Críticas, Literatura

Ed e Lorraine Warren: Demonologistas (2016)

Uma obra documental sobre a trajetória dos especialistas no combate à entidades maléficas que aterrorizam lares!

Ed e Lorraine Warren Demonologistas
Original:The Demonologist: The Extraordinary Career of Ed and Lorraine Warren
Ano:2016•País:EUA
Autor:Gerald Brittle•Editora: Darkside Books

Muito mais do que palmas no escuro ou uma boneca ameaçadora, Invocação do Mal contribuiu para a popularidade dos demonologistas Ed e Lorraine Warren (Patrick Wilson e Vera Farmiga, respectivamente). A química do casal e sua ação como verdadeiros caçadores de entidades maléficas despertaram a curiosidade pelo trabalho da dupla que inspirou a produção, mesmo que eles já sejam bem conhecidos na América e na Inglaterra, principalmente na década de 70, quando participaram de seus maiores casos. Assim, algumas editoras aproveitaram essa atração momentânea para lançar obras que trouxessem detalhes de seus trabalhos, como o curioso Ed e Lorraine Warren: Demonologistas, mais uma edição caprichada da Darkside Books.

Embora seja apontado como um livro assustador, trata-se de um arquivo documental da trajetória dos especialistas, apresentando didaticamente a maneira como eram realizados o atendimentos a famílias aterrorizadas por assombrações e demônios. Apresenta a diferença, por exemplo, entre sobrenatural e preternatural, os níveis de possessão demoníaca, as várias maneiras que permitiram que o Mal invadisse lares, muitas vezes devido ao uso ingênuo de “jogos” como o tabuleiro Ouija.

O autor Gerald Brittle traz uma linguagem simples na exploração dos casos mais populares como o que inicia a obra: Amityville. Menciona O Exorcista, visita Annabelle e a assombração de Enfield, na Inglaterra, mas também traz casos novos como o que atormentou os Carlson e os Beckford, levando-os a situações de descontrole emocional e desespero. Também é interessante saber o quanto os demonologistas eram afetados até mesmo nos dias que antecedem a participação em um caso, como o quase acidente da estrada, toques sinistros do telefone e as crises nervosas.

Se saber os detalhes dos casos interessa bastante – principalmente quando você descobre que o cinema fez uso de grande liberdade poética -, por outro lado, a obra cansa pela repetição de informações. A cada investigação as mesmas orientações são apresentadas, além das definições repetidas e o discurso que, às vezes, parece não sair do lugar. Como a obra foi lançada originalmente em 2002, Ed Warren ainda estava vivo; e a edição atual deixa de lado esse detalhe, contando sobre a dupla no tempo presente. Somente na descrição do autor, ao final, é contado ao leitor sobre o falecimento do demonologista em 2006.

Para tornar a leitura mais agradável, a metade da obra é dividida por fotografias curiosas do que Lorraine e Ed testemunharam no caso dos Beckford. As imagens sinistras poderiam acompanhar outros casos, o que tornaria o livro mais próximo do medo. Ed e Lorraine Warren: Demonologistas é um trabalho curioso sobre verdadeiros “caça-fantasmas“, além de servir de auto-ajuda para aqueles que temem o desconhecido e querem se manter protegidos de forças do além!

Compre o seu com desconto AQUI.

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *