Boca do Inferno: O Sexto Sentido!

0
(0)

Boca do Inferno

Caros Infernautas,

Hoje o Horror Brasileiro está fazendo aniversário! Há seis anos nascia a principal fonte de informação do gênero no Brasil, única página a se manter erguida num país que marginaliza o estilo. Apesar da data comemorativa, gostaria de aproveitar o momento para um novo desabafo. Em outro editorial, comentei sobre o descaso com o gênero, seja pelas distribuidoras em seus lançamentos seja por uma parte do público que acredita que atrai coisas negativas, violência e satanismo. Desta vez, minha bronca é com os próprios infernautas que se dizem amantes do gênero e que até trabalham com e por ele.

Boca do Inferno (15)

Por mais dificuldade que exista para divulgar produções e festivais de horror no Brasil, por baixo dos panos vermelhos ainda existe a inveja daqueles que queriam ter um site igual e o mesmo idealismo e, ao invés de unir as forças para criar algo consistente, preferem nos considerar como concorrentes. Nem sempre a mídia e o estilo são os mesmos – o que poderia render numa união um Portal imenso, com publicações impressas, festivais pelo país e tal -, mas ainda assim preferem ignorar a página ou desdenhar daqueles que prestigiam todos os feitos.

Felizmente, não são todos. Sites como Adorável Noite e Scarium – só para citar alguns -, com seu público fiel, aposta em parcerias, troca de divulgações e materiais. Aos vampiros que tentam sugar as forças do Boca do Inferno, um aviso da Carol Anne de Poltergeist:

Poltergeist-site

E vamos continuar por muito mais tempo!

Tenham medo…muito medo!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Marcelo Milici

Professor e crítico de cinema há vinte anos, fundou o site Boca do Inferno, uma das principais referências do gênero fantástico no Brasil. Foi colunista do site Omelete, articulista da revista Amazing e jurado dos festivais Cinefantasy, Espantomania, SP Terror e do sarau da Casa das Rosas. Possui publicações em diversas antologias como “Terra Morta”, Arquivos do Mal”, “Galáxias Ocultas”, “A Hora Morta” e “Insanidade”, além de composições poéticas no livro “A Sociedade dos Poetas Vivos”. É um dos autores da enciclopédia “Medo de Palhaço”, lançado pela editora Évora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.