#CCXP2017: O Recife Assombrado lança A Maldição Circular

O que pode acontecer quando alguém resolve brincar com os espíritos? Há quem acredite que é possível entrar em contato com o Além usando um copo que desliza sobre um tabuleiro cheio de letras. Seria apenas um passatempo espantoso para quatro jovens se a ousadia de cruzar a fronteira entre mundos diferentes não trouxesse perigosas consequências…

Essa é a trama de A Maldição Circular, nova publicação independente em quadrinhos do projeto O Recife Assombrado. A revista de 20 páginas, que custa R$ 15,00, é uma reedição atualizada de uma HQ impressa originalmente no álbum em preto e branco, Histórias em Quadrinhos d´O Recife Assombrado, publicado em 2012 e agora esgotado. A história recebeu mudanças nos diálogos e foi totalmente colorida pelo artista gráfico alagoano Téo Pinheiro.

O roteiro é de André Balaio, escritor e editor do site O Recife Assombrado. Ele foi o vencedor do prêmio literário Off Flip 2016 na categoria Conto com a história de fantasmas “O lado de lá”. Em 2015, publicou a HQ “A Rasteira da Perna Cabeluda”, ilustrada por Téo Pinheiro, parceria retomada em 2017, na HQ “Malassombro – Assovios na Mata”. Balaio foi o roteirista da publicação Algumas Assombrações do Recife Velho, também lançada em 2017 pela editora Global, que adapta para os quadrinhos o livro Assombrações do Recife Velho, de Gilberto Freyre.

Os desenhos de A Maldição Circular são do experiente quadrinista pernambucano Luciano Félix, que começou sua carreira nacional em 2002, na versão brasileira da revista MAD. Em 2004, ganhou vários prêmios em salões de humor como o FIHQ-PE, Piracicaba e Volta Redonda. Félix editou as publicações independentes Wander – Heróis Porque Sim!, Wander – Puberdade Ainda Que Tardia, Mistiras vol. 1 e Angúria originados do site mistiras.com.br.

A edição da revista ficou a cargo do jornalista e escritor Roberto Beltrão, também editor do site orecifeassombrado.com. O projeto gráfico é do designer Gustavo Albuquerque.

Horror e Tradição

A Maldição Circular é mais um passo do projeto O Recife Assombrado no objetivo de divulgar o imaginário brasileiro (e pernambucano em particular) por meio da ficção, seja na internet, na literatura, nos quadrinhos, ou mesmo no cinema: este ano, Balaio e Beltrão fizeram a pesquisa e desenvolveram o enredo do filme de horror Recife Assombrado, dirigido por Adriano Portela, produção que deve chegar às telas em 2019.

“Nossa missão é assustar as pessoas com os pavores que estão na cultura popular, nas lendas e superstições que foram passada pela tradição oral, para que esses mitos também possam fazer parte das referências da cultura pop – assim como os monstros alienígenas e os super-heróis”, define André Balaio.

Ele e Téo Pinheiro vão estar na mesa D01 no Artists‘ Alley (beco dos artistas) da Comic Con Experience (CCXP), que se realiza em São Paulo entre os dias 7 e 10 de dezembro próximo. A dupla já havia participado CCXP Tour Nordeste, em abril deste ano no Centro de Convenções, em Olinda.

“Fomos escolhidos pela organização da CCXP de São Paulo entre dezenas de quadrinistas brasileiros de talento, e isso nos deixa muito orgulhosos”, comenta André Balaio. “É uma chance importante de divulgar a nossa proposta a novos púbicos e também uma responsabilidade, porque estamos entre os criadores pernambucanos de quadrinhos que vão mostrar para o país a força dessa expressão em nosso estado”, conclui.

Sobre o projeto

Iniciado no ano de 2000, o projeto O Recife Assombrado começou como uma página na internet. Foi criado para divulgar as lendas e histórias de assombração e também para fomentar expressões literárias voltadas para o fantástico e o insólito. Em 2004, se tornou o primeiro produto concebido para web a receber o certificado de “Amigo que abraça as causas do folclore e da cultura popular” concedido pela Fundação Joaquim Nabuco.

(Visited 35 times, 1 visits today)
Rodrigo Ramos

Rodrigo Ramos

Designer por formação e apaixonado por HQs e Cinema de Horror desde pequeno. Ao contrário do que parece ele é um sujeito normal... a não ser quando é Lua Cheia. Contato: rodrigoramos@bocadoinferno.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien