Críticas

O Inimigo Desconhecido (1983)

Peter Weller enfrenta uma ratazana nesse filme que é um dos prediletos de Stephen King!

O Inimigo Desconhecido
Original:Of Unknown Origin
Ano:1983•País:Canadá, EUA
Direção:George P. Cosmatos
Roteiro:Chauncey G. Parker III, Brian Taggert
Produção:Claude Héroux
Elenco:Peter Weller, Jennifer Dale, Lawrence Dane, Kenneth Welsh, Shannon Tweed, Maury Chaykin, Leif Anderson

A visão subjetiva de uma criatura que caminha pelos cantos de um casarão, observando seus moradores sem que seja flagrada, inspirou o Mestre do Horror Contemporâneo, Stephen King, a compor o roteiro de Olhos de Gato (1985), de Lewis Teague, principalmente o conto final com Amanda (Drew Barrymore) e seu gato General. O escritor já mencionou algumas vezes em entrevistas que considera O Inimigo Desconhecido (Of Unknown Origin, 1983) um dos seus filmes prediletos, pelo enredo simples e claustrofóbico, pela construção de um horror cotidiano e pelo modo como tudo afeta o protagonista, interpretado de maneira curiosa pelo astro de Robocop Peter Weller.

O enredo, escrito por Brian Taggert a partir do romance The Visitor, de Chauncey G. Parker III, é bem simples, mas desenvolvido de maneira satisfatória pela tortura psicológica proporcionada. O executivo Bart Hughes (Weller) está satisfeito com a nova morada, um casarão em aspecto gótico, bem aconchegante para ele, o pequeno Peter (Leif Anderson) e a belíssima esposa Meg (a estreia de Shannon Tweed). Com a viagem da família, Bart fica sozinho em casa, inicialmente apenas preocupado com a aproximação de uma empresa concorrente e com o estresse do trabalho. Mas, quem disse que ele realmente está sozinho? Um inimigo passeia à espreita, mostrado aos poucos, com sombras em eletrodoméstico, sua pata rosa e movimentos ágeis.

É uma ratazana, apelidada na literatura como cria de Satã. Esse rato enorme e inteligente vai iniciar uma batalha pessoal com o protagonista, levando a um estado próximo da loucura. Depois que estoura um cano d´água, Bart chama um encanador e ele sugere uma ação contra um possível roedor na residência. No começo, o protagonista acredita que seja uma bobagem do especialista, mas logo se vê colocando ratoeiras pelos cantos, venenos de vários tipos e até convocando um gato para ajudá-lo a exterminar o asqueroso vilão. Seus estudos aprofundados, incluindo imagens de vítimas reais de mordidas de ratazana da obra “A Colour Atlas of the Rats” (1979) de R.J. Olds, e a obsessão em vencer o inimigo, simbolizando muito do que acontece em seu trabalho na empresa, vai aos poucos alterando a sanidade de Bart a ponto dele se afastar do convívio profissional e nem se interessar pela sedução da secretária.

Lançado em VHS pela CIC Vídeo, O Inimigo Desconhecido é um thriller simples, com poucos ambientes, porém bastante eficaz na condução do terror particular de um homem contra um inimigo de origem desconhecida. Com boas cenas de tensão, o longa diverte sem muito esforço, deixando o suor para Bart, na batalha familiar. O que restará desse confronto? Vale a pena descobrir!

Leia também:

Marcelo Milici

Marcelo Milici

Fundou o Boca do Inferno em 2001. Formado em Letras, fez sua monografia sobre o Horror Gótico na Literatura. Já foi juri de festivais e eventos do gênero! Contato: [email protected]

3 Comentários

  1. Anselmo Luiz

    Esse filme é muito bom é um otimo suspense e Peter Weller esta excelente no papel ,passou muitas vezes nas madrugadas da Rede Globo,hoje o filme não é exibido ha anos na TV Aberta ,como varios outros filmes não são exibidos mais .

  2. MATHEUS LEITE CARVALHO

    Um dos filmes mais sensacionais que já vi!
    Incrível!

  3. Hierofante1970

    Será que o filme O Ratinho Encrenqueiro de 1997 é uma adaptação cômica desse filme???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *