Conheça as 25 cenas mais gore do cinema

oi
Confira aqui um banho de sangue e de restos humanos!

Enquanto alguns dos amantes do horror se satisfazem com sustos e noites em claro por causa de algum filme, há uma certa parcela dessa comunidade que acha essencial a presença de muito sangue e tripas na produção. Para os fãs do gore, o site Shock Till You Drop fez uma compilação com as 25 imagens mais sangrentas dos filmes de terror.

Confira logo abaixo um resumo de cada imagem e as fotos na galeria!

Extermínio 2 (2007): Dirigido por Juan Carlos Fresnadillo, a sequência de Extermínio pode ter deixado a desejar em relação a seu roteiro, mas quanto a sangue e restos humanos conseguiu acertar, basta ver o que sobrou da cabeça do soldado.

Noite Sinistra (2001): Dirigido por Fred Vogel e tendo August Underground como título original, o filme conta a história de dois serial killers que filmam seus assassinatos com uma câmera de vídeo. Juntando snuff e found footage em uma só produção.

Banquete de Sangue (1963): Dirigido por Herschell Gordon Lewis, também conhecido como o “padrinho do gore“, iniciou com essa produção o splatter. Banquete de Sangue conta a história de um reconhecido cozinheiro, Fuad Ramses, que decide homenagear uma deusa egípcia cozinhando órgãos humanos de garotas virgens.

Lua Sangrenta (1997): Dirigido pelo alemão Olaf Ittenbach, o filme fala sobre um jovem que deve cuidar da sua irmã mais nova durante a ausência dos pais e, após usar drogas, decide contar duas histórias de terror para ela.

O Segredo da Cabana (2011): A direção de Drew Goddard e o roteiro de Joss Whedon transformaram O Segredo da Cabana em um queridinho, tanto pela metalinguagem quanto pelo final super sangrento, onde os personagens principais, Dana (Kristen Connoly) e Marty (Fran Kranz) na tentativa de se salvarem decidem liberar todos os monstros presos no laboratório subterrâneo, o que resulta em um inesquecível banho de sangue.

O Segredo da Cabana (2011)

Pavor na Cidade dos Zumbis (1980): Trabalho de Lucio Fulci, a imagem selecionada capta o momento em que Rose (Daniela Doria) e Tommy (Michele Soavi) estão dando uns amassos quando são surpreendidos pela aparição de um padre enforcado, o que faz com que Rose sangre pelos olhos e vomite seu próprio intestino. Quanto a Tommy, um fantasma escondido acaba por esmagar seu crânio, e tudo isso por causa de uma maldição que assola a cidade dos namorados.

Dia dos Mortos (1985): Obra de George Romero, a maquiagem feita por Tom Savini neste longa estabeleceu padrões para os ataques zumbis futuros. Na foto é possível ver o capitão Rhodes (Joseph Pilato) sendo atacado por uma grande horda, morte que fez muitos dos fãs vibrarem.

Fome Animal (1992): Em um filme que apresenta uma cena onde um homem extermina uma casa cheia de zumbis com um cortador de gramas, por que escolher esta foto? Simplesmente porque nela um bebê rasga o rosto de uma mulher ao meio. Peter Jackson realmente conseguiu criar um novo padrão para o splatter.

Demons – Filho das Trevas (1985): Dirigido por Lamberto Bava, o filme mostra duas jovens que são convidadas para ver um filme sobre zumbis. Durante a sessão, alguns espectadores se contaminam misteriosamente e o que é visto na tela acaba se tornando real.

O Assassino da Furadeira (1979): Dirigido por Abel Ferrara, O Assassino da Furadeira foi proibido na Inglaterra, fazendo parte de uma coleção nomeada “vídeos desagradáveis”. No filme um artista começa a ter alucinações e decide matar pessoas com uma furadeira elétrica, atacando primeiro moradores de rua e depois, quando sua obsessão piora, pessoas conhecidas que o incomodam.

O Assassino da Furadeira (1979)

Entrails of a Beautiful Woman (1986): Dirigido por Kazuo ‘Gaira’ Komizu, a sequência de Entrails of a Virgin mostra que os cineastas japoneses conseguem atingir um nível extremo de perturbação e ótimas produções splatters!

O Enigma do Horizonte (1997): O clássico dirigido por Paul W.S. Anderson junta aliens e sangue. Em 2047, uma missão de resgate é mandada para encontrar a Event Horizon, uma nave que desapareceu misteriosamente sete anos atrás, quando explorava os limites do sistema solar. Mas ao encontrá-la os astronautas que integram a missão de resgate vão gradativamente tomando consciência do terrível mistério que os cerca.

A Morte do Demônio (2013): Com tantos filmes de terror atuais abusando de sangue de CGI e gore digital, Fede Alvarez representou e usou sangue falso no remake do clássico A Morte do Demônio, de Sam Raimi. Na foto selecionada, galões de sangue realmente caíram do céu enquanto Mia (Jane Levy) matava seus amigos com uma serra elétrica.

Gong Tau: An Oriental Black Magic também conhecido como Voodoo (2007): Dirigido por Herman Yau, também encarregado do filme Ebola SyndromeGong Tau mostra um policial que é assombrado pela morte misteriosa do filho e se depara com uma sucessão de acontecimentos estranhos. Ao perceber que sua esposa também foi amaldiçoada, ele começa a desconfiar que as mortes podem estar relacionadas com magia negra.

Gutterballs (2008): Dirigido por Ryan Nicholson, o filme canadense tem como cenário principal uma pista de boliche, onde todo o derramamento de sangue e a nudez acontecem.

Hannibal (2001): Além de inspirar a recém-cancelada série de TV, a sequência de Ridley Scott do filme O Silêncio dos Inocentes, de Jonathan Demme, se tornou a produção favorita quando se trata de canibalismo.

Hannibal (2001)

Grito de Horror 2 (1985): Dirigido por Phillippe Mora, a cena selecionada mostra como uma mulher explode a cabeça de um homem usando apenas a mente, como todo lobisomem normal faria.

A Invasora (2007): Como se as produções japonesas não fossem pesadas o suficiente, o filme francês A Invasora chegou para reivindicar o posto. A história mostra uma jovem grávida que é perseguida por uma mulher psicótica que tenta roubar seu bebê com um par de tesouras. A imagem selecionada mostra a cena onde um policial tenta ajudar a jovem mas acaba levando um tiro de espingarda no rosto.

Campo 731: Bactérias, a Maldade Humana (1988): Apesar do filme ter sido baseado nas histórias reais que ocorriam durante as experimentações biológicas secretas japonesas, na Segunda Guerra Mundial, o diretor Mou Tun-fei (que já dirigiu desde filmes de artes marciais até pornô hardcore) faz com que os espectadores se sintam enojados em cada cena do grindhouse exploitation. Na imagem, os braços de uma mulher são expostos ao frio extremo e depois a pele é fervida e arrancada em um único e rápido movimento.

A Paixão de Cristo (2004): Com direção de Mel Gibson, A Paixão de Cristo pode não ser considerado um filme de horror, mas ver Jim Caviezel sendo pendurado em uma cruz depois de carregá-la pode afetar os mais sensíveis.

O Terror da Serra Elétrica (1982): Depois de ver esse filme dos anos 80 que se passa em um drive-in você vai conhecer uma outra versão do Leatherface. O serial killer desse slasher pretende construir um quebra-cabeça de partes humanas, e como diz o slogan do filme: “você não tem que ir para o Texas para conseguir um massacre!”

A História de Ricky (1991): Dirigido por Ngai Kai Lam, esse filme tem várias cenas impressionantes, mas a selecionada mostra como um homem destrói a cabeça de um prisioneiro com as próprias mãos, o que é quase tão pesado quanto a cena onde um outro prisioneiro tenta enforcar o personagem principal com o próprio intestino.

Scanners – Sua Mente Pode Destruir (1981): Dirigido por David Cronemberg, essa lista não estaria completa sem a mais famosa explosão de cabeça da história do cinema. Com a ajuda do maquiador Dick Smith, Cronemberg usou uma espingarda de verdade no boneco para conseguir o efeito desejado.

Tokyo Gore Police (2008): Dirigido por Yoshihiro Nishimura, o filme conta a história de uma espécie de força munida de mutantes geneticamente modificados que vagam pelas ruas, perseguindo e assassinando brutalmente os seres humanos.

Splatter: Naked Blood (1996): E a seleção termina com mais um japonês. Dirigido por Hisayasu Sato e remake de seu outro filme, Genuine Rape, a cena escolhida foi a da mulher que arranca e come o seu próprio globo ocular. Em outra cena ela também come o próprio mamilo e seus lábios vaginais…

E então, acha que faltou um pouco de sangue?

(Visited 4.781 times, 1 visits today)
Laura Dourado

Laura Dourado

Jornalista, bailarina, amante irrecuperável de filmes de terror. Assiste todos os tipos possíveis, dispensando só os terríveis found footages.

3 comentários em “Conheça as 25 cenas mais gore do cinema

  • 05/08/2016 em 08:00
    Permalink

    Cade uma lista sobre ECO-TERROR?

    Resposta
  • 15/08/2015 em 00:28
    Permalink

    Até que enfim apareceu um artigo sobre ” Gore ” aqui , apesar de ser feito por outro site mais ta valendo .
    Analisando esta lista o site não cumpriu completamente o objetivo de ser as 25 cenas ” Mais Gore ” do cinema .
    Tem até filmes aí que merecem estar sem dúvida mais tem alguns que não , isso estou dizendo pela escolha dos filmes .
    Agora pelo principal as imagens de ” Gore ” , as escolhidas são até boas mais não são as melhores de cada filme , pois disso eu sei porque desses 25 filmes eu tenho 22 e os 3 eu já vi , e um deles é a escolha errada desta lista A paixão de Cristo .
    Essa é a minha opinião sobre o conteúdo geral proposto que é o nome do artigo , a lista e o Gore , como eu disse a lista é até boa mais peca nas escolhas que eu citei .
    Mais eu agradeço pelo artigo e espero que o Boca do Inferno de mais importância , divulgue e homenageia mais o melhor subgênero dentre todos no gênero pra nós ” Gorehounds ” que é o ” Gore ” !

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien