Literatura

Diário de Uma Escrava, de Rô Mierling, chega às livrarias em dezembro

DarkSide Books lança a obra baseada em eventos reais que denuncia a realidade de muitas crianças no Brasil e no mundo

No Brasil, todo ano, 250 mil pessoas desaparecem sem deixar vestígios. Desse total, 40 mil são menores de idade, dos quais um terço são meninas destinadas a fins sexuais. Muitas escapam ou são encontradas, contando histórias terríveis; outras nunca mais são vistas com vida.

A gaúcha Rô Mierling faz sua estreia na DarkSide Books com Diário de Uma Escrava, romance baseado em fatos reais que a editora lança em dezembro. Depois de organizar diversas antologias e autopublicar mais de dez livros, preparou uma obra de ficção que denuncia a realidade de muitas crianças no Brasil e no mundo.

Laura é uma menina sequestrada e jogada no fundo de um buraco por alguém que todos imaginavam ser um bom homem. Ela vê sua vida mudar da noite para o dia, e passa a descrever com detalhes sinistros e íntimos cada dia, cada ato, cada dor que o sequestro e o aprisionamento lhe fazem passar. Estevão é homem casado, trabalhador, pai de família, mas que guarda em seu íntimo uma personalidade psicopata. Ele percorre ruas e cidades se apossando da vida de meninas ainda muito jovens, pois dentro de si uma voz afirma que é dele que elas precisam. Mergulhando fundo nessa fantasia, ele destrói vidas, famílias e sonhos, deixando atrás de si um rastro de dor e morte.

Narrado em parte em forma de diário, o livro acompanha mais de quatro anos da vida de Laura em um buraco embaixo da terra, período em que algo dentro dela também se modifica de uma forma inimaginável em busca da única maneira para sobreviver. Publicado originalmente na plataforma digital Wattpad, onde já teve mais de um milhão e meio de leituras, Diário de Uma Escrava apresenta um retrato duro, cruel, abominável, mas infelizmente corriqueiro no Brasil e em todo o mundo.

Em Diário de Uma Escrava, Rô Mierling denuncia, através de Laura, “os diversos tipos de violência que muitas mulheres são obrigadas a suportar em silêncio e nas sombras da sociedade”. Saiba mais sobre a autora e seus trabalhos em sua página no Facebook. Compre o livro na Amazon.

Leia também:

Silvana Perez

Silvana Perez

Escolheu alguns caminhos errados e acabou vindo parar na Boca do Inferno. Contato: [email protected]

1 Comentário

  1. Esse livro é porrada :((((((
    Boa leitura pra todos vcs!
    bjsss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *