Del Toro quer produzir duas versões de At the Mountains of Madness

Adaptação da obra de H.P. Lovecraft parece estar definitivamente descartada.
Del Toro já tem diversos desenhos e maquetes de sua visão da obra de Lovecraft.

Há anos Guillermo Del Toro tenta tirar do papel sua adaptação de At the Mountains of Madness, de H.P. Lovecraft. Nessa semana, o diretor afirmou que estava considerando gravar uma versão PG-13 (no Brasil, para maiores de 14 anos) do filme para que finalmente conseguisse lançá-lo. Após o desespero de muitos fãs, Del Toro falou mais sobre como gostaria de seguir com o projeto.

O plano de Del Toro é gravar duas versões simultâneas de At the Mountains of Madness: uma classificação 14 anos e uma versão sem cortes, e lançá-las, também simultaneamente, nos cinemas.

“É exatamente nisso que estou pensando”, afirmou o diretor. “Da forma como penso, a classificação PG-13 chega longe. Não e que o livro seja gráfico, mas as pessoas se esquecem de que há elementos cruciais que são bem terríveis. Como a autópsia humana, sabe? Eu acho que é um momento obscuro. Então, o que eu queria fazer é filmá-lo, obscuro como é, em uma versão sem cortes e uma PG-13. O ideal é que as duas sejam lançadas simultaneamente, se possível. Nós poderíamos lançar uma versão em um formato e a outra em formato diferente, esperando que possamos oferecer momentos mais intensos em uma versão e momentos igualmente intensos, porém não-gráficos, na outra”.

Del Toro prossegue: “Lovecraft era famoso pela sugestão, e muito da obra pode sugerir, mas há certos momentos que você precisa mostrar. Parte disso é o orçamento, parte é a classificação etária. A única coisa que eu vou dizer é que, nesse estágio, Mountains não está feito. Eu prefiro fazê-lo de uma forma que não comprometa seu conteúdo, ou não fazê-lo. E, nos últimos anos, o que mudou foi que eu vi filmes PG-13 que são muito intensos. Para mim, os primeiros 25 minutos de As Aventuras de Pi foram muito intensos, com a violência no barco e o naufrágio. Eu comecei a pensar, ‘quer saber? É possível ir a lugares intensos, mas ainda ter um apelo forte para a classificação’. Isso, eu acho, foi o que mais mudou”.

At the Mountains of Madness acompanha o geólogo William Dyer, um professor da Miskatonic University. Ele escreve para revelar segredos até agora desconhecidos e cuidadosamente mantidos, na esperança de impedir uma expedição científica planejada à Antártica. Em uma expedição anterior, um grupo de estudantes da Universidade, liderados por Dyer, descobriram ruínas fantásticas e terríveis (incluindo fósseis estranhos de criaturas desconhecidas e pedras entalhadas de dezenas de milhares de anos) e um perigoso segredo da Cidade dos Antigos, que fica além de uma cordilheira mais alta que o Himalaia.

Agora, resta saber o que os estúdios vão achar da ideia de Del Toro.

(Visited 36 times, 1 visits today)
Silvana Perez

Silvana Perez

Escolheu alguns caminhos errados e acabou vindo parar na Boca do Inferno.

3 comentários em “Del Toro quer produzir duas versões de At the Mountains of Madness

    • 15/07/2014 em 16:10
      Permalink

      Não confunda a palhaçada da faixa etária no Brasil com a regulamentada la fora!
      Aqui estamos falando de um filme de terror não das apelações da novela ou outros programas nacionais! Quem não consegue entender isso é porque não tem filhos pequenos.

      Resposta
  • 14/07/2014 em 22:13
    Permalink

    Excelente notícia. Espero esse filme tem anos. Lovecraft merece uma adaptação épica, Del Toro pode conseguir isso !

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *