Fear the Walking Dead (2015) – 1×06: The Good Man

2
(1)

Fear the Walking Dead (2015) – 1×05: Cobalt
Fear the Walking Dead (2015) (1)

Fear the Walking Dead
Original:Fear the Walking Dead
Ano:2015•País:EUA
Direção:Adam Davidson
Roteiro:Robert Kirkman, Dave Erickson
Produção:Bill Johnson
Elenco:Kim Dickens, Cliff Curtis, Frank Dillane, Alycia Debnam-Carey, Elizabeth Rodriguez, Mercedes Mason, Lorenzo James Henrie, Rubén Blades, Maestro Harrell, Scott Lawrence, Lincoln A. Castellanos, Shawn Hatosy, Sandrine Holt, Jamie McShane, Jared Abrahamson, Alison Araya

Fear the Walking Dead encontra 24 Horas! Quase isso! Depois que o último episódio, Not Fade Away, trouxe o horror dos militares na tentativa de controlar a situação, era evidente que os civis iriam buscar um meio de enfrentá-los para tentar descobrir suas intenções. Se Travis (Cliff Curtis) parecia apático diante das investidas organizadas, mesmo sendo o preferido do Tenente Moyers (Jamie McShane), Daniel Salazar (Rubén Blades), com o apoio de Madison (Kim Dickens) e o consentimento de Ofélia (Mercedes Mason), decidiu agir para descobrir o paradeiro da esposa.

Ele capturou o affair da filha, o soldado Andrew Adams (Shawn Hatosy), e iniciou uma sessão de torturas, como aquelas que eram comuns na série comandada por Jack Bauer. Apesar de usar da violência para conseguir o que procura, não há grafismo, permitindo que a imaginação do espectador complete as informações a partir do cenário proposto. A chave para a descoberta está no próprio título do episódio, Cobalt, uma atitude militar que permeará os acontecimentos finais da temporada.

Sem a coragem imposta pela situação, conforme já havia notado o experiente Daniel, Travis é desafiado a matar um zumbi, impossibilitado pela incapacidade de separar os mortos dos humanos. Ele segue, então, com os soldados numa missão de extermínio de um local dominado pelas criaturas, optando por ficar no carro à espera do será o caminho para o episódio final, com o encurralamento de uma personagem.

Fear the Walking Dead (2015) (2)

Enquanto isso, na zona hospitalar, Nick (Frank Dillane) faz “amizade” com um estranho, sugerindo uma possibilidade de fuga, e Lisa (Elizabeth Rodriguez) precisa encarar a situação extrema de Griselda, aceitando (ou não) as ordens da Dra. Exner (Sandrine Holt), consciente dos próximos passos dos militares.

Com direção de Kari Skogland, Cobalt não apresentou a tensão ansiada pelo espectador, mas definiu o rumo do episódio final, principalmente no tocante ao que se espera da série Fear the Walking Dead. As ações de Daniel, o melhor personagem da temporada, possivelmente trarão o inferno zumbi na liberação do estádio dos mortos – seria uma referência ao livro Celular, de Stephen King?

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 2 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Marcelo Milici

Professor e crítico de cinema há vinte anos, fundou o site Boca do Inferno, uma das principais referências do gênero fantástico no Brasil. Foi colunista do site Omelete, articulista da revista Amazing e jurado dos festivais Cinefantasy, Espantomania, SP Terror e do sarau da Casa das Rosas. Possui publicações em diversas antologias como “Terra Morta”, Arquivos do Mal”, “Galáxias Ocultas”, “A Hora Morta” e “Insanidade”, além de composições poéticas no livro “A Sociedade dos Poetas Vivos”. É um dos autores da enciclopédia “Medo de Palhaço”, lançado pela editora Évora.

One thought on “Fear the Walking Dead (2015) – 1×06: The Good Man

  • 24/09/2015 em 04:40
    Permalink

    Essa turma que comanda The Walking Dead têm a proeza de lançar personagens chatos. Assim como a na série mãe, essa aí dá um forte desejo na morte de todos.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.