A Floresta estreia com péssima recepção dos críticos norte-americanos

0
(0)
Natalie Dormer visita floresta mal assombrada no Japão
Natalie Dormer visita floresta mal assombrada no Japão

Um dos filmes de terror mais comentados neste começo de 2016 foi A Floresta, filme que leva a atriz Natalie Dormer (Game of Thrones, Jogos Vorazes) ao Japão, mais especificamente até a floresta assombrada de Aokigahara, também conhecida como Floresta dos Suicidas. A Floresta é o filme de estreia do diretor Jason Zada e teve boa parte de sua campanha de marketing voltada para Natalie Dormer.

A maioria das críticas negativas parece exaltar a performance de Dormer como ponto forte do filme, que aparenta deixar a desejar em todo o resto.

“A Floresta é um desses filmes de terror que começa com uma ideia intrigante, mas não tem ideia do que fazer com ela”. Disse Bill Goodykoontz, do Arizona Republic.

Segundo Daniel M. Kimmel do New England Movies Weekly, A Floresta é “… um desses filmes de terror genéricos que você encontra na locadora ou online…”.

Uma das poucas críticas positivas, do The New York Times, considerou o filme “arrepiante e decentemente executado, construído em volta de uma performance convincente de Natalie Dormer”.

No momento o filme tem 13% de aprovação no agregador de análises Rotten Tomatoes e nota 5,8 no IMDB. Resta agora aguardar a reação do público geral ao filme.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Daniel Rodriguez

Belorizontino, professor de inglês, psicólogo de formação e fã do bizarro, do estranho, do surreal, do sanguinário e do monstruoso!

4 thoughts on “A Floresta estreia com péssima recepção dos críticos norte-americanos

  • 13/01/2016 em 01:11
    Permalink

    Acho que o único filme de terror/suspense que estou empolgado e mesmo assim não teve divulgação nenhuma até agora é o Shut In com a Naomi Watts e o daqui uns dias queridinho dos states Jacob Tremblay; mudaram a data pra junho/julho se não estou enganado, devem querer mirar o povo de férias, embora eu tenha lido que a classificação é R-rated, os sub-13 não vão pode assistir

    Resposta
  • 10/01/2016 em 20:09
    Permalink

    Sobre um filme que brinca com os sentimentos daqueles que perderam seus entes queridos para aquela floresta, tanto faz se é fracasso ou sucesso. É apenas um caça – níquel como outro qualquer mas desrespeitoso. É só minha opinião.

    Resposta
  • 08/01/2016 em 16:34
    Permalink

    Uai.., eu tinha grande esperança…
    Mas, filmes de histórias Orientais, só funciona, quando tem alguém do meio…
    Mas, assim mesmo quero ver, não no cinema, mas, em casa mesmo…

    Resposta
  • 08/01/2016 em 13:03
    Permalink

    Sério… Alguém tinha grandes esperanças pra isso?

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.