Mostra Carnificina traz o terror clássico e o moderno para São Paulo

Mostra Carnificina (2016)

O cinema de terror opera sobre uma contradição gerada na mente do espectador. Atua entre sua repulsa ao que se passa na tela e seu ímpeto voyeurístico que passivamente assiste ao horror iminente, implicitamente desejando-o. Compartilhando olhos arregalados, gritos de susto e respirações presas, o filme de terror exibido no cinema possui um caráter singular de repulsa e voyeurismo coletivo daqueles que, escondidos da tela com as mãos no rosto, assistem a tudo por entre as frestas dos dedos, precisando saber o que acontece.

De 14 de março a 17 de abril o terror toma conta do CINUSP, em São Paulo. Trata-se da mostra Carnificina, que contará com 25 filmes de terror, oferecendo aos fãs a oportunidade de assistir na telona tanto clássicos internacionais do gênero como uma seleção de produções brasileiras.

A mostra Carnificina conta com filmes como A Noite dos Mortos-Vivos, de George A. Romero; Frankenstein, de James Whale; O Iluminado, de Stanley Kubrick; e O Enigma de Outro Mundo, de John Carpenter. Entre os filmes nacionais estão Esta Noite Encarnarei no Teu Cadáver, de José Mojica Marins; As Fábulas Negras, de José Mojica Marins, Rodrigo Aragão, Joel Caetano e Peter Baiestorf; e Judas, de Joel Caetano.

A programação da mostra contará ainda com a pré-estreia de dois filmes: Para Minha Amada Morta, de Aly Muritiba, e Mate-me Por Favor, de Anita Rocha da Silveira.

A programação completa da mostra Carnificina está disponível no site do CINUSP.

(Visited 18 times, 1 visits today)
Silvana Perez

Silvana Perez

Escolheu alguns caminhos errados e acabou vindo parar na Boca do Inferno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *