Críticas, Games

Alien: Isolation (2014)

Mais que um puro survival horror, o jogo consegue o feito de realmente parecer uma continuação de O Oitavo Passageiro

alien-isolation-2014-3

Alien: Isolation
Original:Alien: Isolation
Ano:2014•País:UK
Desenvolvedora:The Creative Assembly •Distribuidora: Sega

No começo do filme Aliens – O Resgate, Ellen Ripley descobre que sua filha morreu idosa enquanto ela mesma passou décadas hibernando e vagando pelo espaço. Mas, afinal, o que aconteceu com Amanda Ripley durante o tempo que a mãe esteve desaparecida? É Alien: Isolation que traz esta resposta, num jogo que impressiona pelo enredo e se apropria do espírito de sobrevivência de O Oitavo Passageiro.

Na trama, somos apresentados a Amanda, com 15 anos, sendo empregada pela corporação Weyland-Yutani com o objetivo de encontrar a caixa preta da Nostromo, a nave da sua mãe. A busca lhe leva à gigantesca estação espacial Sevastopol, que teria interceptado o dispositivo. Porém, ao chegar lá, mais do que uma decadente estação perto de ser desativada, Amanda encontra um lugar tomado pela loucura e medo de um assassino mortal.

alien-isolation-2014-2

Isolation tem como principal ponto positivo o enredo. Bem construído, temos a história que os personagens nos apresentam e fragmentos que ficam espalhados pelo jogo, prontos para serem coletados, geralmente pelos terminais da Sevastopol. Outro ponto que enche os olhos dos fãs do filme clássico de Ridley Scott é a ambientação. Todo visual do jogo é inspirado em O Oitavo Passageiro, desde as escassas armas, aos painéis, botões e toda a infraestrutura da estação escura e claustrofóbica.

Para um jogo em primeira pessoa, é impressionante como Amanda é uma personagem carismática. Forte, ela tem seus momentos sarcásticos e alguns de dar pena, tamanho sofrimento (a sequência da desacoplagem do módulo de segurança é sensacional). Já o primeiro encontro com o Alien é memorável, para em seguida sermos obrigados a se esconder e fugir do animal o tempo inteiro. E que Alien! A equipe de produção caprichou no desenho e movimentação do vilão. Some isso a uma boa dublagem em português e alguns androides psicopatas, e a tensão será o principal elemento de toda a campanha.

Por ser um survival horror, Isolation tem sua mecânica limitada. Você carregará algumas armas (inclusive um útil lança-chamas) e poderá montar bombas. Mas é se esconder o que você fará na maior parte do tempo se quiser sobreviver. Por causa disso, o nível de dificuldade não será dos menores e, não raramente, o nervosismo e apreensão serão marcantes.

alien-isolation-2014-4

Ainda assim, mesmo sendo uma excelente experiência, Alien: Isolantion apresenta algumas falhas consideráveis. Alguns momentos da jogabilidade são pouquíssimos intuitivos e, por causa disso, haverá ocasiões em que você se sentirá completamente perdido na Sevastopol. A falta de outros humanos carismáticos também não ajuda, a ponto de dificilmente você se importar com a morte deles.

Isolation é relativamente longo em seu modo campanha. Gera cerca de 20 horas de gameplay. E é raro um gamer dizer isso sobre um jogo, mas: ele poderia ser menor. Justamente pela repetição de elementos na jogabilidade, o que lhe dá alguns momentos cansativos (ficar cinco minutos enfiado num duto esperando o bicho passar irrita). Isso não deixa de assegurar uma experiência divertida e empolgante para fãs do gênero do horror de sobrevivência. Até as vezes em que o Alien nos mata são épicas, você nem fica com raiva de si mesmo por não lembrar de prender a respiração quando estiver dentro de um armário.

Alien: Isolation está disponível para PlayStation 4, Xbox One, PlayStation 3, Xbox 360 e PC. A análise foi feita em um Playstation 4.

Leia também:

7 Comentários

  1. pablo

    Não acho que o jogo devia ser menor na quantidade de horas de gameplay total. Acho sim que as partes de stealth com o Alien deviam ser menores. Eu pessoalmente gostei muito da parte lá no meio do jogo em prendemos o maldito em uma parte da estação e passamos a enfrentar os humanos e androids sem ter que ser preocupar com o fdp.

  2. carlos eduardo

    esse jogo é incrivel o xenomorph é meu alien favorito por causa de suas bizarrices e seu corpo tem uma glitch (glitch=falha) no jogo em que se voce atrair o alien para uma “parede invisivel” o alien vai ficar “amigavel após tremer varias vezes tentando se mexer uma parede invisivel em jogos é um lugar que a progamação do jogo não deixa voce ir já que aquilo não tem importancia nenhuma no jogo a não ser pra enfeitar o cenario se voce atrair o alien para uma dessas paredes o alien não vai mais mudar de lugar muito menos atacar a menos que voce faca algo que esqueci o que é

    • carlos eduardo

      “amigavel” eu quis botar

  3. Jansen G. de Oliveira

    Sensacional o jogo. Joguei no modo difícil e esse Alien é um FDP. Inclusive até parei de jogar (por um tempo) quando descobri que não é só um… Na ala médica, eu só disse:

    PUTA QUE PARIU… TÔ FUDIDO!

    Melhor jogo que já joguei, lembro que só de ouvir a música do menu eu já ficava tenso demais.

  4. Rafael Coelho Primo

    A ambientação foi oque mais me cativou, sensacional a parte que explora a nave do Space Jockey. Jogo exigente, o Alien até aprende quais são seus locais preferidos para se esconder, é bom sempre variar de local.

  5. Djalma Ferreira dos Santos

    jogaço! fiquei de fraldas e com o coração na boca

  6. Leo

    Este jogo é uma verdadeira imersão no filme. Recomendado para quem gosta de survivor horror ou quem gosta dos filmes da saga alien. Ja pra quem gosta de ambos, é um deleite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *