhos

Arquivo X – Clássicos Volume 1 (2016)

As histórias deste encadernado funcionam tanto para os fãs de Mulder e Scully, quanto para aqueles que não acompanharam a série de TV.

 

arquivo-x-2016-1

Arquivo X – Clássicos Volume 1
Original:The X-Files Classics Vol.1
Ano:2016•País:EUA
Páginas:226• Autor:Stefan Petrucha, Charles Adlard •Editora: New Order

Que Arquivo X mudou a forma como encaramos as séries de TV lá nos anos 90, todos nós sabemos. O sucesso atingido pela série sobrenatural com pitadas de paranoia, conspirações governamentais e ufologia, criada por Chris Carter, alcançou o status de cult e arrebanhou uma legião de fãs tão grande que podemos comparar seu sucesso com o de Star Trek, para ficarmos apenas no universo sci-fi da TV. Esse sucesso logo catapultou Arquivo X para outras mídias. Foram lançados livros, vídeo games, bonecos e, é claro, quadrinhos. Muitos quadrinhos!

A primeira leva de histórias que adaptavam o universo televisivo de Arquivo X para os quadrinhos foi publicada pela Topps Comics entre janeiro de 1995 e setembro de 1998, entre a segunda e a quinta temporada da série na TV. Essas primeiras edições foram compiladas recentemente nos EUA pela IDW em uma série de encadernados que chegam ao Brasil pelas mãos da Editora New Order.

Compilando as nove primeiras edições da série original em quadrinhos, Arquivo X – Clássicos Volume 1 se mostra um excelente ponto de partida para o fã da série que nunca teve a oportunidade de acompanhar as demais aventuras da dupla de agentes Fox Mulder e Dana Scully em outras mídias. Com textos de Stefan Petrucha (Deadpool: Paws) e com arte de Charles Adlard (The Walking Dead), as histórias presentes neste encadernado expandem a mitologia de Arquivo X de maneira contida, o que serve de atrativo para aqueles que não acompanharam a série. Você pode apreciar os quadrinhos sem necessariamente ter acompanhado as aventuras da TV.

Arquivo X quadrinhos (5)

 

Já para os fãs do seriado, um dos pontos mais interessantes dos quadrinhos é a possibilidade de se ir além do que é mostrado na televisão. Os quadrinhos não possuem limite de orçamento sendo apenas limitados pela imaginação de seus artistas. E isso, Petrucha e Adlard têm de sobra. A qualidade das histórias é bastante homogênea com um ou outro ponto mais fraco, como as histórias sobre canibalismo que fecham o encadernado, mas o resultado geral é bastante positivo. Com destaque para as aventuras de cunho religioso que abrem o encadernado e que poderiam ter se tornado um problema se fossem exibidas como episódios na TV.

O timing do lançamento, junto com o revival da série na TV, é bastante oportuno, mas o distanciamento histórico entre a publicação original das histórias e o presente merecia um texto introdutório, situando o leitor da importância de Arquivo X para a cultura pop e o período em que as histórias foram publicadas. A edição da New Order é caprichada, com papel couchê e uma belíssima capa dura, mas faltou a atenção à revisão de texto em alguns pontos, mas nada que comprometa a leitura. Para os fãs que adquiriram o álbum em pré-venda, a editora ainda preparou uma surpresa: uma réplica tamanho gigante do clássico pôster “I want to believe” que decorava as paredes do escritório de Mulder.

Arquivo X marcou uma geração e suas histórias, tanto na TV ou quadrinhos, merecem ser redescobertas. E neste cenário, o resgate feito pela New Order é bastante bem vindo. Para nós, fãs, é sempre um prazer rever os queridos Fox Mulder e Dana Scully, para aqueles que estão chegando agora, as boas histórias contidas em Arquivo X – Clássicos Volume 1 servem como uma boa leitura e podem transformá-los em novos fãs. O Boca do Inferno fica na torcida para que mais volumes sejam lançados, antes que os alienígenas dominem a Terra!

Arquivo X – Clássicos Volume 1 pode ser adquirido clicando aqui.

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *