Sebo do Horror #01 – O Primeiro Quadrinho de Terror

Frankenstein, a primeira HQ de horror.

Sejam benvindos ao primeiro Sebo do Horror, uma série de artigos onde pretendo resgatar a história das histórias em quadrinhos de terror. Como nos velhos quadrinhos da EC Comics, eu serei o seu anfitrião nesta viagem pelo passado dos gibis criados para assustar. A nossa primeira parada fica logo ali, atrás da primeira prateleira, em um canto escondido do nosso Sebo do Horror. Acompanhe-me e não repare nas pequenas criaturas que correm para trás das pilhas de gibis enquanto avançamos. Elas não causam mal algum. A não ser que você seja um colecionador de quadrinhos, pois são os monstrinhos conhecidos como TRAÇAS!

Frankenstein – O Primeiro Quadrinho de Terror

O horror sempre fez parte da nossa tradição de contar histórias. O folclore, os mitos e lendas da nossa cultura sempre trouxeram elementos sobrenaturais e de morte. Sendo assim, não é de se estranhar histórias de horror tenham aparecido imediatamente no início do teatro, nas primeiras experiências com o cinema e, logo em seguida, nos quadrinhos.

Prize Comics #01
Prize Comics #01

Em 1940, a editora conhecida como Crestwood Publications, que já havia alcançado alguma notoriedade com suas publicações de revistas pulp, resolveu embarcar na onda dos quadrinhos lançando o gibi Prize Comics em março de 1940. A capa trazia uma bela ilustração do personagem Power Nelson, uma espécie de Flash Gordon genérico, nos traços do monstro Dick Sprang.

A revista seguiu publicando histórias de aventura e ficção científica, com Power Nelson como seu carro-chefe até que, em dezembro de 1940, às portas da Segunda Guerra Mundial, a Prize Comics #07 trouxe em seu mix a primeira história da série “New Adventures of Frankenstein” escrita e ilustrada por Dick Briefer, sob o pseudônimo de Frank N’ Stein, baseada no clássico da literatura escrita por Mary Shelley em 1818, Frankenstein, e que viria a ser considerada por historiadores como a primeira história em quadrinhos de horror.

Painel de abertura da primeira HQ de horror.
Painel de abertura da primeira HQ de horror.

A história trazia a criatura de Frankenstein – que nas HQs de Briefer recebe o sobrenome de seu criador, ao contrário do livro original onde a criatura não tem nome – para Nova Iorque por volta dos anos 30, inclusive levando o monstro para a guerra nas edições seguintes de Prize Comics. Esta primeira série, com um tom mais de horror, durou até abril de 1945 quando se encerrou na edição de número 52 da revista.

Briefer abandonou o seu pseudônimo em Prize Comics #11 onde apresentou Denny “Bulldog” Dunsan, personagem que viria a se tornar antagonista recorrente de Frankenstein em suas histórias. Em Prize Comics #24, em um crossover com outros personagens da editora, a criatura enfrentou Denny “Bulldog” Dunsan e os super-heróis, que também faziam parte do mix da revista, Night Owl, Green Lama e Dr. Frost.

Capa de Frankenstein #01, inaugurando a fase cômica do personagem.
Capa de Frankenstein #01, inaugurando a fase cômica do personagem.

Em 1945 chegava às bancas Frankentein #01 de Dick Briefer, que trazia as histórias do monstro após a Segunda Guerra se estabelecendo em um bairro suburbano dos EUA. Ao contrário das aventuras publicadas em Prize Comics, estas novas histórias traziam um tom de humor, com a criatura se envolvendo nas mais diversas situações enquanto tentava se adaptar à nova vida em um bairro tranquilo. A revista durou 33 edições, encerrando sua publicação em outubro de 1945, ironicamente mostrando em sua capa a criatura sendo ameaçada por um ponteiro de relógio. Era o fim da primeira HQ de horror.

No Brasil, a fase cômica de Frankenstein foi publicada no clássico gibi O Guri, do Diário da Noite. Tendo estreado na edição de número 182 em dezembro de 1947, Frankentein apareceu em algumas edições aleatórias até julho de 1952 na edição de número 291.

Capa de O Guri #228 (Fonte: Guia dos Quadrinhos)
Capa de O Guri #228 (Fonte: Guia dos Quadrinhos)

Algumas histórias de Dick Briefer para a Prize Comics e Frankenstein foram compiladas em duas edições especiais, The Monster of Frankenstein da Idea Man Productions em 2006 e Dick Briefer’s Frankenstein da IDW em 2010.

Tendo sido uma das primeiras grandes histórias de terror, Frankenstein, logo depois, se tornou um dos primeiros filmes de horror e, passadas algumas décadas, o clássico monstro seria adaptado para os primeiros quadrinhos de horror da história. Mas qual teria sido a primeira revista em quadrinhos totalmente dedicada ao terror?

Fique conosco e descubra no próximo Sebo do Terror!

(Visited 72 times, 1 visits today)
Rodrigo Ramos

Rodrigo Ramos

Designer por formação e apaixonado por HQs e Cinema de Horror desde pequeno. Ao contrário do que parece ele é um sujeito normal... a não ser quando é Lua Cheia. Contato: rodrigoramos@bocadoinferno.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien