Saiba como foi a Pré-Estreia de Invocação do Mal 2

0
(0)

Pré-Estreia (7)

A expectativa em torno da aguardada continuação do sucesso Invocação do Mal, considerado um dos filmes mais assustadores do milênio, era altíssima. Para torná-la ainda maior, a Warner Bros. Pictures realizou uma das mais fantásticas pré-estreias de uma produção do gênero, ambientando os primeiros espectadores brasileiros aos principais elementos da produção. E o clima estava propício para o horror!

Domingo, dia 5 de junho. Frio e chuvas constantes receberam o público no Cemitério da Consolação em São Paulo. Logo mais, um ônibus se aproximou do local de encontro coberto por banners do filme. Uma boa música, refrigerantes e luzes escuras acompanharam os espectadores durante todo o trajeto até o PlayArte Multiplex Marabá, no centro, numa viagem rápida e sinistra pela impossibilidade de enxergar o mundo exterior.

O palco era bem animador. A escadaria que conduz ao saguão do Marabá era toda caracterizada com pôsteres e cruzes invertidas. Um padre abençoava aqueles que ousavam continuar a escalada macabra. Uma senhora, num sofá velho, indicava mais um elemento característico do filme – quem seria capaz de tentar despertá-la de seu sono agitado? Trilha de terror em alto volume, iluminação baixa e fumaças eram expostas para o público que aguardava o início da sessão às figuras assustadoras que animavam o ambiente. Você podia participar de uma sessão espírita, conhecer uma freira demoníaca e ainda fotografar uma tenda, cartazes e cruzes espalhadas por todo o recinto.

Todos os presentes ganharam refrigerante e pipoca, e ainda tiveram a companhia ilustre da boneca Annabelle entre os convidados!

Invocação do Mal 2 é um convite a uma experiência fascinante na tela grande! Nem precisava de tantos recursos para que o público saísse no fim da sessão com o rosto pálido e a satisfação de ter visto um dos destaques do gênero em 2016!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Marcelo Milici

Professor e crítico de cinema há vinte anos, fundou o site Boca do Inferno, uma das principais referências do gênero fantástico no Brasil. Foi colunista do site Omelete, articulista da revista Amazing e jurado dos festivais Cinefantasy, Espantomania, SP Terror e do sarau da Casa das Rosas. Possui publicações em diversas antologias como “Terra Morta”, Arquivos do Mal”, “Galáxias Ocultas”, “A Hora Morta” e “Insanidade”, além de composições poéticas no livro “A Sociedade dos Poetas Vivos”. É um dos autores da enciclopédia “Medo de Palhaço”, lançado pela editora Évora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.