Sharknado 5…Earth 0! O que esperar ou não disso?

O principal representante trash do uso abusivo dos tubarões na TV é, sem dúvida, a franquia Sharknado. Surgiu como uma brincadeira, mas fez tanto sucesso que passou a ser um evento anual do canal SyFy, desenvolvendo subprodutos como Lavalantula. A série, com orçamento discreto, traz ataques de tubarões em terra firme, depois que um tornado os arrasta pelo céu. Exageros em todos os quesitos, cenas absurdas, participações especiais…esses são exemplos do que o público pode esperar (ou não) de um Sharknado.

O quinto filme já está em produção para o lançamento na metade do ano. Sharknado 5…Earth 0 – um título que já define o tom da brincadeira – trará de volta os astros Ian Ziering e Tara Reid, prometendo já iniciar com o cliffhanger deixado na cena final do quarto filme. Não é possível imaginar como será o enredo – existe um? – do novo Sharknado, pois o até então roteirista da série, Thunder Levin, abandonou o barco e passou a responsabilidade para Scotty Mullen, que ajudou na concepção do quarto filme. Fãs de produções trashes podem reconhecê-lo do intragável Zoombies, o que prova que ele está apto para exercer a função.

Com grande parte da América do Norte em ruínas, o resto do mundo se prepara para o inevitável: um sharknado global. De Londres para a Ásia, África do Sul para o México, Fin e sua família devem acabar com os sharknados de uma vez por todas.

E lembre-se: em julho, teremos a nossa tradicional Semana do Tubarão, resenhando tudo o que você perdeu de lançamentos bizarros envolvendo o Rei dos Mares no decorrer do ano!

Leia também:

Marcelo Milici

Marcelo Milici

Fundou o Boca do Inferno em 2001. Formado em Letras, fez sua monografia sobre o Horror Gótico na Literatura. É autor do livro “Medo de Palhaço”, além de ter participado de várias antologias de horror!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien