E3 2018: Novo trailer de The Last of Us Part II vai da emoção à violência extrema

O início da conferência da Sony durante a E3 2018 foi no mínimo surpreendente. Com uma apresentação musical num palco intimista, que lembrava um tipo de salão de festa rústico todo em madeira, descobrimos em seguida que ele era realmente isso, mas dentro do jogo The Last of Us Part II.

A cena no início mostra a protagonista Ellie tentando se divertir neste salão, sem nunca conseguir tirar os olhos de uma moça do outro lado, até esta lhe chamar para dançar e, entre conversas e brincadeiras, um belo e intenso beijo ser dado… para em seguida um jogo de câmera levar Ellie para o meio de uma floresta, onde é matar ou ser morta por um violento grupo de humanos em meio àquele apocalíptico mundo.

Como revelado na sinopse oficial do jogo, em The Last of Us Part II, Ellie tem 19 anos e conquistou um pouco de paz e normalidade vivendo em Jackson. Ela teve a chance de ser uma adolescente e de forjar relacionamentos duradouros. Quando a paz é destroçada por um ato de violência, Ellie é jogada em uma jornada brutal de vingança, alimentada pela necessidade de trazer aqueles que a fizeram mal à justiça, levando-a a descobrir seus limites.

O gameplay foi brutal, impactante e assombroso. Pela forma como Ellie é jogada até a maneira como ela se movimenta por este mundo hostil, o jogador será impulsionado a sentir o estado físico, emocional e mental expressado em cada faceta do jogo pela personagem.

Ellie, interpretada por Ashley Johnson, se juntará a dois novos personagens: Dina, interpretada por Shannon Woodward, e Jesse, por Stephen Chang, protagonizando um relacionamento gay que entra para a história da indústria dos jogos.

Ainda sem novidade em relação a Joel, o jogo segue sem data de lançamento, com probabilidade não oficial de algum momento em 2019. The Last of Us Part II é exclusivo para Playstation 4.

(Visited 271 times, 1 visits today)
Samuel Bryan

Samuel Bryan

Jornalista, acreano, tão fã de filmes, games, livros e HQs de terror, que se não fosse ateu, teria sérios problemas com o ocultismo. Contato: games@bocadoinferno.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien