RoboCop tem estreia antecipada no Brasil

Joel Kinnaman vive o personagem título.
Joel Kinnaman vive o personagem título.

RoboCop, dirigido por José Padilha, teve sua estreia antecipada no Brasil. Agora, o longa chegará aos cinemas nacionais no dia 31 de janeiro, quase um mês antes da data original e antes mesmo da estreia americana, que acontece somente em fevereiro.

Remake do longa de 1987 dirigido por Paul Verhoeven, o filme traz no elenco Joel Kinnaman, Gary Oldman, Samuel L. Jackson, Abbie Cornish, Jackie Earle Haley, Michael Kenneth Williams, Marianne Jean-Baptiste, Michael Keaton e Aimee Garcia.

O ano é 2029 e o conglomerado multinacional OmniCorp está no centro da tecnologia robótica. Seus androides estão vencendo a guerra americana ao redor do globo, e agora eles querem trazer essa tecnologia para casa. Alex Murphy é um marido e pai amoroso e um bom policial dando o melhor de si para acabar com a onda de corrupção e crime em Detroit. Depois de ser gravemente ferido enquanto estava a serviço, a OmniCorp usa sua ciência robótica para salvar a vida de Alex. Ele retorna às ruas de sua amada cidade com novas e incríveis habilidades, mas com problemas que um homem comum nunca teve de enfrentar antes.

(Visited 23 times, 1 visits today)
Silvana Perez

Silvana Perez

Escolheu alguns caminhos errados e acabou vindo parar na Boca do Inferno.

7 comentários em “RoboCop tem estreia antecipada no Brasil

  • 20/10/2013 em 22:40
    Permalink

    Sou muito fã do Robocop clássico, mas estou botando fé neste remake. Só que o Padilha vai ter que rebolar para contar uma boa história considerando a classificação PG13 e o possível interesse da Sony/MGM em transformar o filme num longa de ação “genérico”.

    Resposta
  • 10/10/2013 em 23:46
    Permalink

    não me famialiarizei com o visul do robo cop , mas gostei do trailer , vou assistir..

    Resposta
  • 10/10/2013 em 23:29
    Permalink

    Com essa censura para criancinhas vai ser um tremendo fiasco! filme pra doidim!

    Resposta
  • 09/10/2013 em 19:26
    Permalink

    Eu ja estou bastante descrente desta producao. Basta conferir o fraco Elisyum, que nao prometeu o que cumpriu, sinal das redeas curtas que Hollywood impoe mercadologicametne a diretores bons vindos de fora. Com Padilha nao deve ser diferente. Logo, prevejo um filme generico de ficcao, longe de honrar ou sequer chegar ao dedo mindinho do original. E a medida de estreia aqui antes dos States nao è nada mais do que mercadologica. Padilha sendo brasileiro nada melhor que faturar um troco aqui antes da estreia mundial. Espero estar equivocado e dar a lingua entre os dentes, mas tudo me leva a crer que este filme será uma bomba.

    Resposta
  • 09/10/2013 em 15:36
    Permalink

    que bom,espero que seja um bom remake.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien