13 Referências Presentes em Stranger Things

stranger_things_standbyme
Belíssima referência a Conta Comigo (1986) em Stranger Things.

Stranger Things (2016), a nova série do Netflix que está dando o que falar, é uma ode ao cinema dos anos oitenta, principalmente às adaptações de Stephen King e aos filmes de John Hughes e Steven Spielberg. Isso transparece em cada cena da aventura criada pelos irmãos Duffer.

Pra quem não viu a série ainda, fica o aviso que o texto abaixo pode conter spoilers, então corre lá pro Netflix, faça sua maratona e volte aqui para conhecer 13 referências presentes na série que você talvez não conheça e que vão tornar a experiência com a série mais interessante.

13 – Os Goonies (1985)

goonies

Vamos começar com uma que talvez seja óbvia. A amizade entre os garotos Mike (Finn Wolfhard), Lucas (Caleb McLaughlin), Dustin (Gaten Matarazzo)e Will (Noah Schnapp), posteriormente incluindo Eleven (Millie Bobby Brown), com suas aventuras e papos nerds são se parecem muito com os garotos do filme Os Goonies. Dustin, inclusive, é o próprio pequeno Chunck, do longa-metragem de Richard Donner. Principalmente quando ele comemora ter encontrado os pudins de chocolate totalmente alheio à tensão do momento. Stranger Things possui um drama mais tenso, mas a impressão que fica é que a qualquer momento os garotos vão dar as mãos e dizer “never say die”.

12 – Conta Comigo (1986)

Conta Comigo (1986) (4)

 

Já que estamos falando de amizade entre garotos que partem em uma aventura, Conta Comigo é a próxima e mais óbvia referencia presente em Stranger Things.  Os produtores deixaram claro que além de uma homenagem aos anos 80, a série também faria homenagem à obra de Stephen King. Nada mais justo que uma das mais famosas histórias do mestre King receba além de todo o clima envolvendo a série, uma cena inteirinha quando as crianças estão andando por um trilho de trem, culminando em um momento de conflito entre Lucas e Eleven que se encerra de maneira bastante dramática. Muito parecido com a dinâmica entre os personagens presente na adaptação para o cinema do conto de King, dirigida por Rob Reiner em 1986.

11 – IT, Uma Obra Prima do Medo (1990)

it_estilingue

Outro filme que imediatamente aciona a memória de qualquer um que começar a assistir Stranger Things, é It, baseado em A Coisa, o clássico livro de Stephen King que traz um grupo de crianças lutando contra uma terrível criatura. Além do grupo de crianças, há um momento na série onde as crianças tentam matar a criatura com um estilingue, bastante semelhante ao final do livro de King onde os garotos disparam peças de prata na cabeça do monstro com estilingues.

10 – Stephen King logo na abertura da série

stephen king books

Como designer, é impossível não ter notado esta referência presente ao trabalho de Stephen King logo na abertura de Stranger Things. O título da série, criado pelo estúdio Imaginary Forces já deixa bem claro o clima e a estética do show. A fonte (tipo de letra) utilizada remete diretamente às capas das obras originais de Stephen King, em especial à capa de Trocas Macabras (Needful Things no original). A forma como o texto vai se formando ainda remete o telespectador a filmes como Alien – O Oitavo Passageiro (1979) e Viagens Alucinantes (1980), só pra citar aqueles aos quais a série faz mais referência.

09 – Chamas da Vingança (1984)

Chamas da Vingança (1984)

Uma das obras de Stephen King mais presentes na imensa lista de referências de Stranger Things é seu livro A Incendiária, adaptado para o cinema em 1984, com Drew Barrymore no papel de uma garotinha que possui poderes pirocinéticos. Os irmãos Duffer aproveitam o conceito de uma criança superpoderosa vítima de testes científicos inescrupulosos, além do nariz sangrando quando ela usa seus poderes. Também vale a pena citar que trilha sonora do filme de 1984 é composta pela banda Tangerine Dream que também está presente na trilha de Stranger Things.

08 – O Nevoeiro (2007)

O Nevoeiro (2007)

Logo no começo da série, somos apresentados a um laboratório secreto de onde escapam uma terrível criatura e a pequena Eleven. Aos poucos vamos conhecendo melhor o interior do laboratório, o tipo de pesquisa que era feita por lá, e o acidente que abriu uma fenda entre o nosso mundo e outra dimensão. Tal acidente poderia muito bem ser a origem das criaturas presentes no filme O Nevoeiro, de Frank Darabont, que adapta para o cinema o conto de Stephen King. O final da primeira temporada de Stranger Things dá a entender que teremos mais vislumbres do que há do outro lado da fenda no próximo ano da série. Talvez as referências a O Nevoeiro fiquem ainda mais evidentes.

07 – John Carpenter na trilha sonora

A obra cinematográfica de John Carpenter está presente por toda a série, incluindo um belíssimo pôster de O Enigma do Outro Mundo (1982) na parede do porão de Mike, mas é seu trabalho como compositor que surge como a homenagem mais marcante feita na bela trilha sonora composta por Kyle Dixon e Michael Stein para a série. A trilha composta por sintetizadores lembra bastante o trabalho de Carpenter para filmes como Assalto à 13ª DP (1976), Bruma Assassina (1980) e Christine, O Carro Assaassino (1983), só pra citar alguns. Ouça o álbum Lost Themes, lançado por Carpenter em 2015 e confira.

06 – Dan O’Bannon

Dan O'Bannon e John Carpenter no set de Dark Star.
Dan O’Bannon e John Carpenter no set de Dark Star.

O sobrenome do policial que encontra o corpo de Will é O’Bannon em referência à lenda da ficção científica, Dan O’Bannon, que escreveu o roteiro de Alien – O 8º Passageiro (1979) e co-escreveu Dark Star (1974), estréia de John Carpenter nos cinemas. O’Bannon e Carpenter escreveram Dark Star juntos durante o período em que estiveram na faculdade.

05 – E.T. – O Extraterrestre (1982)

et

As referências ao clássico de Steven Spielberg estão espalhadas por toda a primeira temporada de Stranger Things. Desde a abertura com as crianças jogando RPG ao garotinho que encontra um amigo superpoderoso que está sendo perseguido por uma instituição secreta. Também entra nesta categoria os garotos fugirem de bicicleta levando a Eleven na garupa (numa cesta, no caso do E.T.), Mike esconder Eleven no armário para que sua mãe não descobrisse e as crianças pegarem roupas antigas para que a garotinha pudesse circular tranquilamente na escola.

04 – Poltergeist, O Fenômeno (1982)

Poltergeist

Outro clássico de Spielberg que também marca presença na lista de referências de Stranger Things é Poltergeist, O Fenômeno (1982). Apesar de assinar apenas a produção, a lenda conta que Spielberg é quem teria dirigido o filme, e não Tobe Hooper. Poltergeist é referenciado diretamente na série em um flashback que mostra Joyce (Winona Ryder) fazendo uma surpresa para Will com ingressos para assitstir Poltergeist no cinema, o que situa a série em 1982. Além desta referência mais óbvia, Joyce conversa com seu filho que está em um outro plano dimensional através das luzes, muito parecido com os recados enviados pela pequena Caroline após ser tragada por sua TV.

03 – Alien – O 8º Passageiro (1979)

stranger things alien

Além da homenagem a Dan O’Bannon, roteirista do clássico sci-fi de Ridley Scott, em um momento, próximo ao final da primeira temporada, o jovem Will é encontrado por sua mãe Joyce e o delegado Hopper (David Harbour) preso a uma parede todo coberto de uma gosma orgânica e nojenta, com uma espécie de tubo preso à sua boca. Aparentemente as criaturas habitantes do outro mundo também usam suas vítimas para incubar seus ovos, já que instantes antes, o delegado Hopper havia parado para observar uma estranha estrutura, muito parecida com um ovo de Alien vazio.

02 – X-Men nº 134

dark phoenix

Essa é para os nerds mais hardcore. A revista X-Men  nº 134, apostada entre Will e Dustin no primeiro episódio traz a primeira aparição da Fênix Negra, uma entidade cósmica superpoderosa que havia tomado o controle da jovem X-Man, Jean Gray. Na revista, Jean libera o poder da entidade pela primeira vez após ser torturada. Algo muito semelhante ao que acontece com Eleven na série.

01 – O Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei (2003)

oretornodorei

Os universos de fantasia de J. R. R. Tolkien e Dungeons and Dragons permeiam toda a série, mas assim como em O Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei (2003), terceira parte da trilogia cinematográfica épica dirigida por Peter Jackson, a história se encerra com alguém se recuperando em uma cama após uma difícil jornada com seus amigos comemorando ao seu redor.

São muitas as homenagens feitas pelos irmãos Duffer na série. Star Wars, A Hora do Pesadelo, Brian de Palma, Tubarão, Contatos Imediatos de Terceiro Grau e muito mais!

Mas como nosso espaço é curto, vamos deixar que vocês complementem a lista aqui mesmo nos comentários.

E aí? O que ficou de fora?

(Visited 74 times, 1 visits today)
Rodrigo Ramos

Rodrigo Ramos

Designer por formação e apaixonado por HQs e Cinema de Horror desde pequeno. Ao contrário do que parece ele é um sujeito normal... a não ser quando é Lua Cheia. Contato: rodrigoramos@bocadoinferno.com.br

30 comentários em “13 Referências Presentes em Stranger Things

  • 22/08/2016 em 22:02
    Permalink

    Tem Evil Dead, Predador (o som da criatura também lembra algo como cliques)… Inclusive “Stranger Things” tem a mesma sonoridade que “Stephen King”, e a tipografia usada no título é a mesma das capas dos livros do escritor.

    Resposta
    • Rodrigo Ramos
      24/08/2016 em 00:31
      Permalink

      A referência aos livros do King está no texto. Usaram a mesma fonte! 🙂

      Resposta
  • 16/08/2016 em 08:01
    Permalink

    Complementando a referência de “a hora do pesadelo” que o amigo do comentário mencionou, temos uma breve homenagem no momento da fuga de Dustin, Mike e Eleven. Lucas entra em contato com eles pelo rádio transmissor e pede para se encontrarem na Elm street, nesse momento eles cortam caminho e passam por um local onde umas garotinhas pulam corda.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien