Noitão do Caixa Belas Artes apresenta o universo de Stephen King

Cemitério Maldito (1989)
Cemitério Maldito está na programação da maratona

Na sexta-feira, 13 de novembro, o Caixa Belas Artes, em são Paulo, traz para a madrugada uma maratona de filmes baseados nos trabalhos de Stephen King e no universo criado pelo autor.

Em parceria com a editora Companhia das Letras, o Noitão trará em sua programação os filmes Louca Obsessão e Conta Comigo, de Rob Reiner; Colheita Maldita, de Fritz Kiersch; Cemitério Maldito, de Mary Lambert; e A Fenda no Tempo, de Tom Holland. Além deles, estarão presentes dois longas-metragens surpresa inspirados no universo de King e os curtas-metragens brasileiros premiados Pray e Mortos Vivos, Vivos Mortos.

Dirigido por Claudio Ellovitch, Pray “narra, em uma perspectiva de sonho, a jornada mística e espiritual de diferentes personagens que tentam obter e utilizar conhecimentos ancestrais”. Já Mortos Vivos, Vivos Mortos, de André de Castro, “narra o dia em que mortos vivos voltam às suas casas para realizar velórios e sepultamentos de seus entes queridos”. Brindes serão sorteados nos intervalos das sessões, e, ao final da maratona, os espectadores receberão um kit café da manhã.

Programação

Sala 1 – Villa Lobos
23h50 – Louca Obsessão (1990, 1h47min)
02h – Colheita Maldita (1984, 90min)
03h50 – Filme surpresa
Término às 05h40

Sala 2 – Candido Portinari
00h30 – Conta Comigo (1986, 90min)
02h20 – Louca Obsessão (1990, 1h47min)
04h30 – Filme surpresa
Término às 06h15

Sala 5 – Carmen Miranda
00h10 – Cemitério maldito (1989, 1h43min)
Intervalo
02h10 – Curtas Pray, de Claudio Ellovitch (Brasil, 2014, 15min) + Mortos Vivos, Vivos Mortos’, de André de Castro (Brasil, 2015, 13min)
02h50: A Fenda no Tempo (1995, 180min)
Término às 5h50

Local: Caixa Belas Artes – Rua da Consolação, 2423 – Consolação
Telefone: 11 2894 5781
Site: www.caixabelasartes.com.br
Ingressos: R$ 38,00 e R$ 19,00 (meia entrada). Podem ser adquiridos no site Ingresso.com

(Visited 65 times, 1 visits today)
Silvana Perez

Silvana Perez

Escolheu alguns caminhos errados e acabou vindo parar na Boca do Inferno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *