Cenas inéditas e comentários do diretor em vídeo de A Bruxa

0
(0)

Falta muito pouco! Na próxima quinta-feira, finalmente os fãs de horror poderão opinar sobre A Bruxa, se ela é realmente assustadora como pintam ou apenas um produto do marketing. Para aumentar sua ansiedade em entrar na floresta (não recomendo!), veja o vídeo abaixo! Cenas inéditas e comentários do diretor Robert Eggers sobre seu “pesadelo do passado“, envolvendo um conto de horror ambientado na Nova Inglaterra.

Será que a bruxa aparecerá no filme?

Nova Inglaterra, década de 1630. O casal William e Katherine leva uma vida cristã com suas cinco crianças em uma comunidade extremamente religiosa, até serem expulsos do local por sua fé diferente daquela permitida pelas autoridades. A família passa a morar num local isolado, à beira do bosque, sofrendo com a escassez de comida. Um dia, o bebê recém-nascido desaparece. Teria sido devorado por um lobo? Sequestrado por uma bruxa? Enquanto buscam respostas à pergunta, cada membro da família seus piores medos e seu lado mais condenável.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Marcelo Milici

Professor e crítico de cinema há vinte anos, fundou o site Boca do Inferno, uma das principais referências do gênero fantástico no Brasil. Foi colunista do site Omelete, articulista da revista Amazing e jurado dos festivais Cinefantasy, Espantomania, SP Terror e do sarau da Casa das Rosas. Possui publicações em diversas antologias como “Terra Morta”, Arquivos do Mal”, “Galáxias Ocultas”, “A Hora Morta” e “Insanidade”, além de composições poéticas no livro “A Sociedade dos Poetas Vivos”. É um dos autores da enciclopédia “Medo de Palhaço”, lançado pela editora Évora.

One thought on “Cenas inéditas e comentários do diretor em vídeo de A Bruxa

  • 01/03/2016 em 22:47
    Permalink

    Altíssima espectativa. Espero que não decepcione.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.