The Walking Dead (2016) – 6×16: Last Day on Earth

The Walking Dead (2016) – 6×16: Last Day on Earth

The Walking Dead (2016) (2)

The Walking Dead - Sexta Temporada
Original:The Walking Dead - Season 6
Ano:2015/2016•País:EUA
Direção:Greg Nicotero
Roteiro:Scott M. Gimple e Matthew Negrete
Produção:Denise M. Huth, Tom Luse, Paul Gadd, Jolly Dale, Angela Kang, Matthew Negrete, Channing Powell
Elenco:Andrew Lincoln, Norman Reedus, Steven Yeun, Lauren Cohan, Chandler Riggs, Danai Gurira, Melissa McBride, Michael Cudlitz, Lennie James, Sonequa Martin-Green, Josh McDermitt, Christian Serratos, Alanna Masterson, Seth Gilliam, Ross Marquand, Austin Nichols, Austin Amelio, Steven Ogg, Katelyn Nacon, Stuart Greer, Kenric Green, Jeffrey Dean Morgan, Dalia Legault, Kevin Patrick Murphy, Daniel Newman

ESTA CRÍTICA CONTÉM SPOILERS DO EPISÓDIO LAST DAY ON EARTH

Dezembro de 2015, mid-season finale da sexta temporada de The Walking Dead. No fim do ano passado, assistimos ao chocho episódio Start to Finish, que terminou pouco antes de uma família inteira ser devorada por zumbis e de Carl (Chandler Riggs) levar um tiro no olho, o que aconteceu somente na segunda parte da temporada. E eu realmente acreditei que isso não se repetiria no season finale, Last Day On Earth, exibido no último domingo. Mas aconteceu, e foi muito pior.

No último episódio desta sexta temporada, o momento que todos os fãs esperavam finalmente chegou. Negan (Jeffrey Dean Morgan), o maior vilão da série, deu as caras, mas só nos últimos minutos, depois de um episódio mais longo, com uma hora de duração, e um enredo repetitivo.

The Walking Dead (2016) (1)

Last Day On Earth começa com Rick (Abraham Lincoln) preparando o trailer para levar Maggie (Lauren Cohan), que está passando mal, para Hilltop, onde ainda há um médico. Este, então, foi o motivo da morte de Denise (Merritt Wever) na série, uma desculpa para o grupo de Rick sair de Alexandria e pegar a estrada. Abraham (Michael Cudlitz), Sasha (Sonequa Martin-Green), Carl, Eugene (Josh McDermitt) e Aaron (Ross Marquand) vão com ele, deixando a comunidade praticamente sem proteção. Mas os problemas começam quando eles encontram a estrada bloqueada por um grupo de Salvadores. Ninguém parte para a violência, e Rick acha melhor eles simplesmente voltarem e seguirem por outro caminho. Mas isso acontece outras quatro vezes: são dois grupos cada vez maiores de Salvadores, uma estrada bloqueada por zumbis e uma bloqueada por troncos de árvores. Isso tudo serve para Rick perceber que os Salvadores são mais espertos e estão em maior número do que Rick imaginava, mas é uma situação que se alonga demais.

Seguindo a sugestão de Eugene, Rick e os demais decidem seguir a pé pela floresta para despistar os inimigos, mas acabam caindo em uma clareira, onde são completamente cercados. Lá encontram também Daryl (Norman Reedus, obviamente vivo), Michonne (Danai Gurira), Glenn (Steven Yeun) e Rosita (Christian Serratos). E é então que Negan aparece, acompanhado de sua fiel Lucille, fazendo um longo discurso muito parecido com o dos quadrinhos. Jeffrey Dean Morgan provou ser a escolha perfeita para o papel, encarnando os trejeitos do vilão, mas sem falar “fuck” tantas vezes (o discurso com os fucks estará na versão em DVD). Outro destaque vai para a expressão de Rick, quando ele percebe que perdeu o controle da situação e que não pode fazer nada a não ser assistir enquanto um de seus companheiros é espancado até a morte.

The Walking Dead (2016) (4)

E assim chegamos à maior decepção de uma temporada toda construída para este momento. A câmera em primeira pessoa mostra Negan batendo em alguém com Lucille, e sangue escorre pela tela (pela quarta vez), mas não sabemos quem morreu. Há uma grande diferença entre inserir um gancho para a próxima temporada e fazer o espectador de bobo. A sexta temporada de The Walking Dead foi muito boa no geral, mas estragou todas as expectativas no último momento. Não surpreenderia se muitos fãs se cansassem e abandonassem a série.

Em paralelo a tudo isso, Morgan (Lennie James) encontra Carol (Melissa McBride) e, para salvá-la, volta a matar, aprendendo que há casos em que isso é inevitável. Nada muito inesperado também. Mas o principal momento do arco da dupla é quando o dono do cavalo que Morgan usou aparece para ajudar, muito provavelmente introduzindo mais uma comunidade ao Mundo Maior.

Observações finais, com spoilers dos quadrinhos

  • Os homens que ajudam Morgan e Carol parecem fazer parte da comunidade chamada de Reino, liderada por Ezekiel, um homem que tem uma tigresa de estimação chamada Shiva. O Reino se torna um valioso aliado de Alexandria e Hilltop na guerra que se segue contra os Salvadores;

The Walking Dead (2016) (3)

  • Nos quadrinhos, quem morre nas mãos de Negan é Glenn. É possível que seja ele mesmo quem morreu na série, mas não podemos descartar ninguém (a não ser Rick e Carl). Uma forte candidato é Eugene, que passou os planos de fabricação de balas a Rick antes de eles se separarem. Se for o caso, haverá mais uma repetição: pouco antes de morrer, Deanna dá a Rick e Michonne os planos que tem para desenvolver Alexandria.
(Visited 64 times, 1 visits today)
Silvana Perez

Silvana Perez

Escolheu alguns caminhos errados e acabou vindo parar na Boca do Inferno.

15 comentários em “The Walking Dead (2016) – 6×16: Last Day on Earth

  • 06/04/2016 em 09:06
    Permalink

    Fazer um suspense desse pra matar um personagem insignificante como o Aaron é leseira de mais! AMC melhore!!

    Resposta
  • 21/02/2016 em 12:49
    Permalink

    Se existe algo das HQ’s que precisa ser adaptado no seriado é quem vai morrer pro Negan… em vez do *****, precisa ser o Daryl… chega desse cara, ele literalmente está matando o espaço que deveria ser de personagens f* nos quadrinhos como o Tyresse e o Abraham, e com certeza o Jesus vai entrar nessa roubada também.

    Resposta
    • 02/03/2016 em 21:56
      Permalink

      Eu gostava bastante do Daryl mas sou obrigada a concordar contigo ele acaba roubando a cena literalmente de bons personagens q acabam não desenvolvendo como deveriam. Acho q é chegada a hora de se encontrar com a Lucile

      Resposta
  • 25/11/2015 em 22:09
    Permalink

    Enfim…Larguei de uma vez por todas essa série de merda de apocalipse de zumbis que tem medo de matar os personagens.

    Resposta
  • 12/11/2015 em 09:02
    Permalink

    Oq eu não consegui entender muito bem é pq existe a esperança do Gleen estar vivo se foi mostrada a cena dos zumbis comendo as tripas dele.
    Alguém poderia me ajudar?

    Resposta
    • Silvana Perez
      12/11/2015 em 12:31
      Permalink

      Eu acho que aquelas tripas estavam saindo de um lugar bem errado. Podiam ser as do Nicholas, que caiu por cima do Glenn, e o cheiro pode ter ajudado a disfarçar o Glenn.

      Resposta
  • 10/11/2015 em 02:02
    Permalink

    Eu discordo totalmente que esse seja o melhor episódio da temporada(afinal, eu prefiro o episódio do ataque a alexandria). Eu acho que deveria ter melhor desenvolvimento de debate entre eles, de como por que matar é necessário num mundo onde não existe regras. Sem falar da patética cena em que o mestre de aikido não consegue se desviar da mordida de um zumbi é lamentável.

    Resposta
  • 07/11/2015 em 19:31
    Permalink

    Pra mim está entre os melhores episódios de toda a série. Mais ou menos como foi “The Constant” em Lost.

    Resposta
  • 03/11/2015 em 12:46
    Permalink

    A série esta ótima.
    TWD vive em altos e baixos, mas esta temporada superou todas as minhas expectativas. É notável que uma série consiga se renovar desta forma depois de tantas temporadas.

    Resposta
  • 30/10/2015 em 16:14
    Permalink

    Rick perfurou a cabeça de um zumbi que tinha um facão atravessado no pescoço. Foi neste facão que ele se cortou.

    Resposta
  • 23/10/2015 em 18:05
    Permalink

    Simplesmente fantastico esse episodio..muito criativo quando se coloca os errantes como segundo plando!

    Resposta
  • 23/10/2015 em 16:52
    Permalink

    Greg Nicotero virou um ótimo diretor , são dele os melhores episódios!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien