Você é o Próximo (2011)

Você é o Próximo (2011)

Você é o Próximo
Original:You´re Next
Ano:2011•País:EUA
Direção:Adam Wingard
Roteiro:Simon Barrett
Produção:Simon Barrett, Keith Calder, Kim Sherman, Jessica Wu
Elenco:Sharni Vinson, Joe Swanberg, AJ Bowen, Nicholas Tucci, Wendy Glenn, Margaret Laney, Amy Seimetz, Ti West, Rob Moran, Barbara Crampton, L.C. Holt, Simon Barrett, Simon Barrett, Lane Hughes, Kate Lyn Sheil

Você pode estar um acampamento, numa choupana abandonada no meio da floresta,  no espaço onde não vão te ouvir gritar, num hospital ou vagando no interior do Texas, porém, independente de onde estiver, não há pior lugar para ficar confinado do que em sua própria casa. Isto principalmente pelo que ela representa: uma fortaleza sagrada e impenetrável, que quando é imaculada por homens maus já não se trata só sua integridade física em jogo, mas tudo o que sua vida representa e tudo o que acumulou também estão ameaçadas dentro do seu lar.

Você é o Próximo, do diretor indie Adam Wingard, não é o primeiro filme de “invasão domiciliar por assassinos com objetivos escusos” da história e sequer é mesmo original em sua condução, contudo se ele poderia pecar por esta falta de ar fresco, a produção entrega uma rajada de energia que a torna minimamente uma peça divertida a ser assistida com atenção e que nos faz inclusive esquecer de diversos absurdos e excessos do roteiro que também são entregues sem pudor.

A história é simples e começa com a “primeira morte” típica dos slashers quando um casal (o ator e diretor Larry Fessender e a atriz Kate Lyn Sheil) após o sexo é assassinado impiedosamente por um homem com uma máscara de ovelha (propagada nos pôsteres da produção) não sem antes escrever em letras garrafais a sangue a frase You’re Next, que intitula o filme.

Você é o Próximo (2011) (2)

Para a trama principal em si temos um outro casal, Paul (Rob Moran) e Aubrey (Barbara Crampton, veterana dos oitentistas Re-Animator e Do Além), que se mudou recentemente para o local e calham de serem vizinhos dos mortos na abertura. Eles estão comemorando bodas e convidam os três filhos e o irmão de Paul para um jantar especial na localidade remota, todos acompanhados de seus respectivos pares, num total de dez pessoas na casa.

Não preciso me alongar demais para dizer o que acontece com slashers com muitas pessoas no interior de um ambiente fechado, não é? Não tarda muito e a família é atacada sem motivo aparente por três violentos agressores: o já citado com máscara de ovelha, um com máscara de raposa e o último com máscara de tigre. E tome sangue, gritos e pessoas escondidas em cantos escuros, tudo para deleite do público presente!

Você é o Próximo (2011) (3)

Sim, como já disse, você já viu tudo isto antes… Os Estranhos, Violência Gratuita, Uma Noite de Crime e até uma pitada de Alta Tensão, só para citar os títulos mais recentes, todavia não se deixe enganar; a mistura funciona quando a produção é regada a muita violência, tensão e cenas desconfortáveis, como todo bom slasher/psycho killer de confinamento e vingança deve mostrar.

Do começo ao fim é palpável a alta previsibilidade da trama e o diretor não tenta nos surpreender pelas reviravoltas, Você é o Próximo é uma película maniqueísta e não há a menor sutileza em esconder isso e o desenvolvimento raso dos personagens ajuda a reforçar esta afirmação. E desta forma, usando os clichês do gênero de maneira escrachada (do sexo que precede a morte, a família disfuncional, a recusa em alguns personagens morrerem e até a inútil corrida noturna em busca de ajuda), Adam Wingard entretém e diverte com grande sucesso. A “homenagem” é tão explícita que a trilha incidental usa sintetizadores bem nostálgicos da era do VHS, com o diretor inclusive brincando com o conceito de que tudo é uma repetição… Quem já conferiu poderá entender melhor o que estou dizendo.

Você é o Próximo (2011) (4)

Algum tempo depois de assistir, já com todos os segredos do roteiro escrito por Simon Barrett (A Casa dos Pássaros Mortos) revelados, Você é o Próximo evoca uma impressão latente do tamanho do absurdo de como alguns elementos da história são apresentados… A própria escrita “You’re Next” em sangue não faz o menor sentido quando o motivo dos assassinatos são mostrados, porém se é verdade que os fins justificam os meios, é possível relevar uma ou outra bobagem de vez em quando.

Exibido pela primeira vez no festival de Toronto em 2011, ganhou o grande circuito nos Estados Unidos somente em 2013 e foi curiosa a maneira com a qual a distribuidora Lionsgate promoveu o filme por lá, com a silhueta dos assassinos “oculta” em alguns pôsteres de filmes bem mais inofensivos como O Casamento do Ano, comédia romântica com Robert De Niro.

Você é o Próximo (2011) (5)

A repercussão positiva da crítica e o marketing deram certo: um orçamento de um milhão de dólares rendeu mais de 23 milhões de dólares de bilheteria só nos States. No Brasil tinha previsão de lançamento nos cinemas em outubro de 2013 pela Playarte, contudo foi cancelado e deve ganhar o home vídeo em meados de 2014… Ainda bem que temos a Netflix, onde o filme já está disponível. Seja o próximo e não perca!

(Visited 700 times, 1 visits today)
Gabriel Paixão

Gabriel Paixão

Colaborador e fã de bagaceiras de gosto duvidoso. Um Floydiano de carteirinha que tem em casa estantes repletas de vinis riscados e VHS's embolorados.

12 comentários em “Você é o Próximo (2011)

  • 15/11/2017 em 19:32
    Permalink

    Muito melhor que Os estranhos sem dúvida!

    Resposta
  • 15/02/2017 em 10:22
    Permalink

    Os atores mais inexpressivos que já vi ultimamente… e esses bandidos aí me lembraram o filme Esqueceram de mim.

    Resposta
  • 18/06/2016 em 10:39
    Permalink

    Gosto muito desse filme. O “You’re Next” faz sentido, sim. É a mostra da mente ao mesmo tempo desequilibrada e ardilosa que ataca a casa, tentando provocar o medo e o descontrole de quem tenta resistir ou até contra-atacar.

    Resposta
  • 24/02/2016 em 00:07
    Permalink

    filme que me surpreendeu positivamente. As mortes são muito bem filmadas e a violência da protagonista é compreensível, ótimo!

    Resposta
  • 02/01/2015 em 21:37
    Permalink

    Não concordo, a escrita “You’re Next” em sangue faz todo o sentido, de acordo com o plano dos assassinos, por isso a morte do primeiro casal. Não dá pra argumentar aqui sem entregar o final do filme…

    Resposta
  • 21/03/2014 em 09:23
    Permalink

    este filme foi uma grata surpresa, pois o assisti sem expectativa, e acabei me surpreendendo.

    Resposta
  • 21/03/2014 em 04:22
    Permalink

    Nossa não sabia que esse filme era de 2011, só assisti agora.
    Gostei muito do filme! Pra mim, um dos melhores que vi com esse tema.

    Resposta
  • 16/03/2014 em 18:09
    Permalink

    Muito melhor que os estranhos, suspense, com altas doses de gore, mais uma heroína durona com uma surpresa no final, achei esse filme acima da média comparado com tantos remakes e clichês.
    recomendo a todos

    Resposta
  • 16/03/2014 em 01:29
    Permalink

    é a cara de os estranhos, achei que iria passar nos cinemas brasileiros..

    Resposta
  • 15/03/2014 em 22:43
    Permalink

    Posso dizer com toda certeza que esse é o melhor filme de terror/suspense que eu já vi, ganhando até de Abismo do Medo. Não há nada nesse filme que eu não goste, exceto alguns personagens que morrem rápido demais.
    Graças ao cancelamento desse filme no cinema (já que eles preferem lançar porcarias) eu desisti de ir ao cinema, a não ser que lancem Você é o Próximo 2!

    Resposta
  • 14/03/2014 em 18:03
    Permalink

    não é o melhor com esse tema,mas eu gostei,achei bem interessante.

    SPOILER: dinheiro faz mesmo com que alguns (PSICOPATAS) seres humanos matem a própria família por pura ganância,isso é o que mais a gente vê hoje em dia,e isso é a maior qualidade desse filme,ser realista.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien