Dobradinha John Carpenter e mais estreias na Netflix

Christine (1983)

Algumas produções de gênero foram adicionadas ao catálogo da Netflix nesta semana, entre elas uma dobradinha de John Carpenter composta por Christine, O Carro Assassino e Vampiros.

Ainda chegaram ao serviço a primeira temporada de Lucifer e os longas As Vozes e O Quarto dos Esquecidos.

Confira as estreias:

22 de Julho

Christine, O Carro Assassino (Christine, 1983)
Direção: John Carpenter
Um estudante nerd restaura um carro clássico, o Plymouth Fury de 1958, mas, quando está ao volante, a sua confiança recém-adquirida se transforma em uma violenta arrogância.

Vampiros (Vampires, 1998)
Direção: John Carpenter
Uma equipe de caçadores de vampiros declara guerra contra os seguidores de um vampiro mestre que quer o segredo para os vampiros poderem andar à luz do dia.

24 de Julho

O Quarto dos Esquecidos (The Disappointments Room, 2016)
Direção: D.J. Caruso
Uma arquiteta leva a família para viver em uma grande casa antiga e descobre um quarto secreto habitado por fantasmas.

25 de Julho

Lucifer – 1ª Temporada (2016)
Criador: Tom Kapinos
Entediado com a vida nas trevas, o Senhor do Inferno se muda para Los Angeles. Lá ele abre um piano-bar e se une a uma policial para investigar assassinatos.

28 de Julho

As Vozes (The Voices, 2014)
Direção: Marjane Satrapi
Jerry se sente atraído por Fiona, mas acaba a matando por acidente. Por sorte, seu cão e gato falantes estão lá para ajudar.

(Visited 17 times, 1 visits today)
Silvana Perez

Silvana Perez

Escolheu alguns caminhos errados e acabou vindo parar na Boca do Inferno.

2 comentários em “Dobradinha John Carpenter e mais estreias na Netflix

  • 30/07/2017 em 18:16
    Permalink

    Esse Vampiros de John Carpenter é incrivelmente foda e brutal. O último grande filme de vampiros feito… Rock, Sangue e Brutalidade. Christine de 83 é épico também e tenho o DVD.

    Resposta
    • 07/08/2017 em 20:37
      Permalink

      BOAA!

      Esses dias assisti novamente e continua sendo foda e brutal.
      E concordo que foi o último grande filme de vampiros produzido.

      Abração!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien