O Lamento (2016)

0
(0)

O Lamento
Original:Goksung / The Wailing
Ano:2016•País:Coreia do Sul, EUA
Direção:Hong-jin Na
Roteiro:Hong-jin Na
Produção:Robert Friedland
Elenco:Jun Kunimura, Jung-mim Hwang, Do-Won Kwak, Woo-hee Chun, Hwan-hee Kim, So-yeon Jang

O Lamento foi, ao lado de Invasão Zumbi (Train to Busan), um dos melhores filmes do gênero horror de 2016, ambos coreanos, porém com ritmo e propostas diferentes. Ridley Scott quer produzir o remake americano, o que pode ser um desafio, pois o filme tem fortes raízes com a cultura e folclore local.

Bizarros assassinatos ocorrem em um vilarejo, onde os assassinos em questão parecem ter contraído uma doença que os torna psicóticos. O protagonista, Jong-Doo (Don-On Kwak), é um policial abobado (um alívio cômico na trama) que toma à frente das investigações quando vê sua família ameaçada pelo mal que assola o vilarejo.

Em meio as distorções que a história proporciona, um dos caminhos que o filme toma mostra o universo de rituais de magia negra, bruxos, xamãs, possessões, envoltos em uma atmosfera sombria e desoladora. Sem recorrer a sustos fáceis, a constante sensação de que algo muito ruim está para acontecer é enaltecida por um incômodo silêncio por vezes quebrado com ruídos ocasionais. A empatia com o protagonista faz com que o expectador assimile sua angústia em meio a um círculo de ameaças, onde não se sabe em quem acreditar. Vale destacar a bela fotografia, fria e com tons azulados, que casa bem com os aspectos sobrenaturais da trama. A longa duração do filme o torna um pouco cansativo em determinado momento, mas essa sensação se perde com os momentos cruciais da trama, conduzidos magistralmente pelo talentoso diretor, que consegue manter o tom horripilante nas sequências finais.

É louvável que o cinema coreano ganhe destaque, uma vez que a qualidade de seus filmes do gênero é inquestionável. O Lamento é um filme de um horror genuíno, instigante, incômodo e desolador, o que torna a experiência de assisti-lo única e satisfatória.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

(Visited 5.270 times, 1 visits today)

Ivo Costa

Cineasta formado pela Escola Livre de Cinema, dirigiu os curtas “Sexta-feira da Paixão”, “O Presente de Camila”, “Influência” e “Com Teu Sangue Pagará. Produziu o curta ‘Vem Brincar Comigo’. Atualmente é crítico no site Boca do Inferno e professor do Curso Cinema de Horror, da Escola Livre de Cinema. Fez parte do Júri Popular do Festival Cinefantasy em 2011, Júri Oficial do Festival  Boca do Inferno 2017, Juri Oficial da Mostra Espanha Fantástica no Cinefantasy 2020.  Realizou a curadoria da Mostra Amador do Cinefantasy 2019 e do Festival Boca do Inferno 2019.

5 thoughts on “O Lamento (2016)

  • 29/08/2019 em 20:59
    Permalink

    Embora eu prefira filmes que fujam da fórmula básica que estamos acostumados com filmes americanos, repletos de sustos fácies e finais felizes, e tenha assistido a esse com toda mente aberta e boa vontade, a longa duração, o excesso de gritaria e choradeira (presentes em muitos filmes asiáticos) e os rituais performáticos demais (mais para espetáculo de circo, com direito a figurino e decoração), cansaram. Tirando isso, é uma boa estória e um filme bem feito. Se você se envolver na cultura e superstições locais sem julgar, terá uma experiência melhor, senão certamente irá considerar como uma obra ruim. Também não espere sentir medo e levar sustos, a obra se aposta na tensão crescente e mistério, mais interessantes.

    Resposta
  • 17/01/2019 em 10:18
    Permalink

    Se filmarem uma continuação não será tão bom quanto esse. verdade absoluta.

    Resposta
  • 30/05/2018 em 18:44
    Permalink

    Esse foi um dos poucos filmes dessa década que conseguiu me apavorar de verdade! Eu o considero como sendo o exorcista da nossa época! Eu tava tão assustado no terceiro ato que até as partes que não eram para dar susto eu me assustei! À coisa mais assustadora nesse filme é aquele gordinho! Toda vez que ele aparecia eu só pensava em fugir! Não tô brincando eu senti muito medo mesmo!

    Resposta
  • 07/05/2018 em 11:29
    Permalink

    O final desse filme é um dos mais aterrorizantes que eu já vi. Vale cada minuto!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.