Diário Macabro – enriquecendo a literatura de horror no Brasil

A literatura de horror vem ganhando cada vez mais ênfase e espaço no Brasil, nos remetendo ao nicho de escrita das revistas pulp que foi desenvolvido no século XX e representado por conteúdos vendidos em bancas de jornais, trazendo histórias de horror, ficção científica e fantasia.

A ideia de reviver este tipo de trabalho associada à divulgação de novos nomes da literatura nacional de horror, colaborando para enriquecer este tipo de cultura no país, culminou para a criação da revista Diário Macabro, cuja primeira edição foi lançada no primeiro semestre de 2017, financiada pelo projeto Catarse.

Agora a Diário Macabro chega ao Catarse em sua segunda edição, com 150 páginas selecionando contos que agradam a todos os gostos, desde o terror clássico, passando pelos gêneros gore e slasher com a participação dos autores: Flávio Nigro, Felipe Teodoro, Vitor Abdala, Rodrigo Kmiecik, Fidel Correia Borges, Daniel I. Dutra, M. da Fonte, David F. Lotffi e H. Beaugrand, em tradução de Luisa Fernandes Vital.

Diário Macabro faz parte do projeto Catarse de financiamento coletivo e para sua segunda edição ser publicada necessita da ajuda de colaboradores.
A colaboração pode ser feita até o dia 09 de janeiro de 2018 através do link da campanha. Dependendo dos pacotes adquiridos e da quantia doada os colaboradores terão direito a vários brindes exclusivos.

Para conhecer mais sobre a revista Diário Macabro acesse a página no Facebook.

(Visited 168 times, 1 visits today)
Pat Mendes

Pat Mendes

Fã do gênero horror desde quando as sessões da tarde exibiam estes tipos de filmes. Além do amor pelo terror é uma médica veterinária apaixonada por criptozoologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien