Críticas, Literatura

Último Turno (2016)

Encerramento de uma série sensacional desenvolvida por um escritor que domina como ninguém as narrativas, sabendo transformar personagens comuns em parentes do leitor!

Último Turno
Original:End of Watch
Ano:2016•País:EUA
Autor:Stephen King•Editora: Suma de Letras

O terrível crime cometido pelo Sr. Mercedes, Brady Hartsfield, ecoou mais do que se poderia imaginar. Apesar das vítimas destroçadas pela força do impacto de um veículo agressivo, o ato despertou a fúria de um psicopata inteligente e a caçada sem fim de Bill Hodges, o detetive que investigou o acontecimento e quase deu fim à própria vida. Nessa busca, ele conheceu a sala virtual Blue Umbrella, e se aproximou de seu jardineiro Jerome Robinson e da problemática Holly Gibney, formando uma equipe eficiente de acesso à tecnologia. Quando Brady tentou explodir todos os fãs de uma banda adolescente em um auditório, ele fora golpeado por Holly e, consequentemente, internado, sem atividade alguma em seu cérebro.

Coincidentemente, quando Bill decidiu deixar de fazer as visitas rotineiras ao quarto 237 (referência aO Iluminado), Brady começou a agir. A partir de uma droga experimental, administrada pelo Dr. Felix Babineau, o assassino descobre que pode utilizar um jogo hospedado no aparelho Zappit para invadir a mente das pessoas e usá-las como veículo. Dessa forma, ele consegue convencê-las a se suicidar, uma de suas paixões depois do grandioso crime da Feira de Empregos. Assim, possuindo seus instrumentos de trabalho, ele comanda o Dr. Z e seu ajudante Al para obrigar uma velha conhecida a comprar Zappits e desenvolver um site que amplia o poder dos peixinhos hipnotizadores, planejando suicídios em massa, incluindo todos os que estavam presentes no auditório musical.

Hodges tenta entender o mistério dos suicídios e das pistas deixadas, enquanto enfrenta um problema pessoal: ele foi diagnosticado com câncer no pâncreas. Precisa correr para enfrentar o inimigo poderoso, resistindo as fortes dores abdominais e a relutância da nova parceira de seu amigo policial Peter. Holly, que havia se associado ao detetive para caçar criminosos na agência Achados e Perdidos, pede a ajuda de Jerome para a batalha, sem imaginar que o assassino está invandindo mentes conhecidas para realizar seus intentos.

Último Turno (End of Watch) representa o policial às vésperas da aposentadoria, e ao mesmo tempo a ação final de Bill Hodges contra o “príncipe do suicídio“. Infelizmente, o conteúdo da obra casa de maneira mórbida com a onda do suicídio promovida pelo Desafio da Baleia Azul e pelo sucesso da série 13 Reasons Why; e a tal bomba no show adolescente, lembrando tragédia recente. Mas, King, em sua grafia atraente, parte como uma defesa contra aqueles que perderam a esperança, até mesmo no uso de um telefone real de ajuda e das palavras finais na Nota do Autor: “…as coisas podem melhorar, e, se você der uma chance, normalmente melhoram.” Representa também a qualidade gradual de sua trilogia, mostrando uma evolução na construção do personagem e de histórias cativantes e sensíveis.

É o Último Turno de uma série sensacional desenvolvida por um escritor que domina como ninguém as narrativas, sabendo transformar personagens comuns em parentes do leitor, daqueles que até dá vontade de visitar mais vezes.

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *