R.I.P. Irwin Keyes, o Ravelli de A Casa dos 1000 Corpos

0
(0)

Este ano tem sido cruel para o gênero fantástico! Vários rostos conhecidos partiram para o outro lado como Leonard NimoyTom Towles, Geoffrey Lewis, Betsy Palmer e, principalmente, Christopher Lee – e ainda estamos na virada para o segundo semestre! A perda mais recente é a de Irwin Keyes, falecido no dia 8 de julho!

A Casa dos 1000 Corpos (2003)

Com quase 100 filmes no currículo, seu rosto é mais conhecido pelo gênero por sua atuação como Ravelli em A Casa do 1000 Corpos, mas ele também fez uma ponta no Sexta-Feira 13 original, esteve em Warriors – Os Selvagens da Noite (1979), Bloodrage (1979), O Exterminador (1980), Exterminator 2 (1984), Desejo de Matar 4 – Operação Crackdown (1987), Frankenstein General Hospital (1988), Dahmer vs. Gacy (2010), Evil Bong 3D (2011) e até no episódio Maniac at Large, da quarta temporada de Tales From the Crypt.

Irwin Keyes

Poucas pessoas sabem, mas ele foi um ator que concorreu ao papel de Freddy Krueger em A Hora do Pesadelo (84), perdendo a vaga para Robert Englund.

Irwin Keyes tinha 63 anos.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Marcelo Milici

Professor e crítico de cinema há vinte anos, fundou o site Boca do Inferno, uma das principais referências do gênero fantástico no Brasil. Foi colunista do site Omelete, articulista da revista Amazing e jurado dos festivais Cinefantasy, Espantomania, SP Terror e do sarau da Casa das Rosas. Possui publicações em diversas antologias como “Terra Morta”, Arquivos do Mal”, “Galáxias Ocultas”, “A Hora Morta” e “Insanidade”, além de composições poéticas no livro “A Sociedade dos Poetas Vivos”. É um dos autores da enciclopédia “Medo de Palhaço”, lançado pela editora Évora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.