Se você tem um canal no YouTube, confira essas dicas para aumentar o engajamento

0
(0)

É notório o número de pessoas interessadas em criar conteúdo para internet, e sabemos desta dificuldade, afinal, o Boca do Inferno não surgiu agora com o hype de Round 6, mas sim há 20 anos atrás e seguimos nesta batalha desde então, produzindo artigos, vídeos, críticas e tudo que for interessante para um nicho muito específico.

Para facilitar o trabalho de quem está começando a criar conteúdo para o YouTube e deseja gerar mais engajamento para o canal, elencamos abaixo algumas dicas que podem facilitar este processo, confira:

Crie expectativa

O ato de gerar expectativa nos espectadores do seu canal auxilia muito o algoritmo do YouTube a te manter bem ranqueado e a entregar o seu vídeo para um número maior de pessoas.

Em um exemplo prático, se você anuncia que os seus vídeos serão publicados em tais dias e em determinados horários, os espectadores que estão aguardando a publicação começam a procurar pelo seu canal e atualizar com mais frequência em busca da publicação, o que auxilia com o algoritmo.

Outro exemplo está relacionado ao conteúdo, se você faz um vídeo com uma lista, ou promete uma grande revelação ao final dele, as pessoas tendem a assistir até o fim, o que auxilia na retenção e também no algoritmo.

Ou seja, trabalhe com a expectativa dos seus espectadores sempre que possível, mas entregue o que foi combinado para não gerar frustrações.

Invista na produção

Sabemos que materiais como câmeras, cenários, iluminação e microfones implicam em um investimento muito elevado, ainda mais para quem está começando, então agregue valor de produção onde é mais em conta e irá te poupar recursos.

Um bom exemplo é criar uma identidade visual para o canal e também uma introdução que  deixe os seus espectadores já no clima para o seu vídeo. Caso você não saiba como criar intro, existem diversas alternativas gratuitas na internet, como, por exemplo, a proposta da InVideo.

Fomente a interação

A interação em um canal no YouTube tem que ir além do famigerado “deixa o like, compartilha o vídeo e comente o que você gostaria de assistir”, afinal, ainda que esses lembretes funcionem, este é o mínimo.

Quando você cria interações, faz perguntas realmente válidas, pede respostas, que podem ser nos comentários, via e-mail, ou onde for, você cria o senso de comunidade na sua audiência, e uma comunidade engajada é capaz de manter um conteúdo relevante, investir recursos e sustentar um canal, mesmo que este não tenha um gigantesco número de visualizações.

Não seja apenas números

Por fim, mas não menos importante, é válido salientar que você não necessita de números astronômicos para fazer sucesso na internet, o importante é manter-se direcionado para um público específico e se dedicar.

Afinal, mesmo que Michael Myers e Jason Voorhees sejam famosos por matar um gigantesco número de pessoas, o contexto de Hannibal Lecter faz com que ele seja lembrado e reverenciado até os dias atuais, mesmo com um número menor de vítimas.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Marcelo Milici

Professor e crítico de cinema há vinte anos, fundou o site Boca do Inferno, uma das principais referências do gênero fantástico no Brasil. Foi colunista do site Omelete, articulista da revista Amazing e jurado dos festivais Cinefantasy, Espantomania, SP Terror e do sarau da Casa das Rosas. Possui publicações em diversas antologias como “Terra Morta”, Arquivos do Mal”, “Galáxias Ocultas”, “A Hora Morta” e “Insanidade”, além de composições poéticas no livro “A Sociedade dos Poetas Vivos”. É um dos autores da enciclopédia “Medo de Palhaço”, lançado pela editora Évora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.